O que faz um engenheiro civil sênior

Tempo de leitura: 6 minutos

Você sabe o que faz um engenheiro civil sênior. O engenheiro civil sênior é uma vaga muito disputada de emprego, tanto dentro quanto fora da carreira pública, e hoje vamos falar mais sobre o que faz um engenheiro civil sênior, como é a prova para ingressar nessa carreira, e mais detalhes interessantes sobre esse emprego tão disputado.

Você sabe o que faz um engenheiro civil sênior?

São diversas as competências inerentes ao cargo de engenheiro civil sênior. O nome desse cargo já garante um número imenso de responsabilidades, afinal, cargos de nível sênior estão acima de muitos outros na hierarquia de qualquer empresa, implicando respeito ao cargo.

Dentre as diversas competências baseadas no trabalho de um engenheiro civil, veremos aqui especificamente o que faz um engenheiro civil sênior trabalhando em cargo público no estado de São Paulo.

Primeiramente, está encarregado ao engenheiro civil sênior a elaboração e envio de projetos e estudos dos equipamentos e construções públicas de seu município, preparando assim as especificações necessárias para a execução das obras, como quantias e tipos de materiais necessários, quais equipamentos serão necessários e qual será a mão de obra necessária.

Além do planejamento e montagem de plantas, a supervisão e fiscalização de tais obras também está nas competências de um engenheiro civil sênior. Obras como terraplanagem, projetos de obras viárias e projetos de locação deverão ser meticulosamente vistoriados para seguirem à risca as especificações dadas pelo engenheiro civil sênior.

Dentro da fiscalização de obras, também é competência de um engenheiro civil sênior garantir e assegurar os padrões de segurança e qualidade necessários para a execução de sua obra, observando que todas as especificações técnicas exigidas estarão sendo totalmente cumpridas.

A avaliação das condições ideais para a execução da obra e de seus procedimentos, com a meticulosa análise do terreno disponível em que a obra será executada, para determinar o local óptimo para a execução das obras, analisando também as características do terreno para saber quais medidas deverão ser tomadas na execução de tal obra.

Calcular as possíveis deformações previstas na construção e projeto da obra, que afetem diretamente a mesma. Para tal, há a consulta de tabelas e comparação com dados, para assim apurar a necessidade de técnicas e materiais extras à serem utilizados durante a construção da obra.

O estudo e análise de projetos também é referente ao trabalho de um engenheiro civil sênior, e o mesmo deverá determinar ou propor possíveis modificações em projetos ou mesmo edificações existentes de natureza público em seu município, garantindo em sua execução maior qualidade e segurança as edificações e projetos de sua cidade.

A aprovação, mediante parâmetros da legislação municipal, estadual e nacional, projetos que estão diretamente relacionados à área da engenharia civil, vistoriando e supervisionando a sua execução, paga garantir que os parâmetros da lei sejam seguidos meticulosamente.

A elaboração de pareceres de caráter técnico e relatórios, com entrevistas, observações e pesquisas sugerindo medidas a serem implantas, aperfeiçoadas ou desenvolvidas para a ampliação dos trabalhos que atualmente já são desenvolvidos.

Um engenheiro civil sênior também irá participar de certas atividades de cunho administrativo, gerenciando e apoiando a atuação de trabalhadores referentes a sua área de atuação, quando presente em obras de campo.

O treinamento, participação e preparação de atividades de aperfeiçoamento de funcionários e colaboradores, tanto quando em serviço de campo, quanto ministrando palestras e aulas para auxiliar na contribuição do desenvolvimento profissional de demais engenheiros e trabalhadores na área.

Tais atividades deverão ser relacionadas ao desenvolvimento profissional dos demais profissionais relacionados diretamente e indiretamente a área na qual o engenheiro civil sênior dará treinamentos, aulas e palestras.

Tais obrigações não são limitantes, ou seja, isso não é tudo o que faz um engenheiro civil sênior. Qualquer atividade correlacionada ou não a área, mediante a determinação de um superior imediato, deverá ser feita pelo engenheiro civil sênior.

Prova de engenheiro civil sênior

Alguém que quer ingressar na carreira de engenheiro civil, deve saber muito bem o que faz um engenheiro civil sênior. Para verificar tal conhecimento, é apresentado aos candidatos à vaga, uma prova partida em quatro categorias diferentes. Aqui vamos falar mais detalhadamente sobre as quatro categorias presentes na prova objetiva de engenheiro civil sênior.

A prova de engenheiro civil sênior possui no total cinquenta questões. Dentro dessas cinquenta questões, 5 serão questões de conhecimentos gerais. Tais questões costumam ser bem simples.

Se você sabe o que faz um engenheiro civil sênior, sabe a inerente necessidade da utilização correta da língua portuguesa.

Dentre as competências de o que faz um engenheiro civil sênior em sua rotina de trabalho, é necessário claro uso da língua para cumprir diversas de suas tarefas diárias, e por isso, há uma prova específica com 10 questões de português para conseguir ingressar na carreira de engenheiro civil sênior.

Além disso, haverá também 10 questões de matemática na prova de engenheiro civil sênior, separada da prova de 25 questões de conhecimentos específicos.

Nessa prova de conhecimentos específicos, será testado todas as competências diretas necessárias ao trabalho, então o ideal é que o concursando saiba exatamente o que faz um engenheiro civil sênior.

Carga horária e referência salarial

Diversos cargos relacionados a engenheiros tem a fama de possuírem piso salarial muito acima de outros cargos comuns, até quando comparado a cargos públicos que já naturalmente possuem um piso salarial e benefícios acima da média nos mais diversos estados do país, principalmente em São Paulo por ser mais desenvolvido.

A referência salarial mínima para um engenheiro civil sênior no estado de São Paulo é no valor de aproximadamente 5.400 reais, em uma carga horária de 40 horas de trabalho semanais. Lembrando que esse é somente o piso, não visando possíveis aumentos e comissões.

O cargo de engenheiro civil sênior necessita de no mínimo uma formação no ensino superior concluída para possibilitar o candidato de cursar a prova. Essa formação irá garantir que o aluno possua o registo no CREA, ou Conselho Regional de Engenharia (Agronomia e Arquitetura), garantindo assim uma excelente formação base para ingressar nesse emprego.

Sobre Blog Concursado

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo Blog Concursado que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.