Quanto tempo preciso de estudo para passar no Concurso Público?

Tempo de leitura: 3 minutos

Uma das dúvidas que muitos Concurseiros pedem e sempre falo nos vídeos do Master Mind ao vivo: Para passar no Concurso, precisa de quanto tempo?

Por empirismo meu, você se matando, estudando 12 horas por dia cronometradamente, largando celular, namorado(a), família, amigos, todo mundo e tendo uma vida reclusa no “papiro” (estudo), o prazo é de 6 meses para você já começar a ter as primeiras aprovações e classificações no seu concurso.

Eu, Carlos Gusmão, posso falar com toda certeza. No Colégio Curso Martins, que é um dos melhores cursos do Rio de Janeiro, nunca existiu em sua existência uma pessoa que teve mais dificuldade que eu nos estudos.

E até, consegui as minhas aprovações e classificações no prazo de 6 a 11 meses: Colégio Naval, EpCAr, Colégio Militar, CEFET, Federal de Química e Pedro II.

Tempo mínimo de 6 meses e 3 anos o máximo. Se você estuda há 2 e 3 meses para o concurso, não quero te enganar, mas não vai passar.

Se não passou em 3 anos em nada, não quero te iludir, mas você não está dando o sangue como tem que dar de verdade. 

-Ahhh, tenho um amigo meu que passou no Concurso em 2 meses.

Isso é relativo. Quando fiz Colégio Naval, tinha um amigo que foi jubilado no 3ª ano, que foi convidado a se desligar, senão seria expulso e não poderia fazer concurso. Saiu e em 1 mês passou na prova da AMAN, concurso na qual eram só 10 vagas.

Aí é comparar o incomparável, ele já trazia uma base lá no pretérito. A base é tudo.

No Master Mind, temos 10 mil pessoas, onde orientamos nossos alunos mais diretamente. O indíce de aprovação é 38% em 1 ano e de 92% em 2 anos, no seu concurso que é dó seu interesse desde o início,  e só 2 pessoas que conseguiram passar em menos de 6 meses.

Foi uma moça de Fortaleza que estudou 132 dias para concurso de Magistratura Trabalhista e tinha 26 anos.A outra passou com apenas 22 anos no concurso de Delegado Civil RJ, estudando 145 dias.

 São pessoas fora da curva, tem o dom de aprender as coisas com mais facilidade e sempre foram alunas destaques e sempre tiveram C.R os mais altos da UFC e UFRJ respectivamente.

Uma dica que dou para meus alunos.Sempre se prepare para concursos de maior grau de dificuldade e que seja do mesmo ramo.

Quero ser técnico do TRE; Estude para Analista.

Quero ser Delegado Civil; Estude para Delegado Federal

Quero Magistratura Estadual; Estude para Magistratura Federal.

Quero ser Analista de AFRF; Estude para Auditor.

 

Por exemplo, vou estudar para técnico do INSS. Se você ficar estudando a mesma coisas que 99% da concorrência estuda e com mesmo grau de dificuldade, você está sendo nivelado para grau de dificuldade baixa. Se a prova apertar um pouco de complexidade, você vai perder várias questões de prova.

Vamos de Carreiras Militares.

Um cara que passa no Colégio Naval, vai olhar para prova da EpCAr e EsPCEx e vai morrer de gargalhadas, provas fáceis demais. Um cara desse se recusa, sair de casa e  fazer prova de EEAr e EsSA para teste.

Um cara que passa no IME e ITA, vai olhar para uma prova da AFA e Escola Naval, não vai ter muita paciência para fazer a prova. Vai só olhar superficialmente a questão e já marcar no cartão respostas. Sim, é esse nível mesmo.

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.