Guia para compreender vocabulário utilizado edital

Tempo de leitura: 5 minutos

A maioria das pessoas sabe que todo ano, abrem-se muitas vagas para dar oportunidade a quem quer se tornar um funcionário público, por meio de concursos. No entanto, sabemos que não é todo mundo que consegue compreender o conteúdo disponível no edital, o que pode confundir os candidatos e desencadear problemas maiores.

Se você é uma das pessoas que pretende prestar um concurso público pela primeira vez, ou já fez isso, mas mesmo assim ainda não se sente seguro com os editais, fique atento em nosso guia de como compreender o vocabulário utilizado nos editais.

Aqui, vamos te mostrar algumas dicas valiosas para compreender editais e ainda falar sobre as palavras que mais aparecem nesses documentos, para garantir que você realmente entenda tudo o que está sendo explicado ali.

O que é um edital?

Como já foi dito antes, esse guia é direcionado também para pessoas que nunca se depararam com um edital na vida, por isso, vale a pena falar um pouco sobre isso. E para quem já está mais familiarizado, conhecimento nunca é demais, não é mesmo?

Podemos definir o edital em um documento que tem como objetivo comunicar o que é de desejo dos administradores do concurso, de uma forma oficial. Vale ressaltar essa “forma oficial”, porque é somente nesse documento que você deve confiar, para conseguir informações sobre a prova, como datas, horários, recomendações, regras etc.

Muita gente acha que não há diferença entre um edital e uma site qualquer da rede que te disponibilize informações que supostamente constam naquele documento também. Não se deixe enganar, existem casos nos quais candidatos perderam a prova porque confiaram em informações erradas.

Além disso, esse instrumento de comunicação é exigido por lei e o conteúdo ali presente é dado com base nos princípios da publicidade dos atos administrativos, o que o transforma em um documento que sirva, principalmente, para comunicar o público como um todo.

Dicas

Agora vamos falar sobre os aspectos que não podem ser deixados de lado na leitura de um edital de concurso.

O mais recomendável nos casos de concurso público é que você leia o edital do começo ao fim, para que não se surpreenda negativamente depois. No entanto, sabemos que esses documentos são muito extensos e que existem algumas informações que são bem mais relevantes do que outras, e é dessas que você precisa saber.

Fique atento ao nome do cargo que você pretende escolher, quantas vagas estão disponíveis, o local onde a prova será aplicada, a data, horário, o salário a ser pago pelo trabalho, duração da jornada, prazos etc.

Mas como estamos falando aqui sobre um guia para entender o vocabulário de editais, você precisa saber que esses pontos do edital certamente estarão sendo nomeados de outra forma. Vamos dar uma olhada:

Provimentos de vagas

Localidades

Remuneração

Jornada de Trabalho

Atribuições ou Atividades

Inscrição

Isenção

Etapas

Conteúdo Programático

Acima estão os principais termos a serem observados nos editais de concurso. Fique atento em cada um deles. Uma boa dica para o caso de você não compreender uma palavra, é procurar por um sinônimo, que eventualmente pode te ajudar a compreender o termo que te deixou na dúvida.

Agora, vamos dar uma olhada em outras palavras, que apesar de serem de menor importância, fazem toda a diferença na hora de compreender bem um edital.

Ampla Concorrência: Aqui estamos falando de uma categoria. Você provavelmente já ouviu falar em cotas, certo? Elas beneficiam pessoas portadoras de deficiência, negros e pessoas de outras etnias, como indígenas, por exemplo.

Se você não se encaixa em nenhuma categoria de pessoas que se beneficiam com as cotas, então é preciso que você saiba que Ampla Concorrência é quando você não tem direito a nenhum tipo de reserva de vagas.

Caráter Eliminatório: Esse termo é utilizado para designar o preceito que elimina todos aqueles candidatos que não conseguiram obter a pontuação mínima necessária, para competir por uma vaga, ou mesmo aqueles candidatos que por algum motivo, não conseguiram completar uma determinada prova, como um teste físico, por exemplo.

Listagem Preliminar de Aprovados: Como pudemos ver, o a palavra “preliminar” aparece no meio deste termo. Isso quer dizer que essa lista contém os nomes de quem foi aprovado, levando em conta somente a nota da prova objetiva, sem somar a nota da redação.

Listagem Final: Agora sim estamos falando de uma lista de aprovados definitiva. Essa lista é divulgada pela Administração do concurso na data divulgada no Edital.

Vida pregressa: Esse termo faz menção a vida que o candidato levou no passado. Devido a este termo, o candidato pode ter que mostrar suas contas em redes sociais e até mesmo certidão de nascimento, para que seja avaliado por uma banca, para checar se está apto para aquele cargo ao qual se candidatou.

Portadores de Necessidades Especiais: Este termo envolve as vagas destinadas àquelas pessoas que tem uma pequena porcentagem de vagas reservadas não para si, mas para outras pessoas também que se encaixem na categoria de portadores de necessidades especiais.

Posse: Termo utilizado para definir quando um candidato aprovado assume o cargo que conseguiu por meio do concurso público.

Nomeação: Quando os administradores dos concursos solicitam os candidatos aprovados, através de uma ordem que é definida de acordo com o desempenho de cada um.

Recurso: É uma ferramenta que permite ao candidato a contestação de algum ponto específico presente no edital. Por exemplo, se o candidato percebe que uma questão da prova tem duas respostas, e nesse caso, ele teria acertado a questão, então é possível contestar a cláusula “Gabarito”.

Compreender a linguagem utilizada em editais de concurso muitas vezes não é fácil. No entanto, sua vontade de entender tem que ser proporcional à vontade de conseguir sua vaga.

É por isso que você precisa se informar, ler o edital na íntegra e mais de uma vez, ficar atento aos pontos que citamos, recorrer a um dicionário e a sinônimos, para que você não tenha surpresas no antes, durante e depois da sua prova.

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.