Dicas para criar grupos de estudos para concursos

Tempo de leitura: 6 minutos

Na hora de estudar para a prova do concurso, alguns não conseguem se concentrar, se motivarem sozinhos, o silêncio acaba levando ao sono, as dúvidas não podem ser discutidas com alguém (apenas com o Google), o tédio pode acabar predominando, então alguns optam em formar um grupo de estudos.

Fazer parte de um grupo de estudos é muito bom, porque todos possuem o mesmo foco, então não corre muitas distrações, o entendimento e conhecimento acaba sendo gerado em conjunto, muitas vezes de forma mais produtiva do que individualmente, e a motivação para continuar tende a ser maior.

Mas criar do zero um grupo de estudos pode ser uma dificuldade para alguns, principalmente para aqueles que não interagem muito bem com as demais pessoas por ser tímido e inseguro. Abaixo estão listadas dicas para se ter um bom grupo de estudos para aprimorar conhecimentos.

Defina regras básicas

Logo no início, defina quais serão os horários e dias dos encontros, local a ser realizado, quais serão as matérias de estudo usados (livros, notebooks, celulares), se terá intervalos ou não, se sim em qual horário, e por quanto tempo, quantos integrantes terão e demais informações.

Defini-las logo no início, e sendo de acordo com todos envolvidos, acabam gerando menos problemas futuramente, ainda mais em um grupo de estudos onde a aprendizagem é o foco e a data da prova já tem data marcada, então não há tempo a perder.

Valorize o ponto forte de cada um

Observe quais são a(s) matéria(s) que os integrantes possuem maior aptidão e facilidade, assim para esta pessoa se tornar referência sobre o tema aos demais e explicar dúvidas quando elas surgirem.

Veja se algum deles já possui alguma experiência direta na matéria, como sendo monitor na faculdade ou por já ter trabalhado na área, porque aí serão ainda mais produtivas as reuniões.

Tenha um líder

Pode ser qualquer integrante, contanto que tenha a característica de ser responsável, pois será ele que notificará todos os integrantes caso haja alguma mudança de planos. Além disso, que saiba ser interpessoal, para lidar e liderar as mais diversas personalidades e evitar conflitos ao grupo.

Esta pessoa pode acabar sendo líder de forma espontânea, simplesmente por sua personalidade de já liderar, mas caso prefiram, pode ser por votação, de maneira formal, basicamente do modo que acharem melhor.

Claro, sendo líder, vale relembrar, não quer dizer que manda no grupo e tenha o direito de fazer exigências, por isto ser característica de um chefe e em um grupo de estudos não há chefes e obrigações que não sejam pré-estabelecidas em consenso logo na criação do grupo.

Limite um número de integrantes

Realmente é chato negar para uma pessoa o pedido de entrar no grupo de estudos, porém gente demais acaba dando lugar para desorganização, muitas vozes e opiniões em um mesmo (e pequeno) espaço.

Por isso, limite o tamanho para no máximo seis pessoas estas tendo características distintas entre sim, para se ter um grupo pluralizado, dinâmico e produtivo.

Caso prefira, crie outros grupos, divida o grupo inicial para mais pessoa poderem entrar e até criar um sistema de revezamento, para todos os membros participarem sem perder a qualidade do conhecimento adquirido.

Exija o comprometimento de todos

Não vale apenas um ou dois estarem realmente comprometidos em passar na prova dos concursos e estudarem mais que os demais do grupo, sendo que estes outras acabam até mesmo atrapalhando com distrações e barulhos vindos de conversas.

Exija a dedicação de todos e deixe claro que determinadas atitudes não serão toleradas e o integrante terá de sair das reuniões de estudo. Pode ser bem chato fazer isso, mas todos devem compreender a medida, já que não tendo comprometimento, o objetivo do grupo de estudos acaba sendo corrompido.

Diversifique o modo de estudo

Para não viver em uma rotina maçante no grupo, peça aos integrantes para trazerem matérias diferentes para as reuniões, como livros, revistas, simulados de provas anteriores e até mesmo realizarem dias de aulas dadas por um integrante que tem propriedade no assunto.

Tenha o apoio também de notebooks ou celulares para acessarem à internet, pois ela será uma importe aliada, por conter grande número de informação nos mais diversos formatos, comunidades em redes sócias com conteúdo de concursos públicos de significativo valor para todos. Só tome cuidado para ela não se tonar uma distração.

Tome medidas que não sejam entediantes e estimulem a irem as reuniões realizadas e não desistam de estudar para a prova.

Ache um local ideal para os estudos

Este local pode sem uma biblioteca ou casa de algum integrante (podem até se revezar sobre o espaço), mas que seja um local fixo, onde poderão estudar até o dia da prova sem interrupções e divergência dos demais e até de fatores externos (manutenção do espaço e etc.).

Um local que predomine silêncio e organização, com poucas distrações de objetos, pessoas ou animais. É muito importante escolher o local adequado (com mesas e cadeiras para todos) logo quando se criar o grupo e que seja próximo a todos.

Conversem, mas sobre temas pertinentes

Tendo um grupo, não adianta muito se reunirem e cada um ficar no seu espaço com a cabeça abaixada lendo e resolvendo exercícios, então proponha debates e discussões pertinentes ao concurso que irão realizar, como temas que podem cair na redação e debatam encima disso, para terem contato com novas visões e perspectivas.

Também não tenha medo de expor duvidas que surgirem para os demais integrantes, pois a sua mesma dúvida pode ser a mesma dos outros e necessitam ser esclarecidas.

Tenham paciência

A parte legal de fazer parte de um grupo de estudos que possui o mesmo objetivo de passar na prova do concurso público é que cada membro pode achar consolo no outro colega diante das dificuldades, adversidades, como estresse, cansado e ansiedade.

Então sejam unidos entre si para evitar brigas, discussões desnecessárias e improdutivas, criem este laço com o objetivo comum e assim as reuniões serão cada vez mais prazerosas e amigáveis.

 

Dicas para criar grupos de estudos para concursos
Avalie esta postagem

Sobre Carlos Gusmão

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval. Sou um dos responsáveis pelo site Concursado.org que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.