O que faz um assistente de gestões públicas?

Tempo de leitura: 6 minutos

É muito importante conhecer o trabalho de um assistente de gestões públicas, afinal é por meio de seu trabalho que a sociedade possui uma maior visão sobre as ações que o Estado está tomando para melhorar e seguir os direitos exercidos por lei.

Desde assunto ligados a saúde, educação, meio ambiente, transporte e entre outros âmbitos, é por meio do assistente de gestões públicas que são criadas, analisadas e efetuadas as ações para resolver problemas sociais.

Para um melhor entendimento sobre o trabalho do assistente de gestões públicas, é importante conhecer alguns temas básicos sobre o assunto como, por exemplo o que é políticas públicas, como elas são feitas, quais os tipos que existem e, principalmente, o que consiste a prova de concurso público para a vaga de assistente de gestões públicas.

O que são Políticas Públicas

Para entender o que faz um assistente de gestões públicas é importante entender o que são, os principais exemplos e como são formuladas as Políticas Públicas.

As Políticas Públicas são os programas, atividade e ações de responsabilidade do Estado, seja diretamente ou indiretamente, em parceira com instituições ou órgãos públicos ou privado. O objetivo das Políticas Públicas é garantir os direitos do cidadão na forma já disseminada ou para determinados seguimentos sociais, culturais, econômicos ou étnicos.

É também de responsabilidade das Políticas Públicas assegurar constitucionalmente os direitos ou aqueles que se certifica por meio do reconhecimento por parte da própria sociedade ou pelos poderes públicos à medida dos novos direitos das comunidades, pessoas, coisas ou de bens tanto materiais quanto imateriais.

Como exemplos de Políticas Públicas há a educação e a saúde.  Ambos são de direitos universais de todos os brasileiros, e para assegurar e promover esse direito, foram instituídas as políticas públicas pela Constituição Federal.

Outros exemplos é o meio ambiente e a água. Assim como a educação e a saúde, o meio ambiente também é reconhecido como um direito de todos, dessa forma há a Política Nacional do Meio Ambiente, para garantir esse direito. Já a água está projetada na Carta da República como um bem de uso comum. Para que haja a proteção desse direito e sua regulamentação, foi instituída a Política Nacional de Recursos Hídrico para a garantia deste bem.

Formulação das Políticas Públicas

Outro fator importante para entender o que faz um assistente de gestões públicas é de que forma são formuladas e por quem são feitas as Políticas Públicas.

As Políticas públicas podem ser formuladas pelos poderes legislativos ou executivo, sejam de maneira em conjunta ou separadas, com base nas demandas e propostas em diferentes seguimentos feitas pela própria sociedade.

O papel da sociedade para a formulação, o acompanhamento e a avaliação das ações das políticas públicas é assegurada pela própria lei que as regulam. Como, por exemplo, nas áreas da educação e da saúde, a sociedade atua por meio dos Conselhos em nível nacional, estadual e municipal, por meio de audiências públicas, conferencias e encontros que são utilizados como diferentes formas de envolver diferentes segmentos em um bem maior pensando na sociedade como um todo.

Segundo a Lei Complementa nº 131, todos os poderes públicos possuem a obrigação de assegurar a participação da sociedade para formular, acompanhar e avaliar as ações promovidas pelas Políticas Públicas, tornando não mais uma preferência, mas sim uma obrigação do Estado e o direito que todos possuem.

Normalmente as Políticas Públicas são constituídas por quatro instrumentos: os planos, que dão as coordenadas, prioridades e os objetivos que pretendem alcançar durante um longo período; os programas, que estabelecem os objetivos gerais e específicos tendo como foco um tema, conjunto institucional, público ou área de localização; as ações, que tem como foco alcançar os objetivos traçados, e a atividade é a concretização da ação.

Esses são alguns fatores para que se entenda o papel da sociedade e do assistente de gestões públicas.

Tipos de Políticas Públicas

Assim como entender o que faz o assistente de gestões públicas é preciso conhecer quais são os tipos de Políticas Públicas que existem.

Entre elas há as Políticas Distributivas. Bastante utilizado pelo poder legislativo, as Políticas Distributivas têm como objetivo o oferecimento de serviços do estado e equipamentos. Essa política utiliza o financiamento feito pela sociedade – orçamento público – para ajudar grupos menores ou pessoas de camadas diferentes da sociedade.

As Políticas Regulatórias têm como objetivo avaliar os setores com a finalidade de criar novas normas ou atribuir serviços e equipamentos. É ela a responsável pela normatização tanto das políticas distributivas quanto das redistributivas. Com isso, as Políticas Redistributivas têm como objetivo a redistribuição da renda por meio do financiamento em serviços, equipamentos e recursos.

 

Assistente de gestões públicas

Para conhecer o trabalho do assistente de gestões públicas é preciso também entender o que é gestão de políticas públicas.

O assistente de gestões públicas tem como atividade o diagnóstico, planejamento, execução e avaliação de ações e políticas que são realizadas pelo governo federal, estadual e municipal e, dessa forma, ser um meio de prestação de serviço para com a sociedade.

É por meio das políticas públicas que são estabelecidas as soluções que procuram resolver os problemas sociais em diferentes esferas e, assim ser monitorada pelo assistente de gestões públicas.

O assistente de gestões públicas é também o responsável por se envolver na construção das diretrizes que direcionam os programas de áreas como, saúde, educação, segurança, transporte, meio ambiente e entre outros âmbitos, para sua melhoria. É também o assistente de gestões públicas que propõe e analisa programas de financiamento que utilizam recursos públicos e avalia os resultados que as propostas alcançaram.

A prova

Para assumir o cargo de assistente de gestões públicas é preciso prestar para o concurso público. O exame consiste em uma prova objetiva, uma dissertativa – ambas de caráter eliminatório e classificatório – e um prova de títulos – de caráter classificatório.

A prova objetiva apresenta 140 questões, sendo 70 de conhecimentos gerais e 70 de conhecimentos específicos.  Já a prova dissertativa, vai avaliar o desempenho do candidato para o cargo que se inscreveu, e considerar a capacidade de leitura, interpretação e de escrita. E a prova de títulos procura valorizar a formação do candidato em sentido acadêmico.

Esses foram alguns fatores para entender melhor o que faz um assistente de gestões públicas, quais as suas responsabilidades para com a comunidade, como é feita a prova do concurso público para esse cargo e qual a sua importância.

Sobre Blog Concursado

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo Blog Concursado que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.