Quais idiomas caem no concurso público?

Tempo de leitura: 6 minutos

A cada dia, o concurso público fica mais concorrido. Saber o conteúdo que é requerido na prova é de suma importância, considerando que isso pode deixar você passos à frente dos concorrentes do concurso. Em geral, o conteúdo da prova é detalhado no edital, por isso, não há a necessidade de ficar preso na preocupação do que irá cair.

Mas é essencial que se tenha uma noção básica de tudo aquilo que está previsto para a prova. Não é preciso ser expert em tudo, mas saber por cima, já ter visto algumas vezes a matéria é essencial. Isso vale para poder adiantar o processo de preparação. Muitas vezes, não se tem tempo suficiente para a preparação começar do zero. Então, será apenas uma revisão capaz de relembrar todos os pontos.

Uma das preocupações que mais intrigam os candidatos é qual idioma além do português irá cair na prova do concurso público. É inegável que o inglês é uma das matérias que vêm invadindo os concursos e fazem uma diferenciação bem intensa entre os candidatos. Aqueles que têm o inglês no currículo podem estar a frente na hora de fazer a prova.

Porém, se prender a isso pode ser um erro. De fato, o inglês vem invadindo os concursos públicos. Mas é possível saber o básico, se preparar com o mínimo e conseguir realizar a prova. Algumas dicas primordiais são capazes de proporcionar aos candidatos um pouco mais de preparação que se fosse começar a aprender tudo desde o começo. Sempre existe algum macete para ajudar.

O concurso público segue a globalização

Vivemos em um mundo globalizado. Negar isso pode ser uma das grandes burrices que o ser humano pode cometer. Isso porque para acompanharmos o que a sociedade está propondo para os novos tempos, é necessário acompanhar suas mudanças. Se estamos em um planeta globalizado, precisamos nos preocupar com as relações globais que fazemos.

Em um caso de vaga para qualquer função, hoje, isso está sendo levado em conta. Pode parecer bobagem para alguns, principalmente para vagas que não costumam ter relações para muitas outras funções, mas a preparação que os candidatos têm conta como um diferencial importante na sociedade em que vivemos.

E o inglês é justamente um ponto importante que acompanha a globalização de quem está no mercado de trabalho. A cada dia, as relações das grandes empresas dependem de uma comunicação mais geral e ambientada no cenário internacional. Isso significa que as pessoas precisam saber se comunicar com aqueles que não são da mesma cultura que a sua.

Dessa forma, é preciso trazer para os negócios um padrão. E, como as relações estão voltadas para as grandes potências, nenhuma surpresa se o idioma principal é o inglês. Os EUAs detém grandes empresas ou é a sede das maiores. Assim, o idioma para as transações que envolvem outros países é pautado pelo idioma americano.

Idioma: inglês

Por mais que existam empresas privadas que já considerem o inglês requisito básico, o idioma é não era prioritário quando se ia prestar um concurso público. Mesmo lidando com vagas de caráter governamental, não era requerido o idioma americano como algo essencial para as provas que determinam aqueles que vão ser aprovados ou não para as vagas.

Mas isso vem mudando. Com o passar do tempo, se vê a necessidade de seguir com os padrões já adotados pelas empresas privadas e quem vem deixando o mercado brasileiro cada vez mais especializado e com relações importantes em âmbito internacional. Ou seja, o sistema público necessitou de uma mudança que está sendo realizada aos poucos.

Além de uma competição que pode ser encontrada no mercado externo, os profissionais que possuem um segundo ou terceiro idioma podem sair na frente na hora de prestar um concurso público. Isso porque o conhecimento a mais pode lhe dar uma maior tranquilidade na hora de prestar a prova, não só a parte destinada para o idioma estrangeiro.

E, claro, que o inglês que cai nos concursos públicos não é o tão comum assim. Como qualquer prova, as atividades são um pouco mais elaboradas. O estilo coloquial dá espaço para a linguagem mais própria da área para qual você está prestando o concurso público. Isso quer dizer que alguns termos mais técnicos podem ser requeridos, é preciso tentar se habituar com esses dizeres.

Mas para quem já está por dentro da vaga, com certeza, terá facilidade de reconhecer termos que são passados no seu dia a dia. Alguns casos, essas palavras que são mostradas com a mesma escrita e fonética, incorporam no vocabulário local e se tornam parte integrante do nosso dicionário. Essa vivência pode facilitar muito para quem está preocupado em fazer essa parte da prova, que ainda é novidade em muitos concursos.

Outros idiomas requeridos em concursos

Cada vaga tem sua particularidade, por isso, podemos dizer que os idiomas requeridos podem variar muito. Alguns concursos públicos sequer pedem uma formação superior. Esses mesmo, dificilmente irão exigir algum idioma estrangeiro em sua estrutura básica da prova, até mesmo pela falta de tempo e vivência para requerer especialidades.

Porém, aqueles cargos que exigem em sua prova algumas especializações e também idiomas podem ser os mais complexos de serem prestados. Isso porque existem muitas especificidades que a prova pode obrigar o candidato a ter. Como uma pós ou doutorado, além de idiomas estrangeiros fluentes. Sim, pode ter provas que exigem mais de um idioma estrangeiro.

As línguas mais comuns para as provas que são dadas em concursos públicos são o inglês e o espanhol. Esses também são os idiomas mais comuns se analisado o cenário mundial, não só o econômico, mas o geral mesmo, o das relações pessoais pelo mundo que vivemos e é tão globalizado.

Porém, não só eles podem ser exigidos em algum concurso público. É possível que o francês seja um idioma que é pedido no edital de alguns concursos públicos de cargos muito importantes, principalmente, se houver a necessidade de trabalhar com o público estrangeiro. Italiano e mandarim podem ser opções para algumas provas também. Tudo varia muito de vaga para vaga.

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.