Sou farmacêutico, quais concursos eu posso prestar?

Tempo de leitura: 6 minutos

O profissional formado em Farmácia, o farmacêutico, é o profissional que entre outras coisas, tem em suas funções o estudo dos mais diversos tipos de medicamentos, assim como a forma como eles são vendidos e usados, a forma com o qual eles agem no organismo, além do controle e estudo de qual a dosagem ideal e em que medida a quantidade ingerida um medicamento pode passar a ser tóxico.

Este profissional também pode produzir medicamentos e cosméticos em diferentes escalas. O farmacêutico pode trabalhar tanto em farmácias e drogarias como pode atuar como responsável técnico ou fiscal sanitário, assim realizando o combate a fabricação de remédios falsificados, por exemplo.

Para exercer a profissão no Brasil, é necessário se formar em Farmácia e assim, ao concluir o curso, conquistar o diploma de bacharel em Farmácia. Além disso, o profissional que tem a intensão de seguir na carreira deve também obter o registro no Conselho Regional de Farmácia (CRF) de seu respectivo estado.

Carreira pública

Prestar o concurso público para farmacêutico é uma das formas que este profissional tem de exercer a profissão a qual escolheu para estudar e se dedicar. A estabilidade profissional e os bons salários são alguns dos benefícios de se tornar um funcionário público.

Muitas vezes, a função do farmacêutico que atua no setor público é realizar o meio de campo entre governo e indústria farmacêutica. E para se tornar um agente público, é necessário que se cumpram muitos requisitos, como um profundo conhecimento em medicamentos, principalmente em questão técnica.

É previsto em lei que farmácias e drogarias, inclusive as públicas que geralmente se encontram dentro de prontos socorros e hospitais, devem ter em seu quadro de funcionários no mínimo um profissional farmacêutico.

Além disso, o concurso público para farmacêutico também permite que o profissional atue em algumas áreas, tais como auditoria farmacêutica, químico, banco de sangue, controle de pragas urbanas, banco de órgãos, farmácia veterinária pública, toxicologia forense, fitoterapia, gerenciamento de resíduos dos serviços de saúde, parasitologia clínica, etc.

Conheça em detalhes algumas das vagas ao qual o profissional de farmácia pode se candidatar:

Farmacêutico

O profissional que optar por realizar concurso para vaga de Farmacêutico, geralmente tem como funções planejar, supervisionar, coordenar, avaliar e executar atividades referentes à farmácia hospitalar, além de realizar a gestão de medicamentos e a gestão da qualidade dos medicamentos. 

O processo para esta vaga inclui provas objetivas, discursiva, de títulos, e perícia médica e, entre os principais temas da prova estão: código de ética farmacêutica, legislação farmacêutica, resolução ANVISA RDC, farmacocinética e farmacodinâmica, noções de ensaios biológicos, vias de administração e manipulação de formas farmacêuticas magistrais e oficinais, estimulantes do sistema nervoso central, e mais assuntos de acordo com o edital.

Químico legal

O cargo público de químico legal deve ser exército por um profissional com graduação em farmácia ou biomedicina. Entre as funções que exercerá estão realizar perícias, nos locais de crime e/ou laboratórios de perícias em vestígios biológicos para fins de investigação criminal e identificação, fazer análise estatística de vínculo biológico, realizar exames de confronto genético, analisar perfil genético, etc.

Para a prova específica é necessário estudar conhecimentos gerais em laboratório e cadeia de custódia, genética humana, biologia molecular citologia e citologia clínica, imunologia e imunologia clínica, bioquímica e bioquímica clínica, hematologia, métodos forenses, entre outros assuntos.

Farmácia-Bioquímica

Entre as funções está Controle de qualidade – princípios, controle interno e externo, padrões, curva e fator de calibração, soros controle, espectrofotometria e fotocolorimetria, além de controle de variáveis pré-analíticas, analíticas e pós-analíticas.

O processo consistirá em prova de conhecimentos, objetiva e discursiva, também haverá inspeção de saúde, exames médicos, biométricos e complementares, exame de aptidão física, de caráter, testes toxicológicos e exame odontológico, avaliação psicológica, sindicância de vida pregressa e investigação social e funcional.

Farmacêutico Fiscal

Algumas das funções realizadas pelo profissional que escolher se candidatar a este concurso será a fiscalização do exercício da profissão farmacêutica, observando e fazendo com que seja cumprido os preceitos éticos pertinentes e legais, fiscalizar estabelecimentos farmacêuticos, atuar em análise processual e cadastral, executar as ações relativas ao serviço de fiscalização sempre de acordo com o manual de procedimentos de fiscalização, e aplicando-os de forma eficiente e uniforme.

Também está entre as funções lavrar os documentos fiscais pertinentes, verificar as condições do exercício profissional do farmacêutico, entre outras. Os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva, que inclui língua portuguesa, matemática e raciocínio logico, noções de informática e conhecimentos específicos, além de redação e prova de títulos.

Os estudos

O concurso público para farmacêutico ou para demais vagas que requerem o diploma e o registro Conselho Regional de Farmácia requer tanto estudo quando para qualquer outro setor público, independente de já se ter uma experiência na área em empresas privadas ou estágios na área.

Claro, uma experiência anterior em alguma das áreas farmacêuticas pode ser uma vantagem na hora de prestar o concurso público, pois o conhecimento pode ser maior em um ou outro assunto que venha a cair em uma prova.

Mas o que a maior parcela de professores de cursos preparatórios para concursos, especialistas da área ou até mesmo pessoas já aprovadas aconselham é, que o conteúdo das provas e etapas devem ser estudados quase que a partir do início, como se a pessoa nunca tivesse visto daquilo antes ou que tivesse somente uma base, independente do seu conhecimento especializado em alguma área do setor farmacêutico, e etc.

É importante também, sempre se lembrar de estudar matérias básicas, que incluem principalmente língua portuguesa e matemática, pois em grande parte das provas estas matérias são indispensáveis.

Os editais de cada vaga devem sempre ser consultados, pois eles contem detalhadamente todas as funções que irão ser exercidas pelo profissional enquanto funcionário público, assim como será o processo como funcionarão as etapas, etc.

Lembre-se que é a sua preparação que define o seu sucesso em um concurso, e com um bom material, conhecimento, dedicação e muitas horas de estudos, a sua aprovação virá de forma muito mais rápida e fácil.

Sou farmacêutico, quais concursos eu posso prestar?
Avalie esta postagem

Sobre Carlos Gusmão

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval. Sou um dos responsáveis pelo site Concursado.org que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.