Técnicas de estudo e dicas para potencializar sua aprendizagem!

Tempo de leitura: 6 minutos

Técnicas de estudo talvez seja um dos assuntos mais recorrentes quando se busca as melhores maneiras de se estudar para concursos públicos: as técnicas de estudo que podem potencializar o aprendizado.

E não é para menos, pois a quantidade de candidatos a uma vaga pública aumenta a cada ano, ou melhor, a cada dia!

É verdade que anteriormente a concorrência era menor, e isso veio mudando com o tempo, mas, apesar disso, é possível se destacar dentre os outros candidatos com uma preparação diferenciada.

Existem técnicas de assimilação e memorização de conteúdos que você pode usar facilmente e sair na frente de seus concorrentes.

À primeira vista você pode até achar ‘meio estranho’, contudo, trata-se de técnicas de estudo e dicas recomendadas por especialistas em preparação para concursos públicos.

Desde já é bom deixar claro que isso pode variar de pessoa para pessoa, e também, do empenho que cada um vai colocar nas tarefas.

Em outras palavras, a potencialização da aprendizagem depende de cada um, mesmo todos usando a mesma técnica de estudo.

Em suma, não existem soluções mágicas capaz de melhorar a assimilação e memorização de conteúdo visando a preparação para um concurso público ou exame.

Portanto, a solução é debruçar no material e estudar. E muito!

Mas, como mencionamos mais acima, de acordo com especialistas em concursos públicos, sua vida pode ser facilitada se usar as técnicas de estudo corretas.

 

Não confunda estudar muito com excesso de horas…

Quando falamos em estudar muito para uma boa preparação para prestar um concurso público, não necessariamente estamos falando de quantidade de horas que deve ficar debruçado em livros, apostilas, cadernos e outros afins.

Na realidade, o muito aqui, tem mais a ver com o resultado, o rendimento, ou seja, o aproveitamento do tempo em relação à assimilação do conteúdo.

De acordo com professores e especialistas em concursos públicos, as técnicas de estudo, mesmo sendo simples, podem otimizar o tempo ao mesmo tempo que alavanca o rendimento do estudante.

E contrapartida, o que pode ser excepcional para uns, pode não ser tão bom assim para outros.

Dessa forma, cada candidato deve analisar quais seus pontos fortes e qual a melhor maneira para aprender, seja através do método de visualização das ideias ou por meio da audição.

De todo modo, cada candidato deve usar suas vantagens individuais a seu favor na hora de escolher o melhor método de estudo, nem que para isso você tenha que testar todos eles.

 

Enfim, as técnicas de estudo e dicas que podem potencializar suas chances em um concurso público…

Como prometido, abaixo vamos discorrer sobre algumas técnicas de estudo e dicas para potencializar sua aprendizagem, que podem trazer um salto de produtividade para sua sessão de estudo.

Vamos lá:

Grave-se estudando, uma das técnicas de estudo

Isso mesmo, grave a sua própria aula. De acordo com profissionais da área de psicologia especializados em concursos, ler o conteúdo, e em seguida gravar a sua voz fazendo essa leitura, é uma boa forma de reter o conteúdo.

Trate a experiência como se você estivesse dando uma aula, pois desse modo terá ao menos três benefícios:

·         Você precisará estudar com mais atenção para preparar sua aula;

·         Fará um ótimo exercício de síntese e memorização ao dizê-la em voz alta; e, de quebra,

·         Ficará com um registro auditivo da matéria, da qual poderá fazer uso em qualquer lugar, como por exemplo, no trânsito.

 

Aposte nos exercícios e nos simulado

Para muitos especialistas, a verdadeira preparação de um candidato para um concurso público só começa quando ele inicia as sessões de exercícios. O restante é considerado apenas uma introdução ao estudo.

De certa forma faz muito sentido.

Para quem conseguiu alcançar o sucesso em concursos públicos, fazer exercício é uma técnica de estudo totalmente essencial para conseguir ser aprovado em algum certame.

Aposte em resolver provas de exames anteriores e da banca organizadora do certame que estará prestando. É dessa forma que você descobrirá quais matérias poderão ser mais exigidas ou menos cobradas.

 

Fazer associações mentais pode ser uma boa!

Essa técnica de estudo também é utilizada em cursinhos pré-vestibulares, pois cria conexões entre palavras e conceitos, o que é uma ótima pedida como forma de memorização.

E dizem que se as associações forem engraçadas, inusitadas, e até mesmo bizarras, melhor ainda, isto porque quando uma imagem mental remete a elas, a fixação e assimilação ficam facilitadas.

A relação entre termos também podem vir por semelhança sonora. Fica por sua conta.

Esse e outros métodos mneumônicos são úteis para dominar conteúdos menos interpretativos, tais como listas, procedimentos ou regras que têm uma ordem obrigatória, por exemplo.

 

Faça resumos!

É de suma importância escrever no processo de preparação para concursos públicos, e de preferência à mão.

Para muitos, esta é uma das melhores técnicas de estudo para memorizar conteúdos no cérebro.

Mesmo a leitura de textos teóricos sendo importante, elaborar resumos (ou fichamentos dos textos) com sua própria palavra ajuda na assimilação e memorização de conteúdo.

Ademais, são ótimos para eventual consulta posteriormente, até mais rápido e prático do que voltar ao livro ou apostila.

 

Outras técnicas de estudo, sempre que possível, estude em grupo

Essa técnica de estudo não é boa para todo mundo, mas tem suas vantagens.

Trata-se de uma solução bem interessante e ótima para candidatos com dificuldades de concentração.

Nesse sentido, podemos afirmar que a principal vantagem dessa técnica de estudo é estimular a discussão sobre os temas estudados. O debate com outras pessoas tende a melhorar o foco e a facilitar a memorização.

 

Divida suas sessões de estudo em blocos

Outra dica muito bacana para os estudantes de concurso é dividir as sessões de estudo.

A maior justificativa, dada pela neurociência, é que o nosso cérebro não consegue se fixar em um objeto único por mais do que uma hora aproximadamente.

Sob o mesmo ponto de vista, é certo afirmar que o ideal é fazer intervalos regulares para descansar e mexer um pouco o corpo.

Também vale intercalar as disciplinas entre si. Além de sobrecarregar menos o seu cérebro, a divisão da sessão de estudo em blocos temáticos fará com que você permaneça mais tempo estudando.

Sobre Blog Concursado

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo Blog Concursado que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.