Seja aprovado no concurso público com essas dicas de sintaxe

Tempo de leitura: 6 minutos

A cada dia que passa os concursos se mostram como uma alternativa cada vez mais atraente para os trabalhadores brasileiros. Afinal de contas, com a crise que toma conta do país há um bom tempo e que não apresenta sinais de ir embora tão cedo, a verdade é que a estabilidade empregatícia assegurada pelo setor público nunca se mostrou tão vantajosa para os trabalhadores.

Isso porque, como um reflexo da crise, diversas empresas do setor privado acabaram se vendo obrigadas a realizar uma série de cortes de gastos, o que inclui cortes de pessoal, de forma a se manterem funcionando e não precisarem fechar as portas. O que por sua vez acabou resultando em um clima de insegurança e de instabilidade para o trabalhador.

Mais do que apenas buscando estabilidade, há também aquela parcela da população que procura os outros benefícios que são oferecidos pelo setor público em relação ao setor privado.

Entre eles estão as boas perspectivas de salário, os benefícios vantajosos que variam de empresa para empresa e que representam um acréscimo no fim do mês e também o respeito à jornada de trabalho, algo que dificilmente é encontrado dentro do setor privado e que é de grande importância para quem busca a oportunidade de uma melhor qualidade de vida com um trabalho dentro do setor público.

Para completar a lista de benefícios que são oferecidos pelo setor público estão as condições diferenciadas que o funcionário público recebe no mercado. Entre elas estão a facilidade na hora de contratar empréstimos e também taxas de juros mais baixas na hora de realizar financiamentos, o que pode fazer toda a diferença em um momento de aperto.

Porém, a verdade é que desfrutar de todas as vantagens que o serviço público oferece não é tarefa tão simples assim. Isso porque o processo seletivo para o setor público é bastante diferente daquele que é enfrentado por quem deseja ingressar no setor privado. Ao invés de um processo que envolve sorte, entrevistas e influência, no setor público o seu ingresso vai depender unicamente da sua dedicação e de seus estudos.

Isso acontece porque para o setor público o ingresso é feito por meio de concursos, que nada mais são do que provas que buscam avaliar os conhecimentos dos candidatos, de forma a conseguir selecionar os melhores profissionais e os mais capacitados para assumirem as vagas que estão disponíveis no mercado.

E é exatamente pensando em tudo isso que nós reunimos aqui uma série de dicas de sintaxe que vão fazer toda a diferença para você na hora em que estiver fazendo a tão esperada prova do concurso.

Tudo para que você aumente ainda mais as suas chances de aprovação naquela vaga do setor público que você sempre sonhou. Afinal de contas, quando falamos de concursos com alta concorrência, apenas um ponto pode ser a diferença entre estar dentro e estar fora.

O que você precisa saber sobre sintaxe na hora do concurso

A sintaxe é um assunto bastante importante para colocar nos estudos dos concursos porque é ela o ramo de estudo que vai cuidar e analisar as palavras dentro de uma frase, levando em consideração as suas relações de ordem, de subordinação e de concordância. Por isso mesmo acaba sendo uma parte muito importante da língua portuguesa e um grande objeto de dúvida para muitos na hora do estudo.

Porém, dentro de concursos, há algumas dicas bastante úteis que valem a pena ser anotadas, pois elas podem fazer toda a diferença na hora de resolver as questões. A primeira coisa que você precisa se atentar é aos nomes básicos dos principais elementos de uma oração, pois de uma forma ou de outra eles sempre acabam aparecendo.

Por isso mesmo, acrescente sujeito, predicado, predicativo, objeto, complemento nominal, aposto e vocativo ao seu vocabulário, procurando por definições simples de cada um, apenas para não ficar perdido e não perder questões à toa. Você não precisa se tornar um mestre da sintaxe, apenas saber o básico.

Outro ponto importante para a sintaxe nos concursos é saber reconhecer uma oração dentro de uma frase, pois é ela o foco principal de análise da sintaxe. Para isso o processo é simples: identifique o verbo ou a locução verbal da frase que vai dar o sentido à frase. Porém, aqui é preciso ficar atento: se não tem verbo, não é oração, é apenas frase. Um exemplo é: “que noite bela!”.

Mais um fator que vale a pena ganhar a sua atenção e que costuma cair com bastante frequência em concursos públicos, é a concordância verbal e a concordância nominal. Para não se confundir, guarde dois princípios básicos.

Na concordância verbal pense sempre que o verbo deve concordar com o número e com a pessoa do sujeito e na concordância nominal, os nomes vão concordar em número e gênero com o substantivo. Basicamente, verbo concorda com sujeito e nomes com os substantivos.

Uma dica que é bastante interessante e que vale a pena ser levada em consideração é sobre a ordem direta e inversa das orações, um assunto que costuma cair bastante, é bem simples, mas que gera ainda bastante confusão. De maneira prática, a ordem direta é a tradicional, ou seja, sujeito + verbo + predicado. Um exemplo é “Eu fui para a escola ontem”.

Já a ordem inversa apresenta uma ordem que foge da tradicional por conta de um efeito majoritariamente estético, sendo muito utilizada em produções literárias, por exemplo, e até mesmo em nosso hino nacional. Utilizando a mesma frase acima, na ordem inversa ela poderia ficar “Ontem, para a escola eu fui”.

O sentido não foi alterado, mas a ordem dos elementos mudou e isso tem uma relevância para a frase, de forma que é importante que você tenha essa consciência e esse conhecimento na hora de prestar as suas provas de concurso público.

Com essas dicas simples e práticas de sintaxe, pode ter certeza que a parte de português e até mesmo a interpretação de outras matérias vai ficar muito mais simples e eficiente.

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.