Truques de redação para concurseiros iniciantes

Tempo de leitura: 6 minutos

No momento da redação muitos concursos se sentem inseguros pois é sempre um tema surpresa, atual, mas que surpreende muitos, quando não estão a par das atualidades do país e até do mundo.

Os temas costumam estar na atualidade, com opiniões as vezes unanimes ou que dividam opiniões. São fatos marcantes, que as pessoas escutam e veem em jornais e na internet, porém, para disserta-lo, é necessário conhecimento um pouco acima da média, para ter uma opinião realmente formada e contundente.

Isto é algo que a banca avaliadora sempre nota, pois opiniões e frases sem reflexão profundas, que acabam baseando-se no senso comum, não recebem boas notas, porque mostram que o candidato não estava preparado para o tema, mesmo que, na parte da ortografia, ele não tenha cometido erros.

Para redação, a norma culta da língua portuguesa deve ser seguida à risca, tanto na ortografia quanto na construção de suas frases, com verbos bem conjugados e etc., mas de nada adianta ortografia impecável sem boas ideias escritas no papel.

Para se preparar para a prova, há alguns truques que não devem ser esquecidos para realizar uma boa reação e não perder pontuação por desatenção e deslizes simplórios.

Não fuja do tema

Tenha cautela na hora de elaborar os argumentos, pois podem estar desconexos com o tema e ter uma nota muito abaixo por não respeitar o que foi pedido na redação. É um dos erros mais frequentes dos concursos, então cautela, pois mesmo que domine o tema, pode acabar fugindo do tema original.

Evite uso de frases clichês

Frases que são ditos populares não impressionam banca alguma, muito pelo contrário, mostra aos corretores que o candidato possui criatividade limitada e pouca originalidade. É comum querermos inserir frases de efeitos em determinadas partes do texto, mas, quando for inseri-las, pense com cautela e crie algo seu, único.

Não dê resoluções ingênuas

Em temas que envolvem problemas da sociedade como violência e roubo, na hora da conclusão, não use soluções generalizadas e ingênuas, demonstrando que a solução é simplificada, apenas com um único fator sendo levado em conta.

Prefira usar frases que, ao menos, deem solução para uma parte do problema, mostre que outros fatores sociológicos e filosóficos devem ser levados em consideração. Vale ressaltar que soluções extremistas não são bem aceitas, pois são generalizantes, pouco plausíveis e até antiéticas.

Mostre propriedade no assunto

Se está a par do assunto, leu bastante sobre, então coloque o que achar interessante e encaixe em seus argumentos, impressione a banca com dados, nome de pessoas envolvidas no caso, biografias e etc.

Claro, tendo bom senso, para prejudicar o desempenho e que não fuja da proposta do enunciado, o concurso pode garantir significativas pontuações porque foge do comum, nem todos estarão tão bem informados sobre o tema.

Norma culta sempre respeitada

Não deixe de estudar a nova ortografia implantada, caso ainda não esteja habituado as novas formas de escrita pontuação, também não pense que os erros serão mínimos e os descontos são baixos, pois isso depende de cada norma de correção implantada nas empresas organizadoras do concurso.

Dificilmente se consegue uma boa nota na redação quando não se domina a forma de escrita da língua, respeitando as conjunturas de formação de frases e afins. Jamais use abreviações como “vc” e “ñ”, assim como gírias, pois será descontado por não fazer parte da norma culta. 

No entanto, não é interessante para a banca o candidato exibir o conhecimento erudito do português, com palavras dificilmente usadas que podem até prejudicar, com frases desconexas e sem contexto adequado.

Respeite o que foi pedido

Fique atentamente o enunciado e veja está pedindo um texto opinativo, uma história sobre determinado tema, quantas linhas no mínimo e no máximo são exigidas e quanto tempo para ela é pedido. Desrespeitar tais regras, como as linhas, mesmo que o texto seja bom, são descontados da nota.

Siga etapas na construção do texto

Todo texto é composto por início, desenvolvimento e conclusão, então, antes de escrever, elabore o que irá escrever no início, como abordará o tema, etc…

Em seguida, pense antecipadamente em quais serão os argumentos usados (dê preferência àqueles que possui maior propriedade para desenvolver), pense na quantidade de linhas, pois não podem ser muitos, para não extrapolar o limite, e pense em uma conclusão criativa, sábia e que fuja do senso comum.

É normal todo concurso receber uma folha de rascunho, então use-a para rabiscar quais pontos irá abordar do tema, escreva um esboço do texto, releia, preste atenção na ortografia e concordância, repetição das palavras e afins, mude, caso ache necessário.

Faça um texto econômico

Use frases curtas, com pontuação adequada evitando assim parágrafos com mais de cinco linhas que são maçantes e cansativos. Use estas poucas linhas para elaborar bem os argumentos.

Normalmente, uma redação de concurso não ultrapassa seis parágrafos, e, se passar, leia o rascunho e veja se são realmente importantes e não podem ser reescritos de uma forma menor e mais curta, conciso, sem prejudicar o entendimento do texto.

Leia o edital

Lá, encontram-se os critérios de avaliação da redação, então use esta informação a seu favor, para saber onde deve evitar errar para não ter tantos pontos descontados e onde a perca de pontuação é menos branda.

Muitas bancas usam como principal fator de valor de descontos o aspecto do argumento usado, se é realmente pertinente e a clareza no texto, prestando atenção na construção das ideias nas frases. Observando tais aspectos, já poderá ter noção do quanto precisa se preparar para a redação e qual o peso dela na nota final.

Capriche na letra

A letra feia não é motivo para desconto de nota, porém, sendo de difícil compressão, acaba que o corretor entende de maneia errada frases e palavras, o que pode acarretar em um desconto da nota, por achar que estão sendo escritas de maneira incorreta, mas sendo na verdade só a letra pouco legível.

Por garantia, treine um tempo antes a agrafia das letras e mostre para outras pessoas, veja se elas conseguem entender o texto integralmente, sem dúvidas, caso elas tenham dificuldades na compreensão, procure aprimorar a escrita para que isto não ocorra na hora da correção da redação.

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.