Saiba quais são os vilões que todo concurseiro iniciante deve superar

Tempo de leitura: 6 minutos

Todos sabemos que enfrentar um concurso público não é tarefa fácil. Há muitos desafios a superar, especialmente se você é um concurseiro iniciante, como a quantidade de matéria para estudar, a dificuldade de se concentrar, o medo da reprovação, entre outras coisas. Para essas pessoas, a aprovação parece algo ainda mais distante e inatingível. Mas é possível enfrentar (e vencer) esses vilões! Saiba quais são esses desafios e como passar por esses obstáculos para alcançar a aprovação:

1. Falta de concentração

Apesar de ser um dos principais vilões dos concurseiros, eles não são os únicos que sofrem desse mal. No mundo de hoje, estamos 100% conectados o tempo todo, o que pode ser ótimo quando você trabalha em uma multinacional, mas péssimo quando você precisa se concentrar nos estudos.

Celular, e-mail, televisão, entre outros dispositivos são todos fontes de desconcentração na hora de ficar nos livros. Se você sofre desse mal, evite ao máximo entrar em contato com essas ferramentas durante os estudos, mas também no período que os antecede, para evitar qualquer tipo de distração. Confira também outras dicas sobre como se concentrar nos estudos.

2. Desorganização do concurseiro iniciante

Não é possível almejar a aprovação se você ainda não consegue organizar seus horários, as matérias do edital que ainda precisa estudar, as datas de cada concurso, etc. Essas são atividades básicas da rotina de um concurseiro, desde o iniciante até o mais experiente, por isso é imprescindível que você consiga se organizar.

Seja com uma agenda física, seja por meio de apps para estudar ou gerenciadores de tarefas (como o Trello), busque sistematizar suas tarefas e respeitar seus horários!

3. Medo de ser reprovado

Pode ter certeza: qualquer concurseiro experiente e bem-sucedido já foi reprovado um dia. A reprovação faz parte do caminho e do crescimento de quem quer uma carreira pública.

As seleções de concursos estão cada vez mais difíceis e competitivas, por isso a reprovação não é, de forma alguma, sinônimo de falta de competência ou de inteligência. Vença esse medo e encare eventuais reprovações como oportunidades de descobrir em que você precisa melhorar!

4. Locais de estudo inadequados

É muito difícil encontrar locais de estudo ideais, silenciosos, com toda a estrutura que você precisa para estudar sem distrações. Em casa, há quem tenha que dividir o quarto com outros familiares, ou até mesmo outros cômodos da casa. Nas bibliotecas, nem sempre há lugares disponíveis, há pessoas que não respeitam o silêncio, você não consegue consultar todos os materiais que precisa, entre outras coisas.

Por isso esse é um aspecto-chave para quem está buscando a aprovação: explore as alternativas de lugares mais adequados para seus estudos.

5. Concorrência

Uma característica inevitável do mundo dos concursos é ter que lidar com a concorrência. Há os mais variados tipos de concorrentes: aqueles que colaboram com os colegas, aqueles que fazem de tudo para atrapalhar outros candidatos, aqueles que exibem seus conhecimentos em sala de aula para impressionar os outros, etc.

Não se preocupe com a concorrência. O principal concorrente que você tem que superar em um concurso público é você mesmo e suas próprias falhas e deficiências. Quanto mais focado, concentrado e motivado você estiver, menos importância terá o número de candidatos por vaga no concurso em que você pretende passar.

6. Fofocas de corredor

Por falar em concorrentes, também é preciso saber lidar com as fofocas de corredor. Concursos mais concorridos são sempre as maiores vítimas de boatos, como alterações imensas no edital, cancelamentos, suspensões, redução drástica no número de vagas, entre outras coisas.

Na maioria das vezes, se não foi publicado no Diário Oficial, são apenas boatos mesmo. Ou seja, se deixar levar por essas fofocas só vai aumentar sua insegurança, potencialmente te desmotivando de estudar.

7. Preguiça e falta de motivação

Por falar em falta de motivação, esse é outro vilão do concurseiro iniciante. É muito difícil manter o foco nos objetivos que te levaram a fazer um concurso público, principalmente para quem está começando. Os desafios parecem enormes, tão grandes quanto os editais. Mas saiba que o candidato aprovado em 1º lugar também começou do zero um dia. Ou seja, você precisa manter em mente seus objetivos finais e motivação.

No caso de um concurso público, o que te motiva a estudar? Salários? Estabilidade? Possibilidade de dar melhores condições para sua família? Reúna todas essas razões em uma imagem mental sobre como será seu futuro após a aprovação.

8. Dependência financeira

É muito difícil depender de outras pessoas para se dedicar exclusivamente aos estudos. Por essa razão, muitos concurseiros iniciantes mantêm seus vínculos de trabalho, ainda que em um regime de horas menor. Basicamente, ter algum tipo de dependência financeira causa ansiedade em vários concurseiros.

Se você também sofre desse mal, procure utilizar esse sentimento a seu favor: a dependência financeira é um dos principais motivos pelos quais você precisa passar logo no concurso. Por isso, motive-se e estude!

9. Falta de tempo para estudar

Nem todo concurseiro iniciante consegue se dedicar exclusivamente aos estudos. Quando você tem outras obrigações (profissionais, domésticas, acadêmicas, etc.), parece impossível lidar com a falta de tempo para estudar. Mas isso não deve ser desculpa para te manter longe da aprovação. Supere essa situação por meio de uma organização minuciosa dos seus horários, de preferência em conjunto com um plano de estudos.

10. Ansiedade durante a prova

Por último, mas não menos importante, há também a vilã chamada ansiedade. Controlar esse sentimento antes e durante as provas de concursos públicos pode se provar um grande desafio, a depender do grau de seus sintomas no dia a dia. Por exemplo, há quem tenha brancos, passe mal e até mesmo comece a chorar durante uma prova, tudo em função da ansiedade.

É claro que isso não ajuda em nada a tarefa de conseguir a aprovação. Para combater esse vilão, você pode explorar opções como a prática regular de esportes, terapia, técnicas de respiração para acalmar a mente, entre outras coisas. Só não deixe a ansiedade atrapalhar seu desempenho!

Embora um concurseiro iniciante tenha que lidar com esses vilões, saiba que é possível superá-los e, ao final, atingir a tão sonhada aprovação. Vale a pena perseverar!

Já curtiu a página do Concurseiro Paulista no Facebook? Clique, curta e continue recebendo nossos posts! Participe!

 

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.