O que comer durante a prova?

Tempo de leitura: 6 minutos

Com o início do ano, as provas de diversos concursos também vêm chegando muitos prestadores de concurso começam sua jornada em busca da aprovação em um concurso público e uma vida melhor.

Com isso, além do treino dos conhecimentos, muito estudo e revisão das matérias, as pessoas que vão prestar o concurso público procuram dicas com professores de cursinho e com pessoas que já foram aprovadas em concursos públicos por todo o pais por dicas que possam melhorar o seu desempenho na prova.

Além de estratégias como fazer as questões mais fáceis antes, tentar se manter calmo apesar da pressão e ser o mais direto possível nas questões dissertativas. Uma das dicas que são dadas para quem for prestar para a prova de concurso público é com relação à aquilo que eles comem durante a prova.

Existe restrição do que eu posso levar?

Depende da prova. Cada concurso possui seu edital, e se não houver as informações sobre o que se pode ou não comer, não custa ligar ao local e perguntar antes do dia da prova.

Certas provas, como a própria prova física para cargos militares e policiais não costumam permitir a alimentação no local, e não é nem recomendado que se leve comida mesmo, afinal com muito esforço físico você pode passar mal.

Mas, no geral, é aconselhável que não se leve embalagens que façam muito barulho, pois essas podem desconcentrar os outros participantes, assim como comidas com cheiro muito forte podem ter o mesmo efeito.

O que não levar para a prova?

Alguns nutricionistas recomendam que os participantes das provas não levem Barrinha de cereal e chocolate ou doces no dia da prova, uma vez que esses alimentos possuem muito açúcar e o excesso desse pode causar perda do foco e algum desconforto gastrointestinal, além de que o excesso de carboidrato pode até mesmo dar sono.

Também é preciso que sejam evitados os alimentos que o participante sabe que não caem bem em seu organismo ou não está muito acostumado, então tente se manter em lanches comuns e rotineiros para você.

Além disso, não é recomendada a ingestão de comidas pesadas e industrializados pois isso resulta no fato de a circulação ser preferencial na região da digestão o que diminui o fluxo cerebral causando mais cansaço mental, físico e também causando sono.

Para quem não está acostumado com o café ele pode juntar-se ao nervosismo e causar um desarranjo intestinal durante a prova. Uma saudável alternativa para o café, nesse caso, é o chá verde. Ingerir alimentos com excesso de sal também devem ser evitados, pois eles dão sede, e isso causa um grande desconforto durante a execução da prova.

O que se deve comer antes da prova?

Nutricionistas recomendam que, para as provas que serão feitas a partir do horário do almoço, o participante tome café da manhã e almoce, porém, deve ingerir metade da porção que está habituado e somente alimentos que estão bem acostumados ao consumo.

No café da manhã, o participante pode comer alimentos como ovo, pão integral, tapioca ou alguma fruta. Já no almoço, o ideal é a ingestão de vegetais, cereais integrais e proteína branca como frango peixe ou ovo.

Jamais vá fazer uma prova de estômago vazio, pois isso pode resultar em hipoglicemia (baixa taxa de glicose no sangue) causando sonolência, dificuldade de concentração, tontura, queda de pressão e fraqueza. Consumir carboidratos de fonte integral nessas duas refeições também não é uma boa ideia, uma vez que exigem muito sangue para digestão e causam sono.

O que levar para comer durante a prova?

A recomendação dos nutricionistas é levar alimentos leves, como água, frutas e uma barra de chocolate 70% cacau (por ter mais cacau, que é um ótimo estimulante).

Um sanduíche natural também é uma ótima opção e um exemplo de preparo é com pão integral, cenoura, tomate, alface temperado com sal, limão, azeite e ervas e você também pode colocar frango desfiado mas tem que ser preparado no mesmo dia da prova.

A ingestão de líquidos também é muito importante durante as provas de concurso público, para isso beba muita água ou sucos naturais para evitar que sua pressão caia ou que você desidrate no meio da prova

Alimentos que ajudam a manter a concentração

Para ajudar a manter a concentração nesse período de cansaço e estresse, é recomendada a ingestão de produtos que sejam fonte de magnésio, zinco, selênio e vitamina B. Um exemplo disso é a famosa dupla de banana com cereais. O ômega 3 também é ótimo para estimular a sua memória.

Para pessoas ansiosas que se distraem fácil por conta do nervosismo, um truque que pode ser usado é comer coisas pequenas, pois isso faz com que a parte do seu cérebro que se desconcentra foque na repetição da ingestão de um mesmo alimento por muito tempo e depois de instantes esqueça essa ação e se concentre somente na prova.

Alguns exemplos de alimentos que são fontes dos nutrientes citados acima:

Magnésio:

  • Espinafre;
  • Sementes de abóbora;
  • Grãos de soja;
  • Arroz integral;
  • Chocolate amargo;
  • Banana;
  • Figo seco;
  • Amêndoas;
  • Castanha de caju.

Zinco:

  • Iogurte;
  • Castanha de caju;
  • Grão de bico;
  • Sementes de linhaça;
  • Amêndoas.

Selênio:

  • Castanha do Pará;
  • Frango;
  • Sementes de girassol;
  • Queijo;
  • Pão integral;
  • Centeio;

Ômega 3:

  • Sementes de chia;
  • Sementes de linhaça;
  • Nozes;
  • Folhas verde escuras (como a couve e o espinafre por exemplo);
  • Melão;
  • Romã;
  • Azeite;
  • Couve flor.

O que comer depois da prova?

É recomendado que, para provas de mais de um dia de duração, como é o caso de muitos concursos públicos, os participantes comam coisas saudáveis e que sejam fonte de energia para o cérebro, para que possam fazer o segundo dia da prova com a mesma tranquilidade que fizeram o primeiro.

Dessa maneira, é possível perceber que a alimentação exerce papel de influência fundamental no desempenho das pessoas durante as provas, mas não somente durante elas.

É de extrema importância que as pessoas fiquem de olho no que comem, pois cada alimento tem um efeito no corpo de cada pessoa.

Para as provas, o melhor é que se faça uma refeição leve e durante sejam ingeridos alimentos naturais e suaves. A ingestão de água é crucial para que o candidato se mantenha hidratado. Seguindo essas dicas, a sua experiência com as provas será muito mais tranquila.

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.