Qual concurso tem as melhores vagas para PCD?

Tempo de leitura: 6 minutos

Pessoas com deficiência física exercendo alguma função em um órgão público é uma realidade. Da mesma forma como todos temos o direito de concorrer às vagas de algumas instituições, PCDs também têm, mas quais são os critérios existentes nas vagas para PCD? A concorrência por tais vagas é realmente esclarecedora.

A preparação de uma pessoa com deficiência para fazer a prova do concurso público é tão intensa quanto a de qual outra pessoa. Além dos estudos, podem haver uma série de outras atividades diárias que tornam esse processo mais complicado, como as responsabilidades do dia a dia, como trabalho, estudos, cuidar dos filhos, etc.

Os deficientes não só precisam se organizar e fazer com o que seu dia não os atrapalhe, mas criam muito expectativa acima da possibilidade de conseguir exercer tais funções. Além do tempo que reservam aos estudos, também há os gastos com materiais de estudo, cursos preparatórios, entre outros.

E, claro, quando as pessoas procuram preencher um determinado cargo não só estão procurando pela sua satisfação, alcançar um objetivo profissional. Mas, também esperam reconhecimento, estabilidade no emprego, melhores salários, cargas horárias mais flexíveis e emprego que possa se adequar às suas condições.

Isso é a característica que têm feito com que muitas vagas para PCD sejam extremamente disputadas. Os deficientes começam a compreender como os cargos públicos podem oferecer a oportunidade de receber os salários e as condições esperadas e condizentes com as suas formações.

Quando ficam à mercê de vagas do setor privado, em muitos casos, não conseguem acessar as vagas, devido às suas limitações. As pessoas que exercem cargo público chegam à atividade por meio dos concursos, o que pode ser a forma mais justa de garantir tais condições aos deficientes, já que o que determina a seleção de profissionais é o intelecto.

Não haverá nenhum tipo de discriminação ou comprometimento de benefícios devido às limitações das pessoas. Desde que sejam habilitadas para um determinado cargo, podem prestar tranquilamente e se conseguirem um bom resultado, terão os mesmos benefícios que qualquer outro profissional.

Melhores vagas

As vagas para PCD em concursos públicos são as melhores que as pessoas com limitações podem acessar, isso porque, como dito antes, eles recebem salários mais justos e condizentes com a sua formação. Devido aos salários praticados pela esfera privada, mas principalmente pela alta concorrência existente, os valores costumam ser muito diminuídos.

A concorrência não compromete os valores de salários dos cargos públicos, porque os valores já são pré-determinados pelo governo e previamente dispostos nos editais, as instituições são obrigadas a seguir essas condições.

Outra obrigação dos entes públicos que abrem o certame é garantir que seja um concurso acessível para os deficientes. Devem abrir uma quantidade correspondente à, no mínimo, 5% das vagas e, no máximo, 20%.

Esse cenário em que os benefícios são assegurados por lei aos deficientes e em que as instituições são obrigadas, também por lei, a oferecer uma parte das vagas totais aos deficientes torna mais real a possibilidade de um PCD buscar o cargo que lhe satisfaça.

Tudo o que a pessoa deve se atentar no momento de disputar as vagas para PCD é quanto as condições previstas em editais. Algumas deficiências impossibilitam que o candidato consiga exercer uma determinada vaga. Cada atividade tem as suas exigências particulares e o candidato precisará comprovar a sua aptidão para exercer a função.

Avaliações adaptadas

Se as praticidades e justiça que as vagas públicas oferecem são um motivo e tanto para que as pessoas com deficiência queiram acessar os cargos, o período de preparação para a prova costuma ser bem mais complexa para essas pessoas do que para os que não têm a deficiência.

Não basta pensar somente nas dificuldades encontradas previamente, no período de estudos, quando as suas limitações podem de alguma forma fazer com que a rotina fique ainda mais corrida. Mas, até mesmo, para conseguir se locomover até o local da prova no dia do concurso, os deficientes costumam enfrentar problemas.

Mas, para fazer com que essas dificuldades sejam menos sentidas e consigam interferir cada vez menos na realização da prova, as empresas responsáveis pela organização do certame estão se preocupando em oferecer conforto e praticidade para essas pessoas, disponibilizando uma série de materiais e equipamentos adaptados.

As adaptações se diferem de acordo com as necessidades da pessoa concorrendo às vagas para PCD.

Para as pessoas com deficiência visual, os organizadores podem oferecer um equipamento com um programa de leitura de texto instalado ou material em braile. Para os deficientes auditivos, um intérprete de Libras pode ser de grande ajuda. As salas podem ser individualizadas, com mesas e outras adaptações para deficientes físicos.

E tudo o que os candidatos precisam fazer para ter acesso a essas adaptações é solicita-las a organização do concurso público. Depois, devem mostrar documentos comprobatórios de sua deficiência, os laudos médicos.

É fundamental conseguir informar quais são as necessidades e do que precisará logo no ato de inscrição para concurso. Assim, todas as adaptações podem ser feitas da maneira mais prática e rápida possível.

As deficiências

É importante compreender quais as limitações que a legislação brasileira considera deficiência.

As deficiências físicas são alterações parciais ou completas de parte de corpo, de modo que isso interfira nas realizações de funções, mas não são consideradas deficiências problemas que não interfiram nas funções desempenhadas ou deformações estéticas.

A deficiência visual é determinada por três diagnósticos diferentes: casos de cegueira, baixa visão e quando o campo visual do candidato, somando a capacidade dos dois olhos, não ultrapassa os 60 graus.

A deficiência auditiva é determinada quando uma pessoa apresenta uma perda auditiva dos dois lados, total ou parcial, ultrapassando os 41 decibéis.

Já o deficiente mental é aquele que tem uma capacidade intelectual inferior ao de outras pessoas, com as manifestações da deficiência ocorridas antes da maioridade, comprometendo a sua habilidade de se adaptar e interagir, como os problemas com a comunicação, trabalho, cuidados pessoas e interação social.

Os deficientes múltiplos são aqueles que sofrem com duas ou mais das deficiências citadas.

Avalie esta postagem

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.