Programação: veja como funciona o concurso para atuar nessa área

Tempo de leitura: 6 minutos

Os concursos são sempre ótimas pedidas para pessoas que estão buscando maior estabilidade no emprego, de forma que estão sendo cada vez mais procurados por trabalhadores de todo o Brasil. Afinal de contas, com a crise econômica que toma conta do país e que não dá sinal de ir embora tão cedo, a verdade é que os concursos públicos têm se mostrado como uma forma de fugir de fazer parte da estatística de desemprego no país, que só sabe a cada mês.

Dessa forma, o setor público acabou se mostrando como um refúgio seguro da iniciativa privada, que vem enfrentando uma fase complicada decorrente da crise. Prova disso são os diversos cortes de gastos, que incluem corte de pessoal, que diversas empresas se viram obrigadas a realizar para continuar com suas portas abertas. O que acaba gerando um clima de preocupação e insegurança para o trabalhador.

Afinal de contas, a verdade é que com crise ou sem crise, as contas para pagar vão continuar vindo todos os meses e é preciso ter uma garantia de que elas vão ser pagas de forma que as finanças estejam sempre em ordem. Algo que o setor privado não pode assegurar, mas que o setor público pode, de forma que se torna extremamente atraente.

Há também aqueles que procurar os concursos públicos interessados nas variadas vantagens que eles oferecem para os trabalhadores.

Afinal de contas, é sabido que o setor público oferece bons salários, que costumam ser maiores do que os que são praticados dentro dos mesmos setores da iniciativa privada, bons benefícios que representam um acréscimo interessante ao salário e também é responsável por respeitar a jornada de trabalho dos funcionários, algo que raramente é encontrado no setor privado e que é muito importante para pessoas que buscam no setor uma oportunidade de ter uma melhor qualidade de vida.

Para completar, há ainda a questão das condições especiais que funcionários públicos possuem no mercado, algo que pode ser extremamente atraente para muitos. Entre essas condições estão facilidade na hora de consegui empréstimos e também taxas de juros mais baixas na hora de realizar financiamentos.

O que pode ser muito interessante na hora do aperto e também para aqueles que estão pensando em comprar um imóvel para chamar de seu.

Porém, a verdade é que muitas pessoas, apesar de desejarem ingressar no setor público, não sabem muito bem como este processo seletivo funciona dentro de sua área, já que é completamente diferente daquele que é realizado para o preenchimento de vagas dentro de empresas privadas.

Afinal de contas, para conseguir ingressar em uma vaga dentro do setor público é preciso antes ser aprovado em uma ou mais etapas de um processo seletivo que exige a realização de uma ou mais provas de forma que são selecionados aqueles candidatos que possuam mais conhecimentos e que sejam mais aptos para o exercício das vagas disponíveis.

E é exatamente pensando em tudo isso que nós reunimos aqui uma série de informações para você que deseja ingressar no setor público dentro da área de programação. Tudo para que você consiga se preparar com antecedência para as provas e chegue no concurso sabendo o que esperar.

Afinal de contas, quando falamos de concursos públicos, a verdade é que dedicação, estudo e preparação nunca são demais. De forma que quanto mais informações você tiver sobre o assunto, melhor você vai conseguir realizar o concurso, aumentando consideravelmente as suas chances de ingressar.

Entenda como funciona o concurso para programação

Uma das grandes vantagens para quem deseja ingressar em um concurso público dentro da área de programação é que há diversas oportunidades de cargos, já que a área é bastante extensa, ainda que dentro do setor público. Dessa forma, você vai conseguir encontrar uma oportunidade que tenha mais a ver com as suas necessidades e também com seus objetivos de carreira.

Levando tudo isso em consideração, as principais opções disponíveis no mercado giram em torno da atuação como analista de sistemas (júnior, pleno e sênior), como coordenador de programação e também como programador, também com opções para júnior, pleno e sênior, de forma que diversos profissionais podem se candidatar para as oportunidades no setor.

As provas podem variar de acordo com a empresa e também com o cargo escolhido, de forma que vale a pena conferir no edital do concurso que deseja prestar como funciona aquele concurso em específico. Porém, de forma geral, para as ocupações mais baixas, a prova exige apenas a formação de nível superior por parte do profissional e é composta por apenas uma etapa constituída de uma prova com questões objetivas.

Os assuntos que são cobrados nas provas giram em torno de questões sobre português, matemática, conhecimentos gerais e também conhecimentos específicos sobre a área de atuação. Dessa forma, os candidatos melhores classificados nas provas conseguem as vagas que estiverem disponíveis em concurso.

Já para cargos mais altos o processo seletivo costuma ser um pouco mais extenso. Isso porque além da realização da prova objetiva, para vagas de coordenador, sênior ou pleno muitos concursos realizam uma segunda etapa de seleção que é uma etapa prática, de forma que os profissionais consigam provar se realmente são aptos – ou não – para a realização das tarefas exigidas pelo cargo.

Mais ainda, quando falamos de cargos mais altos, é também preciso mencionar as exigências. Isso porque muitas vagas exigem não apenas o diploma de nível superior, mas também de comprovação de experiência prévia no exercício da profissão para a qual você está se inscrevendo no concurso.

Mais ainda, alguns concursos podem realizar uma etapa a mais de seleção que é conhecida como avaliação de títulos, na qual a empresa vai verificar a veracidade dos títulos acadêmicos que você afirma ter, de forma a conseguir selecionar o candidato mais apto para a vaga.

No geral, como a questão do processo seletivo costuma variar bastante é sempre bom verificar no edital como funciona o processo da vaga que você deseja ocupar para não deixar passar nenhum detalhe que possa prejudicar o seu desempenho.

Sobre Blog Concursado

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo Blog Concursado que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.