Veja os erros mais frequentes nas provas de matemática que você não pode cometer ao prestar o concurso público

Tempo de leitura: 6 minutos

Os concursos públicos são provas extremamente extensas, aplicadas todo ano em diversas partes do país. Os concurseiros sabem que precisam se preparar durante um longo período, para ficarem por dentro dos assuntos mais variados, de diferentes disciplinas, e cometer o menor número de erros possíveis, que é de fato a melhor estratégia para conseguir uma vaga.

É verdade que algumas disciplinas são mais fáceis do que outras, e isso também varia de pessoa para pessoa, mas disso quase todo mundo já sabe. O que as pessoas não sabem, e é importante terem conhecimento se forem prestar concursos, é que as provas de matemática podem ser bem complicadas.

Existem alguns pontos nos quais você precisa se apegar mais nos estudos, porque são feitas pegadinhas nas questões em relação a eles, mas vamos falar disso com calma.

Se você é concurseiro e quer acertar o máximo de questões possíveis na prova de matemática, hoje vamos falar sobre os erros mais frequentes nas provas de matemática que você não pode cometer ao prestar um concurso público.

Erros mais frequentes nas provas de matemática

1 – MMC

Aprendemos esse conteúdo na escola, onde somos obrigados a desenvolvê-lo todo à mão. Mas a pessoa que está prestando concurso, já tem autonomia para decidir qual a melhor forma de tirar o MMC, e acaba se equivocando ao fazê-lo de cabeça.

Esse é um dos erros mais frequentes nas provas de matemática que você não pode cometer ao prestar um concurso público.

2 – Casas decimais

Outro entre os principais erros mais frequentes nas provas de matemática é o fato de que a maioria dos candidatos não se lembra, ao resolver uma questão, de que é preciso fazer a aproximação das casas decimais. Por exemplo: Um valor 7,75 deve ser aproximado para 7,8.

Os corretores de concursos costumam ser bem exigentes, e, apesar disso, parecer um erro bobo, altera todo o resultado de uma conta, por isso, não esqueça dessa dica.

3 – Operação Matricial

São as operações com matrizes que aprendemos durante o ensino médio. Apesar delas serem relativamente fáceis, tem uma série de regras que precisam ser seguidas para realizar a operação correta, e a maioria dos concurseiros não se lembra dessas regras, o que prejudica toda a resolução da conta.

Procure por vídeo aulas que irão te ajudar a relembrar as regras das operações com matrizes, e vá preparado para realizar a prova.

4 – Trigonometria x Memória

Entre os erros mais frequentes nas provas de matemática que você não pode conhecer, esse deve ser, talvez, o principal deles! Não tente, em hipótese alguma, decorar fórmulas de trigonometria.

Aquelas fórmulas gigantescas devem ser compreendidas, ao invés de decoradas. Tentar memorizar o passo a passo vai te deixar sempre inseguro em relação ao resultado, além de não ser uma técnica eficaz, já que elas são muitas.

É possível encontrar um pequeno gabarito com essas fórmulas muito complicadas em provas de concursos, quem elabora a prova leva em conta o nível de compreensão dos candidatos.

5 – De olho no tempo!

Fique atento enquanto está resolvendo uma questão. Você deve estar preparado para desenvolver os cálculos e chegar ao resultado em poucos minutos, portanto, se estiver demorando muito para achar a resposta, então alguma coisa está errada.

Pare o que está fazendo, olhe o que tem até o momento e se não conseguir achar o erro, comece tudo de novo. Persistir em algo que está confuso é muito pior!

Além disso, você deve lembrar que não pode perder muito tempo com uma única questão, já que existem muitas outras a serem respondidas, por isso, se realmente não sabe como resolver, pule para a próxima.

6 – Acertar o máximo x Errar o mínimo

Acertar o máximo e errar o mínimo pode parecer a mesma coisa, mas na realidade não é. Quando você quer acertar o máximo de questões em uma prova de matemática, vai com a intenção de não errar nada, e isso em um concurso é quase impossível.

Quando o candidato se dá conta disso na prova, acaba se frustrando e o nervosismo faz com que percamos a confiança no que estamos fazendo.

A partir do momento no qual você vai para errar o mínimo de questões possíveis, está ciente de que infelizmente não conseguirá acertar a prova toda, mas vai determinado a errar pouco, e dessa forma não se frustra, tendo mais facilidade para não deixar que o nervosismo te domine.

7 – Não utilizar rascunhos

Quem vai prestar uma prova de concursos e acha que vai conseguir resolver a parte de matemática sem utilizar rascunho está muito enganado. Ao tentar resolver quase tudo de cabeça ou mesmo no espaço do gabarito, você fará uma bagunça no seu cérebro.

Portanto, não se sinta envergonhado e utilize o rascunho. Sua maior preocupação no momento da resolução das contas deve ser chegar ao resultado correto, então, sem neura!

8 – Caligrafia

Acredite ou não, mas entre os erros mais frequentes nas provas de matemática, a caligrafia se destaca. Isso porque algumas questões envolvem caligrafia, e se você não faz uma letra, no mínimo legível, vai acabar se confundindo e pode errar na resposta.

Por isso, mesmo durante a prova de matemática, se preocupe em escrever bem e com uma letra que seja fácil de compreender.

Procure ajuda de especialistas

Agora que você já sabe quais são os erros mais frequentes nas provas de matemáticas que você não pode cometer ao prestar um concurso público, não deixe de estudar!

Professores particulares são muito recomendados por quem quer arrasar na prova de matemática de concurso. Eles deixam claro tudo o que você precisa saber para resolver uma das disciplinas mais complicadas que existem.

Se você não tem tempo ou não pode arcar com o custo de aulas particulares, experimente materiais online, vídeo aulas, e-books etc., alguns são gratuitos e outros saem por um preço muito em conta. O importante é chegar preparado no dia da prova.

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.