Nunca desista, seja persistente e aceite as decepções como lição durante o processo

Tempo de leitura: 6 minutos

Depois de tomada a decisão de prestar um concurso público, desistir não é mais uma opção. Todo o seu projeto e planejamento pessoal devem estar voltados para a sua aprovação.

Desânimo, preguiça e vontade de desistir não deve mais passar pela sua cabeça. A não ser que você não pense em aprovação.

De agora em diante você precisa ser persistente. Precisa apresentar aquela vontade de vencer e de continuar no caminho independente das dificuldades encontradas.

Com esse pensamento, ficará mais fácil vencer os percalços e atingir os objetivos previamente esboçados. Para se dar bem em qualquer concurso público é preciso ter realmente a qualidade de uma pessoa persistente.

Afinal de contas, se você carrega consigo as atitudes de uma pessoa persistente, o sucesso ficará mais próximo.

Você pode reparar que a persistência, a obstinação e o foco são as qualidades mais vistas em pessoas bem sucedidas. Todas elas têm bem traçado e bem planejado todos seus passos até atingir seus objetivos. E perseguem esses objetivos de modo incansável, sem se deixar esmorecer, sem nunca desistir.

Já que você se propôs a estudar e a passar em um concurso público para ingressar em uma carreira estável, dedique-se a isso de corpo e alma, seja persistente até conseguir o que quer, independente das frustrações e decepções que podem acontecer pelo tortuoso caminho.

A persistência costuma premiar, e muitas vezes de forma intangível. O mais importante é você saber que o reconhecimento e a conquista atingida por nunca se desanimar, vai marcar você pelo resto da sua vida.

E a tendência é que todas as pessoas que convivem contigo aproveitem o seu bom momento com você, até para tirar lições. Muitos verão em você um exemplo a ser seguido, afinal, todos querem e buscam se espelhar no melhor.

Praticamente para tudo na vida é preciso persistência, e no caso específico do concurso público, uma boa preparação.

Na realidade, tudo vai depender exclusivamente de você mesmo. O ‘se’ colocado em muitas frases deve dar lugar a afirmações. Vale até como um exercício de autoestima e positividade.

Veja um exemplo:

“Se eu estudar nas horas vagas, eu terei mais chances do que os meus concorrentes em ser aprovado no concurso.” – veja nesse caso que o ‘se’ está pondo uma condição à ação, já levando seu cérebro a acreditar nisso, que se não estudar no momento livre, dificilmente você vai passar em um concurso público.

Frases proferidas com afirmações têm mais força no nosso cérebro. – “Eu vou passar nesse concurso.” – Note que é uma afirmação, o que ajuda o seu cérebro a ‘ver e processar as coisas’ de forma mais positiva, realmente atraindo isso para você. É como se fosse um mantra.

 

Se cair, levante!

Por conta dos benefícios que geralmente oferecem: estabilidade de emprego; regalias em função do cargo ocupado; bons salários; segurança financeira; dentre outros benefícios, os concursos públicos são muito concorridos.

Em função disso, é possível que você tenha que lidar com reprovações, o que ocasiona uma certa decepção consigo mesmo. Muitos desistem aí.

Lembre-se, a desistência faz de você um fracassado, enquanto a persistência vai tornar você em uma pessoa bem sucedida.

Quando está aprendendo a andar, é normal cair. E nem por isso deixa-se de continuar tentando, não é mesmo? Esse é o espírito.

As decepções devem servir de lição para você analisar onde errou e onde pode melhorar. As decepções fazem parte da caminhada, e fizeram na vida da maioria das pessoas bem sucedidas.

Muitos concurseiros inclusive, alguns que hoje são professores em cursos voltados para o preparo e a aprovação em concursos públicos, sofreram grandes decepções ao longo de sua trajetória.

Alguns colecionam mais de 10 reprovações antes de conseguir ser aprovado e nomeado para o cargo de seus sonhos. Apesar da frustração com a reprovação, a vida deve seguir normalmente, agora com mais empenho e dedicação.

Literalmente, você deve chacoalhar a poeira e buscar dar a volta por cima. Dedique-se aos estudos com mais afinco e vontade, reforce o conteúdo onde foi mal, e relembre o que tem maia afinidade. Não fique em dúvida sobre suas metas e objetivos.

Seja positivo e persistente em relação ao próximo certame. Assim, evitará se prejudicar. Ademais, quem não lida bem com desafios e ‘tombos’, não tem o perfil que um concurseiro exige.

As eventuais reprovações servem para proporcionar a você mais experiência. Poderá até dar mais tranquilidade para fazer os próximos concursos. Você realmente precisa ver a reprovação pelo lado positivo, apesar de ser muito difícil.

É vital que você mantenha a postura confiante e que continue insistindo na realização dos seus sonhos, mesmo em períodos de decepção.

Veja abaixo algumas dicas que podem ajudar você a não esmorecer perante as dificuldades, a se manter firme pra conquistar suas metas, e a tirar lições da frustração (temporária!):

  • O que move você é a sua força de vontade, quanto mais a eleva, mais preparada tende a estar.
  • A disciplina, a concentração e o foco aliados são a chave para o sucesso, não esqueça.
  • Nunca perca de vista suas metas e objetivos, tampouco fique alterando. Isso conota que para você tanto faz, mandando uma mensagem errada ao cérebro.
  • As adversidades só aparecem para quem busca algo maior, para quem almeja mais. É o ponto de separação dos mais fortes dos maia fracos, dos bem sucedidos para aqueles acomodados.
  • Reflita sobre o fracasso. A decepção não é o fim do mundo. Se você analisar corretamente, poderá usá-la para deixar você mais forte para continuar a luta.
  • Faça uma verificação periódica se você está progredindo. Isso serve tanto para a vida quanto para os estudos. A estagnação não é um bom sinal nesse caso.
  • Outras atitudes ainda podem complementar a sua luta para atingir seus objetivos.

 

Resumindo, para alcançar o seu objetivo podemos indicar para que você: continue sonhando, pois é importante imaginar onde pode chegar; seja persistente; se quiser vencer não desista nunca ou desanime durante o processo; e, aprenda com as decepções que tiver pelo caminho.

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *