Dicas para não perder a motivação

Tempo de leitura: 6 minutos

Estudar para concurso público pode ser desanimador às vezes, mas se você pretende trilhar o caminho do funcionalismo público, é primordial que mantenha a motivação bem alta.

E esse é um dos maiores desafios dos concurseiros. Muitos de nossos amigos de profissão (porque concurseiro é profissão!), não tem apoio financeiro, não tem um apoio familiar ou dos amigos, e ainda tem que conviver com o pessimismo dos outros.

Não se abalar em uma situação dessas é para os fortes. É para os que têm a noção do que podem conquistar com esforço, dedicação e motivação.

A atual situação do país, mergulhado em uma das piores crises que já passamos, cheio de incertezas, é um “destruidor” de motivação.

De acordo com dados dos concursos, nem sempre os mais inteligentes são os aprovados. Tem muito a ver com dedicação e empenho. Em igualdade de condições, com materiais equivalentes, o candidato mais esforçado tende a levar vantagem, justamente por saber a sua fraqueza, e por se manter motivado para prover essa carência em relação aos seus concorrentes.

A organização é outro fator determinante para que se consiga a aprovação em algum concurso público. Os concurseiros mais organizados saem na frente dos outros candidatos já na elaboração de seu planejamento de estudo e rotina. Eles conseguem preparar melhor o terreno para o período de estudo, em razão da sua organização e devoção.

Como a motivação é essencial para os concurseiros, abaixo você vai encontrar dicas de como se manter motivado durante o processo de estudo até conseguir a nomeação que tanto sonha.

Veja as dicas:

  • Praticar exercícios físicos regularmente

Comum em qualquer lista, mas nunca como a primeira da lista, a prática de exercícios físicos tem se mostrado ao longo dos anos o quanto benéfico é, não só para a saúde, mas também no auxílio de outras atividades.

Existem inúmeros estudos e casos que comprovam que a atividade física diminui o estresse, eleva a capacidade cognitiva (que se refere a capacidade de adquirir ou absorver conhecimento) e melhora o poder de concentração e o humor. Também proporciona um up na capacidade de estudar e na felicidade.

As atividades mais recomendadas que pode aumentar sua sensação de bem-estar, leveza e rendimento são as atividades aeróbicas, como, andar de bicicleta, correr, caminhar, nadar, etc.

Alguns estudiosos afirmam que a capacidade de reter informações aumenta quando você é ativo fisicamente. O sedentarismo deixa mais pessoas mais preguiçosas, e o cérebro acompanha essa preguiça, tendo mais dificuldade de assimilar alguma coisa. O raciocínio fica lento, e o estudo comprometido.

  • Estabeleça uma rotina de estudos

Você precisa desenvolver uma rotina de estudos, com o intuito de que se torne um hábito. O ato de fazer as coisas repetidamente vira um hábito.

E a primazia se consegue com o hábito. Quanto mais você se esforça para realizar algo, maior a perspicácia e a sagacidade no assunto.

O hábito ajuda a manter a motivação elevada, e no dia em que deixar de praticar, sentirá falta. Assim como os músculos sentem se você interromper um treino por alguns dias, o cérebro também sentirá. Ele precisará de um tempo maior para voltar ao ritmo anterior.

Não deixe de estudar. É imprescindível que obedeça e cumpra a rotina de estudos predeterminada.

  • Faça metas de curto prazo e plausíveis

Para ajudar na conquista do objetivo principal, sob o risco de incorrer em desânimo no meio do caminho, é importante que se trace metas de curto prazo e de razoável dificuldade.

Quando você se depara atingindo uma meta, sua motivação continua ativa para buscar atingir a próxima. Os sentimentos de frustração e incapacidade ficam ‘fora da conta’. Todos os sentimentos contrários à motivação têm que ser combatidos. E a melhor forma disso acontecer é manter-se sempre motivado.

As conquistas de curto prazo geram mudanças positivas no nosso âmago, na nossa essência.

E isso não é importante só para a vida, também é muito relevante para os concurseiros, que ao definir metas viáveis, mantém o candidato em constante motivação.

É legal aumentar a dificuldade a cada meta atingida, o que deixa você mais competitivo e preparado para quando chegar a hora da prova, você estar pronto.

Lembre-se, um passo de cada vez, até chegar ao objetivo final. Sem perder a motivação, a tarefa não parecerá tão árdua.

  • Otimismo em primeiro lugar

Como já mencionado no começo deste post, e também em outros, o otimismo faz parte da vida dos bem sucedidos.

Vocês por acaso, conhecem algum pessimista que seja bem sucedido? A resposta não deve ser muito diferente de: “não me lembro”. Isso é porque não existe sucesso em pessoas que não pensam positivamente.

Pessoas negativas devem ser afastadas da vida de um concurseiro. Essas pessoas não apóiam e a única coisa que importa, parece ser puxar você para baixo, tecendo críticas e se achando a dona da situação.

O insucesso dessas pessoas, que são amarguradas, não pode influenciar na nossa capacidade de motivação. Fofocas do tipo que não haverá mais concursos podem ser rechaçadas prontamente com o Artigo 37, inciso II, da nossa Carta Magna.

Para e manter motivado, e sem a interferência dos outros, é sábio que se afaste de redes sociais e grupos que especulam demais.

  • Tenha sempre em mente seu principal objetivo

Visualizar constantemente o prêmio que receberá no caso de atingir o objetivo principal é outra fonte de motivação. Você não deve nunca se esquecer do porque está fazendo essas coisas.

Você deve ter ciência do porque estar se espremendo entre horários e cronogramas ‘malucos’ para estudar. Se mudar de vida não for motivação suficiente, alguma coisa está errada.

Você precisa lembrar que a preparação, apesar de dolorosa, é passageira, e se alcançar o objetivo e for convocado, o cargo é para sempre.

Ao visualizar os prêmios que poderá usufruir em caso de sucesso, os sacrifícios não passarão de pequenos obstáculos, o que realmente são.

É através dessas dicas, físicas e motivacionais, que concluímos o post, alertando sempre os concurseiros da importância de se manterem focados e motivados para realizar os seus sonhos.

Sobre Blog Concursado

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo Blog Concursado que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.