Por que é importante fazer um curso para conseguir a aprovação em um concurso público

Tempo de leitura: 6 minutos

A grande maioria dos brasileiros já prestou pelo menos um concurso ao longo da vida.

Logo que abre um edital com um bom cargo disponível, muita gente se inscreve de olhos na tão sonhada estabilidade que o serviço público oferece.

Porém, são 12 milhões de pessoas inscritas em concurso todo ano, para cerca de 80 mil vagas – o que faz a concorrência ser muito grande. Só de ver esses números, já dá para perceber que muita gente não consegue a tão sonhada aprovação.

Mas qual a diferença entre as pessoas que passam e as pessoas que ficam para trás?

Na grande maioria dos casos, o que te faz não seguir adiante em um concurso é a falta de preparação.

Normalmente o candidato não consegue estudar sozinho, não tem disciplina e nem motivação – o que gera um resultado ruim na prova.

Esses problemas podem ser facilmente deixados para trás com alguma ajuda. Nesses casos, investir em um curso preparatório pode fazer toda a diferença.

Porque os cursos preparatórios são importantes?

Os cursos preparatórios para concurso ajudam a acabar com a falta de motivação, cobram a tão temida disciplina e aumentam muito as chances de o candidato passar e conseguir o tão sonhado cargo público.

Ele funciona como qualquer outro curso: você se inscreve, pega o material e vai as aulas – e por isso requer empenho e dedicação.

E nisso, os cursos se fazem importantes já que te ajudam em manter essa motivação de vários jeitos.

Confira alguns:

Contato com o professor

Ter um professor para te ajudar com dicas ou tirando suas dúvidas faz muita diferença quando você está se preparando para um concurso público.

Use e abuse dessa artimanha. Professores de cursos preparatório com certeza já fizeram muitos concursos, então eles têm muita experiência a ser compartilhada. Não jogue dicas e conselhos fora, eles podem ser muito uteis.

Fazer amigos

Não entre na sala de aula pensando que todos ali são concorrentes. Boas amizades podem surgir e ser benéfica para ambos os lados.

Por exemplo: você é muito bom em matemática, mas não entende muito bem de legislação, por exemplo. Você pode encontrar gente que tenha déficit em matemática e saiba mais que vocês sobre legislação e fazer um grupo de estudos!

Além disso, vocês podem trocar outras informações como materiais adicionais, aplicativos que ajudam na organização, sites com exercícios e muito mais.

O ditado que fala que “duas cabeças pensam melhor que uma” é válido e pode te ajudar muito na hora de se preparar.

Ideal para quem está entrando nesse mundo de concurso agora

Quem acabou de entrar para o mundo dos concurseiros pode ficar meio perdido no começo.

Primeiro porque quando começamos a ver o edital para saber o conteúdo que vai ser cobrado, muitas matérias ali são completamente desconhecidas para o público em geral.

Direito constitucional por exemplo: se você não se formou em direito ou alguma área ligada, muito provavelmente nunca viu nada disso na sua vida.

E aí entra o curso preparatório: ele trabalha com pessoas como você, que nunca souberam nada disso. Por esse motivo, o conteúdo é extremamente simplificado e até “mastigado” para que todos entendam e tenham um melhor aproveitamento do curso.

Por isso, se é sua primeira prova, investir em um curso preparatório pode ser a diferença entre passar e não passar.

Hábito de estudo

Quem saiu a tempos do ensino médio ou faculdade perdeu o hábito de estudar. Não faz mais parte da rotina da pessoa ficar horas debruçada em cima dos livros.

Passar em um concurso público requer dedicação e autodisciplina. Você precisa ter uma rotina de estudos de algumas horas todos os dias – o que pode ser difícil de criar.

Uma das vantagens de um curso preparatório é que você cria esse habito ao comparecer nas aulas. As horas que você passa lá dentro são de extrema importância.

Mas não se engane: separe um tempo para revisar o conteúdo passado em sala de aula em casa. O estudo tem que ultrapassar o local do curso para que tenha resultados muito melhores. Pense que cada minuto há mais estudado é um passo à frente de outros candidatos.

Grade flexível

Normalmente os cursos preparatórios oferecem duas modalidades de grade:

Genérica: o que não significa ruim ou fraca. Apenas é um tipo de grade mais ampla, que contém conteúdos definidos no edital; ou mais geral com conteúdos que possam ser cobrados em vários outros concursos.

Modular: são matérias especificamente contratadas. Um bom exemplo é a matéria de Direito Constitucional que falamos aqui em cima.

Você pode optar por uma grade modular e colocar mais aulas referentes a essa matéria. É ideal, no curso modular, que você saiba muito bem quais matérias o concurso que você pretende prestar vai exigir, e não sair contratando matérias que você suspeita que podem sem importantes.

Conteúdo

O conteúdo pode ser abordado de duas maneiras – ou ambas.

Teórico ou conceitual: segue um cronograma lógico da matéria ou material do curso. São mais aprofundadas e partem para a teoria das coisas.

Resolução de exercícios: os conteúdos vão sendo desenvolvidos e esclarecidos para solucionar os exercícios escolhidos (normalmente de concursos anteriores).

Não precisam ter uma sequência lógica de conteúdos abordados, já que o que determina o que vai ser passado na sala de aula são os exercícios.

Material

Quando se inicia os estudos é difícil saber que livros e materiais que podem ser usados para estudar.

Além da bibliografia básica, um material de apoio é necessário para tirar eventuais dúvidas e complementar o conhecimento.

Outro benefício dos cursos preparatórios é que normalmente, eles te fornecem um material para ser usado na aula, que já contem teorias, exercícios, material de apoio e indicações de novos materiais.

O curso preparatório é muito importante – principalmente para os novatos nesse mundo de concursos – porque ele dá um norte para o candidato seguir.

Além disso, ajuda o candidato a sentir-se motivado e cobra resultados e horários rígidos. Se você tem dificuldade de se organizar para estudar sozinho em casa e principalmente para levar esses estudos adiante da maneira que precisa ser, um curso preparatório é ideal para você.

Lembre-se: quando se trata de concursos públicos, preparação é tudo.

 

 

 

 

 

 

Por que é importante fazer um curso para conseguir a aprovação em um concurso público
Avalie esta postagem

Sobre Carlos Gusmão

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval. Sou um dos responsáveis pelo site Concursado.org que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.