Qual o valor máximo que pode ser cobrado em uma inscrição para concurso público?

Tempo de leitura: 6 minutos

Concursos públicos são uma das alternativas atuais que mais tem sido procurada por parte dos trabalhadores que desejam fugir de fazer parte do índice de desemprego do país, que só cresce a cada mês em decorrência da crise econômica que toma conta do país e que não dá sinal de ir embora tão cedo.

Dessa forma, por conta da estabilidade empregatícia garantida ao empregado, a iniciativa pública tem se tornado cada dia mais atraente por oferecer um ambiente estável e seguro para o colaborador.

Exatamente o contrário do que tem acontecido com as empresas privadas nos últimos tempos que, para se manterem funcionando e não se verem obrigadas a fechar as portas, acabam tendo de realizar diversos cortes de gastos, que incluem cortes de pessoal, o que acaba gerando um clima de insegurança e de instabilidade.

Como se não bastasse, os concursos públicos também apresentam uma série de benefícios que vão além da estabilidade, que acaba sendo a vantagem mais conhecida e procurada dentro do funcionalismo público.

Afinal de contas, a verdade é que esteja a crise presente ou não, contas para pagar sempre vão estar presentes, de forma que é preciso ter uma garantia de um salário na conta todo mês para não acabar entrando em dívidas, algo que só o setor público pode garantir.

Entre esses benefícios estão a jornada de trabalho bem respeitada, algo que não acontece no setor privado e que é muito procurado por quem busca uma melhor qualidade de vida, os salários altos que costumam ser maiores do que aqueles oferecidos pela iniciativa privada para cargos do mesmo nível e também pelos bons benefícios, que variam de empresa para empresa e que são somados aos salários.

Para completar, há ainda a questão dos benefícios no mercado, já que funcionários públicos costumam conseguir empréstimos com muito mais facilidade e ainda conseguir condições especiais em financiamentos, com taxas de juros mais baixas, o que pode ser um grande diferencial para quem deseja obter a casa própria.

Porém, ao contrário do que muita gente pode pensar, o ingresso em cargos públicos não é feito de modo tradicional. Isso porque ele requer a realização de uma prova, conhecida como concurso público, de forma a avaliar os candidatos mais aptos para a ocupação de uma determinada vaga.

E bem como qualquer prova de processo seletivo, o concurso público requer que você pague uma taxa de inscrição para poder realizar a prova, taxa essa que pode variar de concurso para concurso e que pode até não existir em condições especiais.

E é exatamente pensando em tudo isso que nós reunimos aqui uma série de informações que vão ajudar você a entender melhor como funciona a taxa de inscrição para concurso público, tudo para que já vá preparado para se inscrever nas vagas que desejar.

Existe ou não um preço máximo para a taxa de inscrição para concurso público?

A verdade é que não existe nenhuma regulamentação específica que determina o valor máximo que pode ser estabelecido em um concurso público, de forma que cada empresa realizadora da prova vai definir uma determinada taxa para cada concurso e também para cada cargo.

Isso porque, dentro de um mesmo concurso, ocupações para cargos diferentes podem ter taxas de inscrição diferentes.

Isso porque, quanto mais alto o salário e mais alto o cargo que se deseja, naturalmente mais alta vai ser a taxa de inscrição. Por mais que não haja um teto da taxa de inscrição, a verdade é que o valor circula dentro de uma média que costuma ser cobrada em grande parte dos concursos.

Dessa forma, caso você deseje prestar um concurso, é importante se preparar para pagar as taxas de inscrição, que costumam ficar entre R$ 15 e R$ 80, dependendo do lugar escolhido e também da vaga desejada. Vale lembrar que concursos mais disputados costumam ter as taxas de inscrição mais altas.

Porém, caso você se enquadre em alguns critérios, você pode solicitar a isenção do pagamento da taxa de inscrição, benefício que é concedido para pessoas que não tenham condições de realizar o pagamento da inscrição. Para que você consiga solicitar a isenção de taxas é preciso que se atente às datas presentes no edital da prova que você deseja prestar.

Isso porque há um período pré-determinado para realizar inscrições com a solicitação de isenção de taxas, e passado esse período, por mais que você se enquadre nos critérios necessários, vai precisar pagar o valor integral para poder realizar a prova. Além disso, só podem solicitar a isenção de taxas pessoas que estejam inscritas no Cadastro Único, o Cad-Único.

O cadastro nada mais é do que um cadastro unificado para programas sociais que são oferecidos pelo governo e que é necessário para a solicitação de isenção de taxa. Para realizar a inscrição no programa, o processo é bastante simples, mas é importante que seja feito com antecedência ao período de realização do concurso, já que leva um tempo até ser apurado pela Caixa Econômica Federal.

Para isso basta se dirigir ao lugar onde está o responsável por cuidar do programa Bolsa Família da prefeitura de sua cidade, pois o cadastro poderá ser realizado lá. Outra opção é visitar o Centro de Referência à Assistência Social, o CRAS, do seu município, pois lá também vai haver profissionais aptos a realizarem o seu cadastro.

Feito tudo isso, basta enviar a solicitação de isenção de taxa para a empresa realizadora do concurso que você deseja prestar no prazo prescrito em edital e esperar para ver se este vai ser aceito ou não. Caso o seu pedido dê como indeferido, o que pode acontecer, você ainda vai ter o direito de realizar inscrições no concurso que deseja, porém vai precisar realizar o pagamento integral da taxa.

Alguns estados, como São Paulo, também preveem um processo extra de isenção. No caso do Estado mencionado, pessoas que são doadores regulares de sangue podem obter isenção da taxa e estudantes de baixa renda, bem como desempregados, conseguem obter uma redução do valor cobrado.

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.