Quero trabalhar do metrô de SP, como devo estudar para esse concurso?

Tempo de leitura: 6 minutos

Um dos meios de transporte público mais utilizado na cidade de São Paulo, muitos não associam que os funcionários presentes nas estações, por exemplo, passaram por um processo seletivo feito por meio de um concurso público, onde esses mesmos funcionários tiveram o pensamento de quero trabalhar no metrô de SP.   

Este transporte locomove milhares de pessoas por ano. Até 2015, o metrô de São Paulo locomóvel de um local para outro, seja para o trabalho, a residência ou outros lugares, mais de bilhões de pessoas, mais precisamente, 24,6 bilhões de passageiros. Esse número demostra o número de pessoas que foram transportadas desde a inauguração, em 1972, do metrô até o ano de 2015.  

Companhia do Metropolitano de São Paulo 

Criado no dia 24 de abril de 1968 a Companhia do Metropolitano de São Paulo, conhecido popularmente como Metrô, deu início com a construção da Linha Norte-Sul. Quatro anos depois, em 1972, foi realizada a primeira viagem de trem entre as estações Jabaquara e Saúde (Linha Azul), em seguida, em 1974, começou a operar o trecho entre Jabaquara e Vila Mariana.   

Anos depois após uma grande expansão das linhas, em 2010, foi inaugurado a Linha 4-Amarela. No ano seguinte, mais quatro estações foram inauguradas, fazendo com que a Linha Amarela começasse a operar entre as estações Luz e Butantã. E em 2015 foram entregues mais duas estações: a Fradique Coutinho (Linha Amarela) e a Adolfo Pinheiro (Linha Lilás). 

Em 2015, deu início um novo sistema de transporte no Brasil, a operação do Monotrilho da Linha 15-Prata. Esta linha funciona entre as estações Oratório e Vila Prudente, e faz baldeação com a Linha Verde do Metrô. 

Atualmente, o Metrô de São Paulo possui 6 linhas: a Azul (Jabaquara-Tucuruvi), a Verde (Vila Madalena-Vila Prudente), a Vermelha (Palmeiras/Barra Funda-Corinthians Itaquera), a Amarela (Butantã-Luz), a Lilás (Capão Redondo-Adolfo Pinheiro) e a Prata (Vila Prudente-Oratório), que faz a ligação entre o Metrô e as linhas da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos).  

Quero trabalhar no metrô de SP 

Considerado como uma das possibilidades de trabalho para aqueles que desejam ingressar em uma área pública, para trabalhar no Metrô de São Paulo exige que a pessoa realiza um concurso público. 

A partir do momento que a pessoa possui o pensamento de quero trabalhar no metrô de SP, é muito importante correr atrás e ficar por dentro das vagas que são abertas e, principalmente do edital.  

Independente da área e da vaga para qual a pessoa deseja se candidatar, até mesmo para aqueles que possuem o desejo de quero trabalhar no metrô de SP, é essencial ler o edital do concurso. O edital é essencial para entender e conhecer as regras e os pontos mais importantes que o candidato deve estar ciente e seguir.  

No entanto, infelizmente há casos onde o candidato não se atentou ou esqueceu de ler o edital, isso pode deixar o candidato um pouco perdido em relação a tudo que envolve o processo de antes, durante e depois de um concurso público.  

Afinal, é por meio do edital que a pessoa encontra informações detalhadas sobre: as vagas que estão abertas, como é o processo de inscrição, o que consta em cada prova que será realizada e, a parte que todos desejam, como é a classificação para os cargos oferecidos.   

O segundo passo –  após ler o edital – é realizar a inscrição na vaga que deseja ocupar. Este é um momento em que a pessoa precisa ter muita atenção no edital, pois ao não ler o documento e mesmo assim realizar a inscrição, o candidato não poderá contradizer qualquer item que está no edital.  

Lembrando que, as vagas podem ser dividias entre: cargos com Ensino Superior Completo, Ensino Médio e/ou Técnico Completos e com Ensino Fundamental Completo. A taxa de inscrição varia de acordo com a formação e escolha da vaga do candidato.  

Divisão dos cargos  

É importante lembrar aqueles que possuem o pensamento de quero trabalho no metrô de SP que os cargos são divididos em: nível superior, nível médio/técnico e nível fundamental. Essa divisão determina os pré-requisitos que o candidato precisa ter para se candidatar para a vaga, além disso, a divisão diferencia uma prova da outra que, apesar de parecidas possuem pontos diferentes e que os candidatos precisam estar atentos.  

Por exemplo, na prova de conhecimento básico para nível superior as disciplinas que são apresentadas na prova são: Português, Raciocínio Lógico-Matemático e Inglês. Já na prova para nível médio/técnico, cai Português e Raciocínio Lógico-Matemático. E na prova de nível fundamental, é exigido a matéria de Português, Matemática e Raciocínio Lógico-Matemático.  

Portanto, dependendo do cargo ao qual a pessoa se candidatou os conhecimentos exigidos podem variar devido a essa divisão que já consta no edital.  

Provas do concurso público 

Para aqueles que estão querem e pensam quero trabalho no metrô de SP, é muito importante estar ciente de como funcionam as provas do concurso. No caso das provas realizadas para o concurso público do Metrô de São Paulo, elas são dividas da seguinte forma: prova de conhecimentos básico, prova prática de capacidade física, a checagem de pré-requisito, a comprovação de documentos e a avaliação médica admissional. 

Critérios de desempate  

Se engana quem pensa que em concursos públicos não existem casos de empates. Para os candidatos que pensam quero trabalhar no metrô de SP e que passaram pelas etapas do concurso, devem estar atentos para os critérios de desempate, que são: candidatos que tiverem 60 anos ou mais e que forem maior de idade, que possuíram a maior nota em Conhecimentos Específicos e o maior número de acertos na disciplina de Língua Portuguesa, e quem já tiver exercido a função de jurado.    

Essas são algumas informações básicas para aqueles que querem trabalhar no Metrô de São Paulo. Lembrando que, apesar de terem semelhanças nas provas, há algumas diferenças, ou seja, o candidato precisa estar atento as exatas disciplinas que irão cair na prova que irá realizar para estudar de forma assertiva. Portanto, ler o edital é o primeiro passo e o mais importante para não deixar passar nada.

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.