Por que o documento de identificação precisa estar em perfeitas condições?

Tempo de leitura: 6 minutos

Para você que vai prestar um processo seletivo para algum concurso público, estar preparado para preencher todas as exigências do mesmo não é nenhuma surpresa. Foram semanas checando cada item a ser estudado para passar na prova, até mesmo os dados cadastrais foram checados. Mas muitos esquecem checar o estado do documento de identificação.

O documento de identificação de um candidato de um processo seletivo de um concurso público é um documento de vital importância, sendo tão importante quanto o cartão de convocação. Isso se dá por que ele sua influência não se prende somente ao concurso público, mas ele também á varias outras áreas do cotidiano do candidato.

O documento de identificação

Mas com toda essa importância o que é um documento de identificação?

O documento de identificação é um certificado que é utilizado para provar a identidade de uma pessoa física. Dessa forma qualquer documento que possa provar, de maneira irrefutável e precisa, a identidade de uma pessoa pode ser considerado um documento de identificação independente de quais órgãos público estejam analisando o mesmo.

O documento de identificação será usado sempre que for necessária a comprovação da identidade de algum indivíduo, perante algum órgão ou instituição. Essa averiguação e necessário para evitar os crimes de fraude e falsidade ideológica sendo assim a apresentação do documento em concursos públicos e em outros locais se tornam obrigatória.

No Brasil todos possuem o RG, que significa registro geral, que atua como um documento de identificação. Nele é contido o número de registro do cidadão e o número de registro do cadastro de pessoa física, que são os dados que comprovam a identidade de uma pessoa. Para auxiliar na identificação do individuo é comum o RG possuir uma foto do mesmo.

Sendo assim com o documento de identificação, no caso do RG você pode emitir outros documentos que precisem da comprovação de identidade e comprovar autenticidade para realizar algum processo seletivo.

Existem outros documentos, que podem ser emitidos a partir do RG, que funcionam como documento de identificação. Alguns exemplos são a carteira de motorista, o passaporte e até mesmo a certidão de nascimento. E em muitos casos, esses documentos podem ser usados como substitutos para comprovação de identidade em um concurso público.

Porém, apesar de todas as suas funções e a sua vital aplicação. Existem casos em que o documento pode ser identificado como inválido. Mesmo que não seja um caso criminal. Nesse momento, por ser inválido o documento de identificação perde o seu poder comprovar a identidade de um individuo de maneira irrefutável.

Isso pode trazer algumas complicações legais para o indivíduo, forçando-o a utilizar de outros documentos para realizarem a função de comprovar a sua identidade, como a carteira de motorista, ou até mesmo tendo que emitir uma nova via do documento de identificação.

É importante saber que enquanto não houver em posse um documento válido para identificação, o individuo fica privado de até mesmo prestar para algum processo seletivo de concurso público. Por isso é fundamental que o candidato esteja certo que possui um documento em perfeito estado e que ele seja válido para a identificação.

Como saber se ele esta inválido?

Um dos fatores mais comuns para invalidar algum documento de identificação é o estado de conservação do mesmo.

É muito comum encontrar documentos de identificação em péssimo estado de conservação. Isso se da por vários fatores, sendo um deles o fato do constante uso do documento original. Em muitas instituições, até mesmo a policia militar, não aceitarem uma cópia autenticada do mesmo. Por isso, com o constante uso dele, algumas avarias são causadas.

Ainda na questão da conservação do documento, por serem feitos a partir de impressão em um papel especial, ainda existe a possibilidade de os dados serem apagados com o tempo devido o rompimento de algumas fibras do papel, ou até mesmo devido o suor. Com esses dados rasurados não existe como autenticar a identidade de uma pessoa.

Como qualquer outro documento, o documento de identificação precisa de cuidados para conservar seu estado. É muito comum eles serem guardados em carteiras de couro, junto à outros cartões. Envolve-los em embalagens de plástico pode ser uma boa maneira de conservar o documento.

É importante lembrar que a embalagem de plástico deve ser removível, pois existem muitos casos de fraudes desses documentos onde eles são plastificados, então foi criada uma lei aonde a plastificação de documento de identificação é proibida. Por isso, caso você plastifique o seu documento de identificação você estará invalidando ele.

É importante lembrar que um documento em boa conservação pode lhe poupar de muitas dores de cabeça, e nos casos de estar prestando um concurso público manter o seu documento em bom estado pode impedir que sua inscrição seja cancelada.

Manter-se sempre atualizado.

As leis mudam com o tempo, sempre tentando se adequar com a necessidade do cidadão. E são nessas alterações que muitas vezes o candidato acaba sendo pego de surpresa, caso ele não esta atualizado.

Uma dessas informações que o candidato deve estar ciente e atualizada é a validade de um documento de identificação. Foi instituído que, após sua emissão todo e qualquer documento de identificação tem uma validade de até 10 anos. Passado esse tempo o documento é considerado inválido para comprovar a identidade de um individuo perante qualquer órgão.

Esse tempo de 10 anos foi estipulado devido vários fatores, como o fato de muitos documentos serem emitidos quando ainda somos crianças e eles acabam que não acompanhando as mudanças na fisionomia de uma pessoa. Outro fator é justamente a mudança de estado civil de um individuo e até mesmo a conservação do documento.

Por isso, caso o candidato tenha um documento que já esteja velho é recomendável que ele vá a algum órgão expedidor de documentos de identificação e emita uma nova via. Assim ele poderá evitar vários problemas legais perante o órgão organizador do concurso e conseguirá garantir á sua inscrição no processo seletivo que ele pretende prestar.

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.