Por que existe um horário limite para o primeiro concurseiro sair da sala?

Tempo de leitura: 6 minutos

Você já participou de algum concurso? Se não, temos a certeza de que ao menos uma prova que tivesse um tempo permanência mínimo você já fez. Mas, voltando à pergunta do título: Porque existe um horário limite para o primeiro concurseiro sair da sala?

Antes de respondermos à essa pergunta, conte-nos um pouco sobre sua experiência como concurseiro, se você já teve, é claro.

Você sempre foi aquela pessoa que gostava de ficar até o último milésimo que podia com a prova em sua mão ou a primeira pessoa a terminar a prova e querer sair, mas não poder devido ao tempo mínimo de permanência dentro da sala e nós sabemos o quanto é chato estar livre da tortura da prova e ter que ficar parada olhando para o nada até que o tempo mínimo se esgote e você possa sair da sala.

Temos a ciência de que sempre há o apressadinho da sala, mas, por outro lado, sempre há um “lerdinho”, não que a pessoa seja realmente lerda, mas que gosta de ao terminar a prova ficar revisando-a mesmo que já tenha feito isso inúmeras vezes.

Ficar mais ou menos tempo dentro da sala durante a prova de um concurso interfere nos resultados?

Não é o mais importante o concurseiro sair da sala e em primeiro lugar ou em último, mas sim realizar a prova com atenção, determinação, foco e, principalmente, buscar sucesso nos resultados.

Claro, nós sabemos, que nem sempre o estudo é quem ajuda ou atrapalha um concurseiro sair da sala, mas também seu estado emocional.

Atualmente, é muito comum os concurseiros passarem mal antes, durante a prova ou até mesmo depois da prova de tanto nervoso, o que acaba afetando muito o emocional. Alguns deles, inclusive, tem que sair da sala durante a prova ou sem acabá-la por conta disso.

O concurseiro deve tentar controlar-se para que ele consiga manter a calma na hora de sua prova e assim atingirá mais facilmente o sucesso.

Procure uma posição que lhe traga conforto na hora de realizar sua prova, ao evitar incômodo, você estará evitando eventuais problemas, inclusive, de coluna.

Não será, necessariamente, o tempo que você permanecer na sala que determinará o seu resultado, mas sim o quanto você se dedicou e não deixou sua ansiedade e seu nervosismo te atrapalhar durante a realização da aprova.

Mas, quanto tempo é exigido para concurseiro sair da sala?

Bom, normalmente, o tempo mínimo de se permanecer na sala é de no mínimo uma hora e meia a duas horas após o início da prova.

É determinado esse tempo considerando que dentro dele o concurseiro seja capaz de realizar sua prova sem muito desespero e tenha, no mínimo, um resultado positivo nos resultados.

Vale ressaltar, ainda, que todas as pessoas têm um tempo mínimo e um tempo máximo, mas entre esse intervalo, ainda há um tempo para quem costuma fazer a prova com um ritmo um pouco menos acelerado.

É essencial respeitar o seu limite, mas, também, respeitar as regras do concurso que você está prestando para que você não seja prejudicado.

Você dedicou horas e horas de seus dias por um longo período de tempo e com certeza não quer que sua prova seja anulada por conta de que você burlou alguma das regras presentes nos regulamentos da prova e no edital do concurso.

O que vale é somente o tempo de concurseiro sair da sala?

A resposta dessa pergunta é não, se você pensou nela, está com sua linha de raciocínio certa, mas se você pensou em um sim como resposta, talvez, seja a hora de você reavaliar seus conceitos.

Além do tempo, muitas provas de concursos apresentam no mínimo cinquenta questões e o número de candidatos que concorrem à mesma vaga dependerá de quantas vagas serão determinadas para determinado cargo.

É muito importante também, na hora de prestar um concurso pesquisar quais os cargos que estão sendo oferecidos e se você, deseja realmente, se tornar um funcionário público.

Ainda, além da questão do estado emocional, do tempo, do número de candidatos concorrendo à uma vaga, temos um número mínimo de pessoas que devem estar em sala na hora em que os aplicadores forem passar recolhendo-as.

Mas, você sabe qual o número mínimo? Bom, se você não sabe não há problema alguma, esse número é três.

É importante que, no mínimo, três pessoas acompanhem o término da prova em questão de recolhimento para que sejam testemunhas de que nada de errado na hora de confisca-las e para garantir que ninguém teve sequer um segundo a mais de prova do que o outro, o para um concurseiro sair da sala deve ser o mesmo para todos, para que não haja injustiça quanto ao tempo de prova.

Claro, como organizadores e aplicadores das provas do curso, as pessoas não esperam ter problemas com a questão de falta de respeito com o tempo de prova seja atraso no horário de se chegar para fazer a prova ou no tempo de um concurseiro sair da sala e atrasar assim seu horário de término, muitas vezes, por insistência com os aplicadores de ter a chance de concluir a prova, querendo terminar somente aquelas últimas questões da prova ou, algo menor ainda, terminar de passar a limpo as questões para o gabarito.

Sabemos que, ao ler tudo isso, prestar um concurso público pode parecer uma das coisas mais torturantes deste mundo, mas, acredite em nós, que somos experts no assunto de concursos, não é, basta você se organizar e controlar seu tempo.

Para um concurseiro sair de sala, ele deve ter respondido à todas as questões da prova se estiver dentro do limite de tempo, caso o tempo tenha esgotado, é necessário, infelizmente, entregar sua prova como ela está e tentar ser mais ágil, claro, com eficiência na próxima vez que você decidir prestar um concurso.

Se você desejar sucesso atente-se ao tempo estipulado para um concurseiro sair de sala e faça sua prova com muita concentração, pois com certeza terá chances de garantir sua vaga.

Vá em frente e conte-nos se nossas dicas ajudaram um concurseiro sair de sala dentro do tempo correto, se ele garantiu sua vaga e está feliz.

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.