Paguei a taxa de inscrição, mas meu nome não está na lista de inscritos: o que fazer?

Tempo de leitura: 5 minutos

Quem é concurseiro sabe o quão desesperador é quando o nome não está na lista de inscritos do concurso dos sonhos.

Aliás quem é concurseiro sabe que listas são uma das coisas mais procuradas na época em que vagas estão abertas. A gente dá um “Google” nas listas de concursos abertos, listas das vagas e suas funções, lista das obrigações e tempos de estudos, lista dos aprovados e lista de comprovação de inscrição.

Essa última lista citada é o início de tudo, e por isso bate um medo quando o nome não está na lista de inscritos mesmo após o pagamento da taxa do concurso.

O artigo de hoje foi pensado nesse pequeno ataque cardíaco que acontece quando procuramos o nosso nome e não o achamos. Então, o que fazer?

O que fazer quando o nome não está na lista de inscritos mesmo após o pagamento da taxa de participação?

1 – Tenha calma

Antes de tudo: respire e mantenha calma!

Apesar de toda a tecnologia, ainda é um ser humano o responsável por montar editais e os programas que recolhem os dados de todos os inscritos em determinado concursos. Nós esquecemos, mas tudo pode falhar, até mesmo os aplicativos digitais.

Exemplo: se a página responsável por um concurso deixou explicito que a lista de inscritos estaria disponível a partir das 18 horas e deu 18h01m e o seu nome não está na lista de inscritos ainda, respire, vá tomar uma água, aguarde alguns segundos, dê “F5” e procure novamente seu nome.

Muitas vezes é só um pequeno atraso dos responsáveis pelo concurso.

2 – Entre em contato com os responsáveis pelo concurso

Se o seu nome não está na lista de inscritos mesmo depois da calma, dos minutos de espera e do “F5” na página é preciso que você entre em contato com os responsáveis pelo concurso e edital.

O quanto antes verificar isso melhor, é mais fácil resolver um problema dias antes do que na hora da prova, não é?

Por isso é extremamente importante manter documentos e comprovantes de pagamentos salvos até o fim do processo. Tenha tudo isso em mãos e envie para o endereço de e-mail que quase sempre está disponível do edital para possíveis dúvidas.

Enviar o e-mail é uma opção mais cômoda, mas caso queira resolver na hora não se sinta intimidado de ir até o local pessoalmente e pedir explicações a respeito e exigir, é claro, que o seu nome apareça na lista. Afinal, você pagou e estudou para fazer parte disso.

3 – Mandado de segurança

Mandado de segurança para concursos públicos é um processo judicial que permite que o concurseiro corra atrás do seu direito líquido e certo.

Por direito líquido e certo pode se entender lutar pelo seu direito de realizar o concurso, já que pagou por ele. Por isso é importante ter provas de pagamentos e até mesmo comprovar que a inscrição foi realizada corretamente.

Vale ressaltar que esse processo não é tão simples, então se o tempo até o concurso for curto ele não é muito indicado para as pessoas que estão de olho na vaga, o que acontecerá é que o seu dinheiro pode ser ressarcido, mas a luta pela vaga não estará mais em suas mãos.

É bom que os concurseiros saibam que o mandado de segurança não é válido apenas quando o nome não está na lista de inscritos, seus direitos devem ser escutados em outras situações como quando existe mais de uma resposta correta em uma mesma pergunta.

Quando isso é comprovado o concurso pode até ser cancelado.

Como manter a calma quando o meu nome não está na lista de inscritos?

Agora que você conhece algumas formas de recorrer ao seu direito de realização do concurso público, saiba que também é preciso relaxar e isso deve ser lembrado não só pelo concurseiro que o nome não está na lista de inscritos, mas para todos.

Até porque ansiedade demais faz com que todo o seu esforço de meses de estudo seja prejudicado. Por isso, segue uma lista de como garantir a sua qualidade de estudos sempre, até quando alguma situação te tira do sério durante o processo de estudos.

1 – Realize atividades físicas

Além de causar efeitos positivos ao cérebro, as atividades físicas ajudam a reduzir o estresse e produzem hormônio que criam a sensação de pleno bem-estar.

Essas junções são ótimas para os concurseiros de plantão. Caso não goste de exercícios pesados, invista nas caminhadas.

2 – Tenha pensamentos positivos

Lembre-se que o cérebro é o órgão que mais cumpre ordens em nosso corpo, por isso faça com que ela aprenda a fugir das negatividades.

É claro que nem todas as matérias são gostosas ou fáceis de estudar e que existem momentos durante a maratona de estudo que parece que tudo conspira contra: o nome não está na lista de inscritos, o chefe pede para ficar até mais tarde no escritório e os filhos ficam doentes.

Mas o importante é não se lamentar e ficar repetindo internamente que jamais aprenderá tal matéria e que não conseguirá mais estudar, porque o seu cérebro pode acreditar nisso.

Aqui é válido mentir para si mesmo até virar verdade, ouvir um “nossa, que matéria boa e interessante”, mesmo que não seja bem assim, pode ser o melhor para você.

3 – O lazer também conta

Ter um dia para total lazer uma vez na semana ou a cada 15 dias (tudo depende do seu ritmo) é muito importante para que o corpo descanse e depois volte a maratona intensa de estudos até o dia do resultado positivo da prova.

Lembre-se que nesse dia o lazer é mais do que passar o dia inteiro deitado, o lazer precisa ser real para que a cabeça se desligue um pouco das informações de estudos e pense em algo diferente.

Durante esse tempo não se sinta nenhum pouco culpado por estar longe dos livros, porque isso é necessário.

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.