Seja perseverante para vencer na vida!

Tempo de leitura: 6 minutos

Eles costumam manter seus objetivos intactos, doa a quem doer. Até aceitam as curvas sinuosas pelo caminho, mas não desistem da metas e dos seus sonhos. De forma alguma aceitam a derrota ou o relaxamento, a inconstância ou a instabilidade.

Esse sentimento pode levar você para onde quiser. A persistência é sua grande aliada no processo de aprovação, e que lhe permite conquistar seu propósito, a realizar seus sonhos.

A persistência pode coroar, dar prêmios, muitas vezes de forma intangível. Mas o reconhecimento por atingir seu objetivo, e a conquista por nunca desistir possui um valor marcante em nossas vidas.

Você pode se transformar em exemplo para os mais jovens e menos experientes, assim como muitos concurseiros buscam sites que tem histórico de aprovações e concurseiros de carreira. Ou até mesmo fundadores que vivem no ramo dos concursos.

O que precisa ficar claro, e que muitos ainda têm dúvida, é que teimosia não é sinônimo de persistência, apesar de possuírem significados parecidos.

Exemplificando: a teimosia significa persistir em um caminho que todos, inclusive você, sabe que não é o correto.

Para conseguir alcançar suas metas é preciso persistir. E não serve somente para aprovações em exames ou concursos. É válido para tudo na vida, desde um desejo de mudar seu corpo, até aumentar seu intelecto. Com vontade, tudo se consegue, simples assim.

No âmbito profissional, para você que deseja um emprego estável, com ótimos benefícios, regalias e altos rendimentos, hoje obtidos através de concurso público, ser perseverante é essencial.

E não adianta desistir em uma eventual reprovação. Isso não o torna um fracassado. Tenha em mente que essa reprovação é só mais uma curva para tentar tirar você do caminho e tentar desviar o seu foco.

Pode ser cansativo e frustrante, mas quando você pensa na recompensa e olha pra frente, o cansaço vai embora, a fé toma conta de você, os objetivos ficam claros novamente e você toma as rédeas da vida novamente. Isso é ser perseverante.

Outra coisa: não faça dos seus estudos um martírio. Se dedique se quiser passar em um concurso público. Estudar tem que ser prazeroso. Pense também no prazer e no conforto que terá após conseguir ser aprovado.

Lembre-se, você vai colher o que plantar.

Como fazer da persistência um prazer:

  1. Tenha força de vontade

Parece redundante, não? A força de vontade, que é uma virtude e permite que você busque realizar o que não consegue com tanta facilidade. Você tem que ter vontade de fazer o que é preciso, caso contrário, estará simplesmente desperdiçando o seu tempo.

Fazer tudo com vontade, mesmo que sejam as pequenas coisas é um ótimo exercício para reforçar sua perseverança.

  1. Seja disciplinado

Manter a disciplina, sempre concentrado e focado no objetivo principal é um aliado e tanto para continuar na busca pelo seu sonho.

Mantendo a disciplina você consegue passar pelas dificuldades, e a deixar para trás pequenas conquistas quando for preciso, tudo em prol do bem maior.

Com disciplina você será capaz de adiar a festa pela vitória em uma batalha, para poder comemorar de forma mais efusiva a vitória na grande guerra.

  1. Defina o objetivo

Não deixe escolhas por fazer. Defina realmente qual o objetivo que pretende atingir.

Divida esse objetivo em pequenas partes, e seja razoável nessa divisão. Conforme for alcançando os pequenos objetivos, você terá a sensação de conquista mais rápida, o que manterá sua motivação lá em cima.

Cuidado com o que pode estragar sua progressão. Lembre que a estagnação é um inimigo. Registre seu progresso com frequência, e busque sempre alcançar o próximo nível.

Faça dos seus estudos um momento de prazer, não se torture com isso. Exponha sua evolução e permita-se receber um prêmio a cada conquista ou pequeno objetivo alcançado.

Isso vai ajudar você a manter a motivação. A ação de se gratificar faz com que seu cérebro busque continuamente o sucesso, muito por conta do prazer que a conquista proporciona.

  1. Aprenda a lição com o eventual fracasso

O fracasso pode até doer, mas não é para sempre. A não ser que você viva fracassando. Nesse caso é melhor rever seus conceitos.

Voltando, o fracasso faz parte da trajetória de muitos executivos bem sucedidos. Não deixe o medo tomar conta de você, enfrente-o, e continue sua peregrinação.

Você não ter sido aprovado em um determinado concurso ou exame não quer dizer que tudo está perdido. Veja por esse lado: você não estava pronto e sua preparação foi insuficiente.

Faça uma nova avaliação sobre suas atitudes e veja onde pode melhorar. recomece e veja algo de positivo nisso: você não recomeçará do zero. Ao menos terá mais experiência, o que pode lhe conferir mais maturidade no processo, deixando-o mais astuto e atencioso.

Dicas para se manter perseverante

Já destacamos acima algumas das mais importantes dicas de como você pode se manter persistente em busca de um objetivo.

Na verdade isso vai depender mais de você mesmo, mas podemos citar mais alguns ‘macetes’:

  • Pense grande, sonhe alto. Busque conselhos de quem venceu por méritos próprios, e que possa ser uma espécie de espelho para você.

  • Se não souber, pergunte. Pedir ajuda não significa dependência, mas sim que precisa de apoio.

  • Aproveite os intervalos para estudar. Cada minuto é precioso na sua preparação, mas você não pode deixar de descansar ou se alimentar. Se isso ocorrer você pode estar se sabotando.

  • Só fale se achar que é relevante.

  • Às vezes o incômodo pode ter benefícios, por exemplo: se for de ônibus ou metrô para o trabalho, mesmo havendo lugares, vá em pé. Isso treinará seu corpo e sua mente para algo incômodo, e ajudará no processo.

  • Não postergue as coisas. Faça o que tiver de ser feito, independente do seu cansaço, respeitando claro o limite do seu corpo. Por exemplo: lave a louça após a refeição, não deixe para mais tarde; faça uma caminhada ou brinque com os cachorros para relaxar ao invés de assistir TV.

  • Reduza a quantidade de açúcar no café ou nos sucos.

  • Faça leituras de assuntos que são relevantes.

Essas pequenas atitudes apesar de trazer um pouco de desconforto, ajudam você a superar as pequenas adversidades, fortalecendo-o para atingir o objetivo principal.

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.

2 Comentários

  1. MARCELO SANTOS DA SILVA

    A vida é algo interessante!
    Quando jovem queria ser oficial do exército pela AMAN. Fiz o concurso uma vez em 1990. Tomei pau!
    Não desisti, voltei a estudar, só que o destino ou o próprio Deus não permitiu.
    o que aconteceu? Collor fechou a prova e eu já estava por casar, logo…
    O fato interessante que aquilo que eu ansiei você, Carlos Gusmão, você desistiu.
    Mas aí está a beleza de Deus, se você não tivesse desistido e entrado para mercado de rateio de cursos, eu agora não estaria podendo estudar para alçar um concurso público, hoje com 48 anos, mas nunca desistindo.
    Não tenho o prazer de te conhecer, mas te admiro, mesmo sendo mais jovem, pois, mesmo em seu pouco tempo de experiência de vida, foi capaz de aproveitar cada momento e transformar em algo digno e grande.
    Obrigado e Deus te abençoe!

    Responder
    1. Concurseiro Paulista

      Nunca é tarde para ir de encontro com os seus anseios. Espero de coração que tenha êxito nos concursos que for prestar.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *