O que faz um inspetor de alunos?

Tempo de leitura: 5 minutos

A iniciativa pública tem sido cada vez mais perseguida por aqueles que querem garantir sua qualidade de vida, direitos trabalhistas, e ainda conquistar um bom salário. Sem falar na tão necessária nos dias de hoje estabilidade empregatícia que torna os concursos tão famosos.

Cada vez mais, concurseiros vêm pesquisando cargos que mais se enquadram em seu perfil, e vêm entrando cada vez mais em alta cargos que antes não eram tão conhecidos ou tão procurados.

Este é o caso do Inspetor de Alunos, um concurso que vem atraindo cada vez mais interessados a realizar o certame para adentrar ao cargo.

Mas, afinal, o que faz um inspetor de alunos?

Mais conhecido antigamente -prejoritariamente- como bedel, o inspetor de alunos é o profissional responsável por monitorar os alunos em respeito ao seu comportamento, ao seguimento de regras e à sua saúde.

Pesadelo dos jovens alunos que não gostam de seguir as regras, o inspetor é aquele que deve lidar com os pequenos desobedientes, orientando-os e, se necessário, levando-os à diretoria, observar os alunos que parecem mal e encaminhá-los à enfermaria ou prestar primeiros socorros, e garantir sua segurança em geral.

Também faz parte de suas atrubuições auxiliar nos serviços de portaria, o que muitas vezes se dá na localização de alunos que não vêm em direção à saída enquanto seus pais os esperam.

Além disso, o Inspetor pode, muitas vezes, participar de atribuições requeridas pela escola, por exemplo, garantindo a organização e segurança dos alunos durante excursões, garantindo o recebimento de circulares, auxiliando na organização de reuniões de pais e mestres, administrando eventos da escola em conjunto com a diretoria, etc.

É importante frisar que o cargo pode não ser tão simples quanto parece, pois lidar com crianças e adolescentes pode nem sempre ser tão simples, e o inspetor pode não ser recebido com bons olhos pelos pequenos, considerando que é ele quem vai dizer o “não” que eles nem sempre gostam de ouvir.

No entanto, é um serviço gratificante no sentido de que não é tão massante: o inspetor está sempre em movimento, e seu serviço é muito mais comunicativo do que serviços comuns. Muitas situações são resolvidas com uma simples conversa com os alunos.

Sem falar que excursões e eventos na escola são uma boa variação na rotina, e os alunos acabam por apreciar sua função uma vez que entendem a necessidade da monitoria. Conquistar o carinho daqueles de quem você cuida é, provavelmente, o momento mais gratificante na carreira de qualquer inspetor de alunos.

Enquanto a responsabilidade da profissão é muito alta e o cargo pode se mostrar estressante para aqueles que não têm “pulso firme”, ser Inspetor de Alunos pode ser muito gratificante por diversos motivos, especialmente se sua área de interesse e estudo for educação.

Tenho interesse em me tornar um Inspetor de Alunos, quais os requerimentos?

O concurso público para se tornar um Inspetor de Alunos é caracterizado por um certame de nível médio.

Tendo isso em mente, geralmente, o que será pedido a você como requerimento é uma pequena lista:

  1. Que você tenha mais de 18 anos;
  2. Que tenha ensino fundamental e médio completo, e
  3. Que você atinja a pontuação exigida para chegar à nota de corte do exame.

Parece simples, não é mesmo? E é justamente por conta da baixa lista de requerimentos, função simples e divertida e bom salário que a profissão tem se tornado cada vez mais requerida por concurseiros ao redor do país, mas mais especificamente na região de São Paulo.

A importância de ler com cuidado o edital para o concurso de Inspetor de Alunos

Mais estudos e certa experiência na área Educacional podem ser grandes diferenciais que podem garantir seu emprego, mas podem também ser um requerimento “escondido”, que aparecerá apenas no edital.

E, em um cargo cujo seu trabalho principal será reforçar o cumprimento devido de regras, desconhecer as da avaliação para adentrar ao cargo é a pior gafe que se pode cometer, podendo, inclusive, te eliminar por não ter os requerimentos necessários para adentrar ao concurso.

O edital é um documento que é disponibilizado brevemente depois dos concursos serem anunciados, e nele é possível ver detalhes melhores do certame, além da documentação necessária para fazer a inscrição, quais documentos devem estar com você na prova, qual o grau de escolaridade necessário, e qual será o conteúdo da prova.

Portanto, é necessário sempre ler o edital de uma prova, pois as regras podem mudar, e muitas vezes os sites se baseiam em editais de anos anteriores. Às vezes uma única alteração em uma cláusula pode custar sua vaga… ou  garantí-la em relação a outros que a deixaram passar desapercebida.

O que esperar do concurso de Inspetor de Alunos? O que cai na prova?

Se você se interessou na profissão e pretende exercer o curso, sua rotina de estudos deve levar em conta o edital, mas, com certeza, deve conter estudos sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente, as funções gerais do inspetor, instruções básicas de primeiros socorros e conhecimentos sobre outras leis, documentações e trâmites legais relacionados à educação e ao gerenciamento de escolas.

Além disso, é possível esperar algumas perguntas de caráter de senso comum do profissional, como, por exemplo, escolher a alternativa mais sensata sobre o que fazer caso um aluno solicite informações a respeito da norma do estabelecimento.

Além disso, é possível também que caiam questões sobre atualidades, como leis recentemente firmadas que dizem respeito à área. É interessante também estudar situações no que diz respeito a alunos com qualquer tipo de deficiencia ou portabilidade de necessidades especiais.

Estes são os conteúdos básicos que se pode estudar para se preparar para a prova, mas o edital entrará em maiores detalhes sobre suas exigências. É importante estudar por completo os conteúdos exigidos. Afinal de contas, como o concurso é concorrido, toda questão é importante para garantir que você se destaque.

Monte agora seu cronograma de estudos e conquiste a vaga de seus sonhos! Boa sorte e boa prova!

 

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.