Questões sobre primeiros socorros? 3 dicas para gabaritar essa parte da prova

Tempo de leitura: 5 minutos

Prestar um concurso público não é tarefa fácil. Afinal de contas, para conseguir uma aprovação é preciso a realização de uma prova extremamente concorrida e que muitas vezes pode ser bastante difícil, de forma que exige muito estudo e dedicação por parte do candidato.

E é exatamente pensando em tudo isso que nós reunimos aqui uma pequena lista com algumas dicas que vão ajudar você com as questões de primeiros socorros dentro do concurso.

Para isso nós partimos da premissa que um dos principais pilares para se ir bem nesse tipo de questão é ter o conhecimento básico sobre o assunto, de forma a garantir umas questões a mais na contagem de pontos.

Saiba como agir em caso de fraturas

Como mencionamos mais acima, a principal dica no que diz respeito à resolução de questões envolvendo primeiros socorros é saber quais são os procedimentos mais básicos que envolvem as técnicas, pois esse é o pilar principal de todo o esquema de primeiros socorros, de forma que é essencial que você tenha o conhecimento dele.

Dentro dessa perspectiva, um dos conhecimentos básicos que todo mundo que presta um concurso que exige conhecimento na área deve ter sobre primeiros socorros é como proceder em caso de fraturas, que são extremamente comuns dentro dos mais diversos tipos de acidente, tanto domésticos quanto mais graves, de forma que é preciso ter esse conhecimento para tomar as medidas rápidas necessárias para assegurar que o ferimento não piore e cicatrize da maneira correta.

Ao lidar com casos de fraturas a primeira coisa a se fazer é verificar qual o tipo de fratura sofrida pelo acidentado, algo que pode ser percebido apenas com um olhar para o ferimento. Caso a fratura seja simples, o principal cuidado que você deve ter é deixar o membro fraturado imobilizado, mexendo o mínimo possível no paciente até que chegue o socorro especializado, pois isso vai evitar que a fatura piore.

Caso você esteja lidando com um caso de fratura exposta, que é um caso mais grave, os cuidados devem ser redobrados com a região lesionada.

A primeira coisa que você deve fazer é envolver a região fraturada com uma gaze ou com um pano que esteja limpo, imobilizando a região com um material que vá impedir que o paciente se mexa e piore a fratura, como uma tábua ou até mesmo um papelão, envolvendo a região com uma faixa até conseguir o atendimento especializado para o cuidado com a fratura.

É extremamente importante que você não tente retornar o osso para dentro do corpo ou realinhar o membro que foi fraturado, pois isso só vai causar uma dor extrema ao paciente, bem como pode piorar seriamente a sua situação.

Ou seja, quando falamos de primeiros socorros, os cuidados iniciais e básicos devem ter como objetivo basicamente não piorar o ferimento até que este seja tratado por um médico especializado.

Lidando com uma situação de parada cardiorrespiratória

Outro cuidado que é bastante cobrado em concursos e que vale a pena ser colocado na sua rotina de estudos sobre primeiros socorros são os cuidados que são exigidos em casos de parada cardiorrespiratória.

Isso porque essa é uma condição que pode ser fatal caso os cuidados iniciais sejam negligenciados, de forma que é importante que o concurseiro tenha o conhecimento de técnicas envolvendo a prática, pois é muito provável que o assunto vá aparecer em alguma questão dentro do setor de primeiros socorros dentro da prova que você prestar.

Tendo isso em consideração, é preciso que, ao mesmo tempo em que devem ser rápidos, os primeiros socorros em casos de parada cardiorrespiratória devem ser ágeis, precisos e ainda assim extremamente delicados para não acabar machucando ou piorando a situação do paciente.

A primeira coisa a ser feita é uma análise rápida da vítima, verificando se ela não possui movimentos em seu tórax, bem como falta de pulsação e respiração, além de presença de lábios e unhas roxas. É preciso também verificar se esta está inconsciente, com baixa temperatura corporal e falta de imobilidade.

Caso perceba esses sintomas, coloque a vítima deitada de costas no chão com cuidado e não tente uma reanimação com comidas ou bebidas. Feito isso, é preciso que você coloque as suas mãos no osso que está localizado no centro do peito para realizar uma massagem cardíaca. Para isso basta que você pressione o tórax com movimentos firmes e intervalados.

Ao mesmo tempo, peça ajuda para alguém que está perto para que esta segunda pessoa realize uma respiração boca a boca ao mesmo tempo em que você realiza a massagem cardíaca. Para isso estenda o pescoço do paciente para trás, feche suas narinas e encha o seu pulmão de ar para inflar os seus pulmões.

O ideal é que esse procedimento seja repetido até que o coração do paciente volte a bater, sendo um sopro a cada cinco pressões no peito, enquanto o atendimento especializado não chega.

Cuidados que devem ser tomados com queimaduras

Para finalizar as dicas de cuidados básicos de primeiros socorros estão os cuidados que devem ser tomados com queimaduras, um acidente muito mais comum do que se imagina e que pode ter consequências bastante graves para o acidentado.

Queimaduras podem acontecer em diferentes graus, de forma que todo cuidado é pouco com o cuidado de primeiros socorros para o ferimento. Ao perceber que alguém sofreu uma queimadura, é importante isolar a vítima do local do acidente e lavar toda a área que foi queimada com água limpa e corrente, de forma a realizar uma retirada precoce do tecido que foi queimado.

Feito isso, o ideal é que a queimadura seja protegida com um pano e com um tecido limpo, sempre se lembrando de manter a região queimada elevada para não causar inchaço. Tudo isso para evitar danos piores até que chegue a ajuda especializada. Em caso de queimaduras de terceiro grau, é importante não mexer no local acidentado e apenas assistir a vítima enquanto esta aguarda socorro.

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.