O que cai na prova de conhecimentos específicos de técnicos de informática

Tempo de leitura: 6 minutos

Você se preparando arduamente meses e meses, para o concurso que pode definir de uma vez a sua vida, atualizando suas noções básicas e avançadas de português, matemática e até legislações – afinal de contas, concursos públicos podem ser uma caixinha de surpresa – e você escolhe uma vaga e quer saber antes do edital sair quais os assuntos presentes na parte específica.

Afinal, o que cai na prova de conhecimentos específicos de técnicos de informática? Com uma pesquisa superficial, é possível descobrir uma coisa bem preocupante: Informática está entre as matérias mais comuns em concursos públicos e isso faz dela uma das que mais elaboradas.

É praxe que a avaliação de Informática seja subestimada pela maioria dos candidatos, o que faz dela uma das matérias mais cobradas e que, como ponto de corte, é uma das mais traiçoeiras. O problema é que acreditar que já sabe o suficiente sobre o assunto, permite deslizes tolos e recorrentes, provocados pelas diversas cascas banana dispostas pelo caminho.

“Como podem achar que já sabem demais?” simples: hoje nós vivemos conectados. Esse contato assíduo com computadores, netbooks e notebooks, smartphones e tablets e a característica fluída que a tecnologia nos garante para “fazermos tudo nós mesmos”, nos confere a impressão de que por mexermos, já sabemos de tudo.

Quando a questão aparece na prova, mesmo que você faça certa ideia do que aquilo quer dizer, você não terá acesso a um computador de mesa, notebook, nem mesmo um smartphone para exemplificar com um “Ah! Acho que isso é aqui, olha!”.

Informática em concurso é tão importante para a aprovação quanto Português, por exemplo, seu para a aprovação, chega sem dificuldade, a contar mais que os testes de lógica que facilmente são encontrados nessas provas.

Isso, se nós estivermos falando apenas de conteúdo básico sobre a disciplina. O que cai na prova de conhecimentos específicos de técnicos de informática tende a abordar assuntos mais profundos, que requeiram, em sua grande maioria, um contato com a linguagem abordada ou meses e meses de preparação para não ser pego desprevenido.

Geralmente, o pré-requisito para seguir como técnico de informática concursado é ter Ensino Médio completo. Os salários variam de município para município, estado para estado, mas estão na média de R$ 2,500 a R$ 3,000 no início de carreira (o máximo oferecido em alguns estados chega a ultrapassar R$ 5,000 reais – e sem contar os benefícios –).

Para conseguir ascender ao cargo e ter acesso a esses valores, lógico que a dificuldade esperada para o que cai na prova de conhecimentos específicos de técnicos de informática deve ser bem maior que apenas saber a diferença entre um arquivo .rar e um .doc, não é mesmo?

Para estabelecer uma diferença, vamos ver o que são assuntos comuns e básicos para as provas de concursos, para que se tenha noção da relação entre os assuntos que precisam ser entendidos e qual o grau de foco que você deve dar para a prova.

Quando você se depara com a questão:

Qual o resultado para a fórmula da planilha do Microsoft Excel, localizada na célula B3 e com os valores na função = SE(G6=2;3,63*5;SE(G6=3;3,63*7,5;SE(G6=4;3,63*10;0)))), levando em consideração que o valor 3 está inserido na célula G6:

(A) 36,3

(B) 16,6

(C) 2,75

(D) 72,6

(E) 13,5

O que você pensa? Que está é uma pergunta de uma avaliação sobre informática básica ou de conhecimento específico sobre informática? Deve estar pensando “não diga que é a primeira opção”. Mas é!

Saber sobre os conteúdos programáticos dos aplicativos de escritório é um dos alicerces da informática básica. Editores de textos, como o Microsoft Word e planilhas, como o Microsoft Excel, além dos aplicativos de criação de apresentações, como o Microsoft PowerPoint, são abordados nessas avaliações mais gerais.

Saber os sistemas operacionais, como o Windows e o Linux, navegadores de Internet (Chrome, Firefox, etc), saber como criar, configurar e utilizar um correio eletrônico (e-mail) e quais são os provedores mais usuais (gmail, hotmail, Yahoo, etc) e conceitos básicos sobre vírus (worm, cavalo de tróia, spyware) e proteção (firewall e antivírus) são assuntos englobados pelo conhecimento básico em informática.

Mas, antes de tudo, tenha em mente que quando se presta um concurso para este cargo, até mesmo estas noções consideradas como básicas farão parte do conteúdo que irá ser inserido na avaliação.

Então, o que cai na prova de conhecimentos específicos de técnicos de informática?

Logicamente, os todos os conceitos fundamentais da computação vão fazer parte da gama de assuntos na avaliação, englobando até mesmo os preceitos mais básicos (como o domínio das ferramentas do Offiice), banco de dados e a linguagem query, própria para consulta.

Ainda nesse tópico de conhecimento padrão sobre o que cai na prova de conhecimentos específicos de técnicos de informática, entender os componentes de hardware e as funções de software e todos os sistemas de entrada, de saída e todas as opções de armazenamento, também são englobados.

Entender o primordial sobre os Sistemas Operacionais: como o Windows, Linux e até mesmo do Ambiente em MS-DOS, registros e conhecimento sobre linguagens de programação (e a diferença entre programação estruturada e orientada a objetos), entender o mínimo sobre algoritmos.

Ter conhecimento sobre rede de computadores e todos os tipos que englobam, além de seus protocolos, dispositivos e componentes. Ter a ciência da diferença entre Internet e Intranet, sabendo conceituar e aplicar todos os passos, desde o modo de utilização a alteração de protocolos.

Ter conhecimento avançado sobre os navegadores de Internet mais utilizados, seu uso, como funciona sua interface, quais as ferramentas que podem ser alteradas e quais os efeitos causados, ter alcance sobre os protocolos desde de o de rede, até o enlace e aplicação.

Saber todas as diretrizes de um servidor proxy; além de entender como funciona todas as nuances dos correios eletrônicos mais utilizados. Ter noção de linguagem HTML, HTML5, CSS, XML, JAVA, JS e programação de PHP.

Além de conseguir destacar todos os problemas de segurança possíveis; vírus e malwares, saber configurar todos os agentes e sistemas de segurança, além, claro de saber identificar configurações e funções dos roteadores e gateways.

Bastante coisa, não é? Agora você sabe o que cai na prova de conhecimentos específicos de técnicos de informática e segue o melhor conselho que você pode seguir é: devore livros, tutoriais e guias e assista videoaulas sobre os assuntos.

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.