Saiba como estudar inglês para concurso

Tempo de leitura: 6 minutos

O edital do seu concurso trouxe uma surpresa a mais no conteúdo programático chamada língua estrangeira. Daí você já fica preocupado, pois essa não é muito a sua praia, certo? Pois então, não se preocupe, pois você chegou no post certo. Você não precisa frequentar uma escola de línguas, muito menos perder noites de sono para entender perfeitamente a gramática inglesa.

O que você precisa fazer mesmo é simplesmente aprender como estudar inglês para concurso. Acontece que o propósito da língua estrangeira nas provas dos concursos é um pouco diferente daquele de quem quer aprender a falar fluentemente, por exemplo. Então, preste atenção nas próximas dicas e tire essa preocupação da sua cabeça. Vamos lá?

1. Inclua o inglês no seu plano de estudos

Uma pessoa que almeja passar num concurso público tem a obrigação de fazer um plano de estudos devidamente organizado. Não existe outra estratégia melhor do que essa! Você deve separar um tempo para estudar cada matéria e não deixar nenhuma de fora, inclusive o inglês.

Você deve dedicar um período exclusivo para estudar este idioma, de forma que você consiga ler, entender e também localizar informações importantes em inglês. Só confira antes o seu nivelamento, pois quanto mais perto o seu nível de conhecimento na língua for do inicial, mais tempo você precisa se ater a esse conteúdo.

O ideal é que você não fique muitos dias sem ter contato com a matéria. Estude inglês pelo menos duas vezes por semana, por exemplo. Dessa forma, você estimula sua memória, aprimora o vocabulário e não se esquece do que foi estudado. Não deixe seu cérebro esfriar!

2. Utilize um material de qualidade para estudar

Essa dica é válida inclusive para as demais matérias do conteúdo programático. Procure um material adequado e de qualidade, senão não tem como estudar inglês de forma eficaz. Mas o importante é que seja algo voltado para o que a prova pede. Então, pesquise bastante antes de escolher o que vai usar.

Se você está com tempo, pode investir em um curso presencial ou online de inglês. Mas o interessante mesmo é encontrar alguém que possa te dar aulas particulares ou direcionamento para estudar o que o concurso propõe. Checar as provas anteriores ajuda muito nisso, pois você conhece os pontos mais abordados e, de quebra, conhece a estrutura da avaliação.

3. Exercite o idioma com música, filmes e leitura

Você fala fluentemente o português porque exercita diariamente a língua, a todo momento. Então, não faz muito sentido você tentar aprender outro idioma sem praticá-lo frequentemente, correto? Então, quanto mais você se exercitar, mais natural o inglês vai se tornar para você.

Aproveite momentos de lazer para praticar seu inglês e memorizar palavras, expressões e até mesmo frases. Você pode fazer isso ouvindo músicas estrangeiras e assistindo a filmes e seriados com legenda (em português ou em inglês mesmo), por exemplo.

O que ajuda muito também é a boa e velha leitura. Leia notícias em inglês na internet, artigos e até mesmo livros. A ideia é te fazer pensar em inglês e não somente decorar regras de gramática. Faça disso algo prazeroso e verá que vai aprender muito mais rápido!

4. Tire da cabeça a ideia de que inglês é difícil

Existem aqueles que falam que aprender inglês é difícil e este mito já conseguiu contaminar a cabeça de muita gente. Quando você já começa a estudar pensando assim, pode ter certeza que a dificuldade realmente vai existir. Então, cuidado com as limitações que você mesmo cria.

Tenha pensamentos positivos e exclua essa ideia errada sobre língua estrangeira. Abra a sua mente e encare os estudos de forma natural. A dica do tópico anterior ajuda muito nisso! Aprender qualquer coisa se torna fácil quando fazemos com prazer.

5. Faça simulados e provas de edições anteriores

O que ajuda muito a estudar é colocar o que se aprende em prática. Como os concursos são bem objetivos em suas questões, o ideal é que você tente fazer simulados e provas de edições anteriores.

Dessa forma, além de treinar o seu inglês e praticar seus novos conhecimentos, você ainda se familiariza com a estrutura da prova e das questões, por exemplo. Mas faça esses testes com seriedade, para que você realmente perceba sua evolução no idioma.

6. Amplie o seu vocabulário em inglês

Quanto mais você ampliar o seu vocabulário, mais vai aprender inglês. Aliás, é assim que acontece em português, não é mesmo? Quanto mais lemos e conhecemos palavras novas, melhor falamos e escrevemos.

Então, não fique prezo somente ao que está no conteúdo programático. Fique atento a gírias, expressões idiomáticas, diferenças do uso da língua inglesa em certas regiões, dentre outros. Quanto mais palavras você souber de cabeça, mais fácil fica a resolução de questões e a interpretação dos textos.

7. Fique atento aos falsos cognatos

Quando for ampliar o seu vocabulário, fique atento aos falsos cognatos. Você sabe o que é isso, certo? São aquelas palavras parecidas com as nossas em português, mas que têm um significado bem diferente. E elas dão uma rasteira se você não as identificar como “false friends”. Um belo exemplo é a palavra push, que significa empurrar e não puxar, como geralmente as pessoas pensam.

Tente memorizar essas palavras que confundem e saiba distingui-las também das verdadeiras cognatas, como potential, offensive, important, dentre outras. Faça uma lista em seu caderno de estudos com todas as que você for se lembrando. Numa coluna coloque as verdadeiras cognatas e na outra elenque as falsas.

Viu como estudar inglês pode ser algo mais simples do que você estava pensando? Quando se encara os estudos com mais naturalidade, o inglês deixa de ser um bicho papão. Aproveite ao máximo as oportunidades em que você pode praticar a língua e não deixe nunca de manter uma rotina disciplinada para estudá-la. Combinado?

Tenha consciência de que essa é somente mais uma matéria e não a mais difícil de todas que você tem que estudar. Aliás, é assim que você deve encarar todos os conteúdos: com leveza e confiança. Aproveite também para descobrir algumas dicas para estudar informática para concursos públicos. Que tal?

 
Avalie esta postagem

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.