Editora Saraiva

Tempo de leitura: 7 minutos

O Grupo Saraiva é formado pela Editora Saraiva (Saraiva S/A – Livreiros Editores), considerada no mercado como sendo uma das editoras de livros mais valorizadas no Brasil; e pela Saraiva e Siciliano S/A (Livraria Saraiva), uma empresa líder de mercado no segmento de livraria e uma das maiores redes de comércio eletrônico do país.

A Saraiva, por conta das suas publicações literárias e também através da comercialização de conteúdo editorial, é reconhecida por contribuir para o desenvolvimento cultural e intelectual do povo brasileiro.

Hoje em seu catálogo, a Editora Saraiva conta com livros didáticos; de literatura infanto-juvenil e apoio didático; universitários; técnicos; e os jurídicos.

Conheça a história cronológica da Saraiva

A Saraiva teve seu início em 1914, quando uma pequena livraria foi fundada. No começo, a ideia de Joaquim Ignácio da Fonseca Saraiva, seu fundador, era a de comercializar somente livros usados.

Se hoje em dia a Editora Saraiva é vista como uma das mais importantes e conceituadas do país na literatura jurídica, é muito em função do seu começo.

Isso porque a pequena livraria ficava situada próxima à Faculdade de Direito do Largo do São Francisco, o que atraia a atenção de professores e alunos da área jurídica. Na época, a livraria era conhecida como Livraria Acadêmica.

Esse foi um dos motivos pelo qual a Saraiva se especializou na área jurídica. Também ajudou o fato do Sr. Joaquim Saraiva ter um bom conhecimento e interesse pessoal na literatura jurídica.

O Casamento Civil inaugurou a fase editorial da Editora Saraiva, sendo este o primeiro livro editado por Joaquim Saraiva. Depois disso, a prioridade da editora sempre esteve voltada para a área jurídica.

A transformação para sociedade anônima aconteceu em 1947, recebendo a denominação de Saraiva S/A – Livreiros Editores.

Com o passar dos anos a editoração cresceu para outras áreas, tais como:

  • Didáticas;

  • Literatura geral;

  • Ciências;

  • Assuntos técnicos;

  • Dentre outros.

Os livros didáticos e paradidáticos, os primeiros da editora não voltados para a área jurídica, começaram a ser editados em 1970.

Em 1972 a Saraiva se transformou em uma companhia aberta, e no decorrer dos anos foi crescendo, abrindo sua segunda livraria na Praça da Sé.

Já na década de 1980, devido ao forte crescimento das obras publicadas, viu-se a necessidade de manter um serviço especializado próprio para distribuição dos livros da Editora Saraiva.

A inevitável expansão começou a ocorrer no ano de 1983 com a abertura de outras unidades em outros estados e a inserção de algumas em centros comerciais, os famosos shoppings centers.

A década de 1990 marcou a editoração de livros paradidáticos e o começo da editoração de obras tido como complementares para o ensino em diversas matérias que compõem a grade curricular tanto do ensino médio quanto do ensino fundamental.

Mais para o final dos anos 90, a Saraiva passou a editar os livros nas áreas de Administração, de Economia e de Marketing, estes destinados à grade curricular do ensino universitário.

Paralelo a isso, deu-se início ao processo de instalação das grandes lojas, chamadas de mega livrarias, já nesse momento, totalmente informatizadas.

Por falar em informatização, em 1998 a Saraiva concluiu a aquisição da Editora Atual e passou a comercializar todos os seus livros e demais produtos através da internet.

A saraiva.com.br foi um dos primeiros sítios de comércio eletrônico do país, e hoje, é um dos melhores e mais confiáveis no segmento de e-commerce.

Com o intuito de se fortalecer financeiramente, para continuar desenvolvendo os estudos e implementação de projetos de investimentos, a Saraiva em 2006 fez a adesão às Práticas Diferenciadas de Governança Corporativa Nível 2 da Bovespa. A distribuição primária de 3 milhões de ações preferenciais foi uma ação bem sucedida que realmente fortaleceu a posição financeira da companhia.

Depois de nove anos, em 2007, a Saraiva adquiriu a Pigmento Editorial S/A, que era a responsável pela comercialização dos materiais didáticos editados com muito rigor, a Ético sistema de Ensino.

Esses materiais eram conhecidos pela excelente qualidade editorial e como ótimo material de apoio pedagógico.

Ainda em 2007 a Saraiva deu mais uma passo a frente e começou a criar materiais para atender a demanda do mercado educacional, só que através de conteúdos digitais.

Em 2008, o que era grande ficou ainda maior, pois ocorreu a aquisição do Grupo Siciliano por parte da Saraiva, que fez com que ampliasse consideravelmente o poder de atuação no mercado, operando 100% das lojas físicas e sítios eletrônicos da rede.

Em 2010 a Editora Saraiva lançou o selo Agora, destinado a publicações de material para o sistema de ensino para educação pública. Assim, juntou-se ao selos Arx e Caramelo, do Grupo Siciliano, no catálogo da companhia.

O selo Benvirá também foi criado no mesmo ano, mas esse voltado a publicação de obras de ficção e não ficção.

Ainda em 2010, a Saraiva lançou uma plataforma que permitia a venda de e-books, os chamados livros digitais, o Saraiva Digital Reader.

Nesse ‘boom’ de 2010 ainda houve a inauguração da primeira loja da iTown, uma operação da livraria onde havia uma dedicação especial à venda de produtos da gigante Apple.

E também a comercialização de filmes digitais da Saraiva em uma plataforma nos novos televisores da LG com acesso a internet.

Para atender à constante e crescente demanda dos cursos técnicos e gradução de nível tecnológico, em 2012 a Saraiva criou um novo selo, o SaraivaTec, voltados exclusivamente para esse segmento.

Mais ao final de 2012, a Saraiva, em conjunto com a Hoper Educação, lançaram o Saraiva Solução de Aprendizagem, uma nova solução didática de apoio ao ensino de Direito e Administração de Empresas.

O trabalho foi desenvolvido como uma forma de dar suporte ao trabalho dos professores em sala de aula, e por consequência, proporcionar um melhor aprendizado aos alunos.

Em 2013, além de lançar um aplicativo que transforma texto em livros digitais, o Publique-se!, a Saraiva ainda fez a aquisição da Editora Érica Ltda, aumentando ainda mais valor às soluções educacionais oferecidas pela companhia.

Foi definitivamente a entrada do grupo Saraiva no segmento de conteúdo profissionalizante de ensino técnico.

Na comemoração de 100 anos, em 2014, a Saraiva lançou o primeiro leitor digital portátil, o Lev, mostrando mais uma vez seu lado pioneiro e inovador.

No final de 2015, a Saraiva vendeu seus ativos editorias, passando a dedicar-se somente às atividades ligadas ao comércio.

A editora então passou a fazer parte do grupo SOMOS Educação, referência na produção de conteúdos educacionais.

Destacam-se, além de conteúdo para educação básica e ensino técnico, o de Ciências Sociais Aplicadas, os conteúdos preparatórios para realização de concursos públicos e exames como os da OAB, e os de nível superior, com especial destaque para a área jurídica, onde é líder de mercado.

Todo o exposto só demonstra o pioneirismo, a flexibilidade, e a tradição da Editora Saraiva junto ao mercado editorial no Brasil.

Realmente a literatura jurídica da Saraiva destaca-se como uma das melhores e mais completas para se obter conhecimento na área de Direito do país. Altamente recomendada para estudantes, concurseiros, professores e simpatizantes da área.

Sobre Blog Concursado

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo Blog Concursado que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.