Concursos públicos são mesmo confiáveis?

Tempo de leitura: 6 minutos

De vez em quando nos deparamos com alguma notícia falando sobre problemas ou até de fraudes em concursos públicos, o que gera certa desconfiança.

Não é para menos! Imagine só: você se empenha nos estudos e na preparação para poder prestar o concurso público, e, por fim, seu esforço é em vão, porque o concurso é uma fraude. Ninguém deseja passar por isto, não é mesmo?

Mas não se preocupe. A maior parte dos concursos ocorrem normalmente, ou seja, os concursos que apresentam problemas são a exceção, felizmente.

Porém, embora seja exceção, sempre é bom se precaver e estar bem informado sobre o concurso público que você pretende prestar, se realmente é de confiança e se vai fazer valer a pena todo o seu preparo.

Saiba se o concurso que você está fazendo é confiável

Será que é possível descobrir antes da inscrição se um determinado concurso é confiável e acontecerá de maneira organizada e honesta?

Uma ótima dica é sempre verificar qual a empresa organizadora (ou banca, como alguns preferem chamar) que está responsável por realizar o concurso.

Logo após a autorização de um concurso, o dirigente do órgão público contrata uma empresa organizadora que analisa o perfil e o cargo do candidato desejado. Toda a responsabilidade do concurso está sobre as mãos da empresa organizadora.

Sendo assim, os responsáveis pela elaboração do edital, divulgação do concurso, inscrição dos candidatos, elaboração e aplicação das provas, análise de recursos, correção das provas e divulgação dos resultados.

Leve isto em conta antes de realizar a inscrição do concurso: procure verificar a empresa organizadora. Se for uma empresa tradicional, que possua muita experiência, faça sua inscrição tranquilamente, e estude bastante. No entanto, se for uma organizadora pouco conhecida, verifique no site quais concursos ela já realizou e pesquise no Google as notícias sobre ela, assim como em sites especializados na defesa do consumidor.

Não é uma questão de preconceito. Uma organizadora nova, com pouca experiência, pode sim realizar um bom trabalho, assim como uma antiga pode cometer um erro, por isso é importante pesquisar.

Concurso virtual, é confiável?

Atualmente, o ensino EAD é a forma mais procurada de estudar para concursos públicos no Brasil, fazendo com que os cursos presenciais fiquem para trás.

Como o próprio nome já indica, o concurso virtual se resume em um cursinho que possui apenas a modalidade EAD, ou seja, você adquire o curso e assiste às aulas em casa pelo seu computador, celular ou tablete.

A vantagem desta metodologia está em você poder estudar no seu ritmo. Você pode pausar as aulas, voltar em partes que não entendeu e até mesmo assistir novamente às vídeo-aulas, conforme o seu tempo disponível para estudar em casa.

Então, a resposta para a pergunta se o concurso virtual é confiável é: sim. E por que? Ele é confiável porque ele tem algo que é muito importante quando decidimos analisar um curso preparatório: Resultados! Portanto, invista sem medo.

Concursos públicos mais difíceis de passar

As pessoas optam por prestar um concurso público muita das vezes porque anseiam por bons salários e segurança profissional. Mas conquistar a estabilidade financeira não é tão simples assim. Iremos destacar alguns concursos que são os mais difíceis de passar no Brasil, seja por causa das ótimas remunerações ou pelo plano de carreira que eles oferecem.

  1. Magistratura Federal

Geralmente, há vagas sobrando para o concurso de Juíz Federal, porém, essa sobra não é devido a falta de preparo dos candidatos, mas sim por causa da enorme dificuldade das provas. O concurso é dividido em várias fases, sendo alguma delas: prova objetiva, prova de sentença, prova oral e prova de títulos.

Salário atual: cerca de R$ 30.000,00

  1. Procurador da República

Embora possua as mesmas fases do concurso de Juíz, e o nível da prova para esse cargo também seja muito alto, ele é um pouco mais fácil. Sobram menos vagas do que os da Magistratura, no entanto, o nível de dificuldade da prova é tão alto quanto.

Salário atual: cerca de R$ 30.000,00

  1. Consultor Legislativo da Câmara dos Deputados e do Senado Federal

Nesse concurso, a dificuldade que o candidato encontra é a grande concorrência qualificada, ou seja, são poucas vagas para pessoas muito qualificadas.

Salário atual: cerca de R$ 28.000,00 iniciais

  1. Prático de Navios

Embora não seja muito conhecido, esse concurso tem seu nível de dificuldade das provas muito alto, possuindo provas orais e práticas em língua estrangeira.

Ele tem uma especificidade muito grande que são as matérias e pré-requisito de cursos relacionados com a área naval. O fato das provas não acontecerem sempre também aumenta ainda mais a dificuldade.

Salário atual: pode chegar a R$ 100.000,00

  1. Cartórios

Esse concurso se restringe a bacharéis em Direito, com matérias específicas e bem focadas. Grande parte dos candidatos são bem qualificados, sendo que muitos delas já são até mesmo juízes, Procuradores ou Consultores Legislativos.

Salário atual: pode chegar a R$ 200.000,00

  1. Diplomata

Muitas pessoas o consideram como o concurso mais difícil do Poder Executivo Federal. Isso porque o número de vagas é bem limitado, o nível de cobrança dos conteúdos é alto, com muitas fases (inclusive em língua estrangeira), e é direcionado para candidatos que possuem alto nível de preparação.

Por que os concursos são difíceis?

Ás vezes não é nem o conteúdo da prova que torna o concurso público difícil, e sim o número de pessoas que concorrem às vagas. Devido a instabilidade dos empregos na iniciativa privada, muitas pessoas procuram melhores condições de vida e estabilidade em uma vaga pública.

Embora existam concursos mais complexos e que exigem um nível de escolaridade maior, há também outros que são bem mais acessíveis e que não buscam por pessoas tão qualificadas. Sendo assim, qualquer pessoa que almeje uma vaga e se empenhe em conquista-la, é capaz de tê-la.

Tempo de estudo

O tempo médio de estudo que um candidato pode levar do começo da preparação até a aprovação costuma variar de um a três anos. Obviamente, é um tempo que pode variar, pois diversos fatores podem influenciar, seja o cargo escolhido, a frequência de provas ou o modo com que o candidato se aplica nos estudos.

Em caso de dúvida sobre o concurso, sempre pesquise. E se não há nada que desabone a imagem dele, então, não perca tempo e faça a sua inscrição.

Sobre Blog Concursado

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo Blog Concursado que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.