Concursos públicos ligados ao meio ambiente

Tempo de leitura: 18 minutos

Hoje em dia, os concursos públicos são uma das alternativas de emprego mais procuradas pelas pessoas. Isso acontece por uma combinação de fatores que tornam as vagas oferecidas pelos concursos espalhados ao redor do Brasil extremamente atrativas.

Entre estes fatores, estão tanto a crise atual econômica quanto política que o país vem enfrentando, bem como os ótimos benefícios pelos quais o serviço público é conhecido.

E, sem dúvida alguma, o benefício mais procurado dentro de cargos públicos é a estabilidade empregatícia, que sempre foi algo procurado dentro de carreiras, mas que hoje tem se tornado cada vez mais importante.

Afinal de contas, com a taxa de desemprego subindo dia após dia por conta da crise, ter estabilidade se tornou o primeiro objetivo de muitas pessoas. Isso porque o emprego pode até ir embora, mas as contas para pagar sempre vão se fazer presentes, com crise ou sem crise, fazendo com que garantir um emprego seja a prioridade de muitos.

Mais ainda, os altos salários – que costumam ser maiores do que a média oferecida pelos mesmos setores da iniciativa privada – bem como a série de benefícios extras que acabam tornando o salário maior ainda, como vales alimentação, transporte e refeição, além de muitos outros auxílios de custo, também são fatores extremamente atraentes para a população.

Com tudo isso, acaba que os concursos se tornam extremamente disputados. Afinal de contas, pode ter certeza que você não vai ser a única pessoa atraída pelos benefícios e pela estabilidade do serviço público.

Combinado a isso estão provas complexas e difíceis que selecionam apenas os melhores candidatos, principalmente para aqueles cargos que oferecem salários altos e que, consequentemente, são mais disputados no mercado.

Prova da dificuldade de se conseguir entrar em um concurso é o fato de muitos candidatos simplesmente largarem tudo para se concentrar nos estudos e se dedicar exclusivamente ao curso preparatório para tal concurso.

Porém, apesar da série de dificuldades envolvidas em entrar no concurso, uma vez dentro você nunca mais vai estar fora e vai poder desfrutar não só de uma vida de trabalho mais tranquila e extremamente favorável, como também de uma boa aposentadoria – outro benefício do serviço público.

E é exatamente pensando nisso que nós reunimos aqui uma série de informações e dicas para quem deseja trabalhar em cargos e áreas que sejam ligados ao meio ambiente, seja porque a sua formação foi específica para esta área, seja pelo desejo de trabalhar com algo relacionado à natureza ou sustentabilidade, que estão em alta hoje em dia.

Afinal de contas, existem sim cargos que são voltados para esta ocupação e nós separamos alguns deles aqui para que você os conheça.

Concursos do IBAMA

Quem trabalha ligado ao meio ambiente ou conhece a área sabe que o IBAMA é uma das instituições ligadas ao meio ambiente que mais são conhecidas pelo grande público.

Também conhecido como Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis, a instituição oferece vagas de tempos em tempos, mas é preciso ficar de olho, porque as vagas não são regulares e tão frequentes quanto as das demais áreas oferecidas pelo funcionalismo público, como a área jurídica.

Os cargos oferecidos pelo IBAMA para quem deseja trabalhar diretamente ligado ao meio ambiente são todos de analista ambiental, com salários em torno de R$ 7.670, mais um auxílio de custo para alimentação de cerca de R$ 370.

Mais do que a estabilidade prevista em todo contratado por meio de um concurso público, o cargo de analista ambiental no IBAMA permite ao profissional que este trabalhe com a promoção de diversas ações que tenham como objetivo promover a biodiversidade, trabalhando literalmente como uma espécie de fiscal da natureza.

As áreas de atuação que são condizentes com a função de um analista ambiental são várias. Entre elas estão licenciamento ambiental, monitoramento ambiental, auditoria ambiental, regulação ambiental, entre outras. Todas áreas que caem como assuntos das provas dos concursos.

Apesar de bastante atrativas, as vagas no IBAMA são poucas, por isso é preciso ficar atento para não perder uma oportunidade. A prova disso é o intervalo entre os dois últimos concursos que foram realizados pelo Instituto. O mais recente foi realizado agora em 2016, sendo que o anterior tinha acontecido pela última vez lá atrás, em 2012.

Portanto, se o que você quer é trabalhar no IBAMA, vale prestar atenção e ficar antenado com o que acontece no mercado de concursos públicos voltados para a área ambiental para não perder nada, pois é um prazo perdido sem saber ao certo quando vai poder se candidatar ao cargo desejado novamente.

Como pré-requisitos, o concurso pede que o candidato tenha uma formação no ensino superior, ou seja, tenha um diploma de um curso de graduação.

Mas é claro que o IBAMA não é a única opção disponível no mercado e para que você saiba um pouco mais sobre o há além do IBAMA no mercado é que nós separamos aqui uma série de informações sobre o assunto e também as outras opções existentes.

Agência Reguladora dos serviços de Saneamento das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí – ARES/PCJ

Um detalhe que ainda não mencionamos acerca de cargos públicos é que eles normalmente vão exigir que você se mude de sua cidade, principalmente se você mora em São Paulo. Isso porque as vagas costumam ser em regiões mais distantes, em estados mais próximos do Distrito Federal e, muitas vezes, no interior de diversos estados ao redor do país.

Isso acontece principalmente para cargos cujos salários são mais altos, bem como aqueles que possuem ligação direta com o governo federal.

Em casos de concursos públicos de âmbito estadual, dificilmente você vai precisar mudar de estado, talvez apenas de cidade.

No caso da ARES, as opções são em cidades do interior de estados da região Sudeste do país. Na cidade de Americana, em SP, as vagas disponíveis são para pessoas que possuem ensino superior completo. As ocupações em questão são para analista de fiscalização e regulação nas áreas tanto de engenharia ambiental quanto de engenharia civil e sanitária, sendo requisitados profissionais formados nas áreas mencionadas.

Já na cidade de São José da Lapa, localizada em Minas Gerais, as opções disponíveis são tanto para quem possui apenas formação técnica quanto para pessoas com nível superior.

Para quem tem formação apenas técnica as vagas são para fiscal sanitário e também para fiscal de meio ambiente e posturas. Ainda na cidade e na ARES, para quem possui formação superior, as vagas disponíveis são para arquiteto e engenheiro civil, exigindo diplomas de bacharelado nas respectivas áreas mencionadas.

Ainda na Agência Reguladora do serviço de Saneamento, há vagas disponíveis para concursos também em Andradas, também em Minas Gerais. Aqui, só há vagas para quem possui formação de nível superior, e as vagas em questão são para engenheiros ambientais e também engenheiros de obras, exigindo que o candidato tenha um diploma de graduação nas áreas de atuação.

Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais

Para quem é de Minas ou deseja trabalhar por lá, a Companhia de Desenvolvimento Econômico do estado oferece vagas para concursados. As opções disponíveis por lá são apenas para quem possui diploma de nível superior, portanto quem deseja uma vaga apenas com nível médio ou técnico fica sem escolha por lá.

Aqui, as opções são bastante variadas, portanto uma ótima opção para quem deseja trabalhar no setor ambiental.

As vagas disponíveis são para analista ambiental – para desempenhar função semelhante àquela que explicamos no tópico sobre as funções disponíveis no IBAMA, para engenheiro agrimensor, engenheiro de minas, geólogo – com especialidade em diversas áreas que estão em alta no momento, como petróleo, minerais industriais e também minerais metálicos – além de ter vagas para profissionais que atuem ou desejem atuar em geologia econômica.

Aqui, vale ressaltar que os cargos disponíveis para trabalhos que sejam ligados ao meio ambiente raramente vão oferecer vagas próximos a centros urbanos.

Isso porque, como o próprio nome já diz, você vai trabalhar com questões ligadas principalmente à natureza, incluindo tanto a sua preservação quanto sua exploração.

Portanto, se o que você deseja é se manter perto de grandes centros urbanos ou não se mudar de sua cidade, caso more em uma cidade grande, pode ser que trabalhar como concursado na iniciativa pública não seja uma das melhores opções para o seu estilo de vida.

Secretaria do Meio Ambiente do Estado da Bahia e INEMA

Para quem pretende morar no Nordeste do país e gosta de sol o ano inteiro, um concurso na Secretaria do Meio Ambiente do Estado da Bahia, também conhecida como SEMA, bem como no INEMA, o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, pode ser a pedida certa para você.

As opções de cargos que são oferecidas nos institutos mencionados acima são para Especialista em Meio Ambiente e Recursos Hídricos e também de Técnico em Meio Ambiente e Recursos Hídricos, com vagas reservadas para candidatos com deficiência. Aqui vai um ponto que também é importante de ser falado.

Candidatos que tenham algum tipo de deficiência não só podem quanto devem prestar um concurso caso desejem trabalhar na área.

Isso porque grande parte das instituições disponibilizam uma série de vagas que são exclusivas para candidatos portadores de deficiência em prol de promover a inclusão social desta parcela da população, bem como oferecer condições e oportunidades justas para todos os candidatos.

No caso dos cargos que mencionamos acima, alguns pré-requisitos básicos são cobrados dos candidatos para que estes possam assumir as vagas pleiteadas.

No caso do cargo para Especialista em Meio Ambiente e Recursos Hídricos, o candidato deve possuir um diploma de bacharel em algumas das especialidades que vamos mencionar a seguir, que estão organizadas em ordem alfabética:

  • Agronomia;
  • Arquitetura e Urbanismo;
  • Ciências Biológicas;
  • Ciências Econômicas;
  • Ciências Sociais;
  • Direito;
  • Ecologia;
  • Engenharia Agronômica;
  • Engenharia Cartográfica;
  • Engenharia Civil;
  • Engenharia de Minas;
  • Engenharia Florestal;
  • Engenharia Química;
  • Engenharia Sanitária ou Ambiental;
  • Farmácia;
  • Bioquímica;
  • Geografia;
  • Geologia;
  • Hidrologia;
  • Meteorologia ou Química.

As vagas dentro desta especialidade oferecem ao candidato a opção de trabalhar com diversas especialidades diferentes dentro do cargo, todas elas voltadas para o trabalho com o meio ambiente das mais diversas maneiras possíveis.

São estas especialidades ciências da terra e meio ambiente, sociedade, ambiente, clima e tempo, gestão ambiental, gestão de recursos hídricos, engenharia e sua relação com o meio ambiente, ordenamento de recursos das florestas do país, bem como preservação da nossa biodiversidade natural.

O salário para este cargo é de R$ 5.047, com a possibilidade de se ganhar um adicional de insalubridade sobre este valor dependendo da atuação escolhida. Vale lembrar aqui que os salários para a área ambiental não são nem de longe os mais altos oferecidos por outros concursos de outras áreas.

Mesmo assim, os salários que são oferecidos pela iniciativa pública são maiores do que aqueles praticados pela iniciativa privada, além de oferecer uma gama de benefícios maior e consideravelmente mais atraente ao colaborador.

Já a outra vaga oferecida pelos institutos é a de Técnico em Meio Ambiente e Recursos Hídricos, que, diferente da vaga anterior, requer do candidato apenas uma formação técnica e não um diploma de nível superior.

Porém, bem como a vaga anterior, esta também requer que o diploma de formação em nível técnico do candidato seja de áreas específicas, que sejam correlatas com as funções a serem assumidas no cargo. As áreas em questão são – também em ordem alfabética:

  • Agroecologia;
  • Agropecuária;
  • Biotecnologia;
  • Controle Ambiental;
  • Geologia, Florestal;
  • Instrumentação;
  • Química;
  • Hidrometria ou Hidrologia;
  • Meio Ambiente e
  • Produção Aquícola.

Como a formação exigida para o cargo é de apenas nível técnico, o salário, consequentemente, é menor do que o de um Especialista. Aqui, o salário para o concursado é de R$ 1.360, também com a possibilidade de se ganhar um adicional sobre este valor por conta de insalubridade, dependendo da área de atuação que for escolhida pelo candidato em questão.

Secretaria de Administração da Bahia

Ainda para quem deseja uma oportunidade de concurso na área ambiental na Bahia, há opções também dentro da Secretaria de Administração da Bahia.

A oportunidade aqui em questão é para um cargo diferente dos que já foram mencionados, por ser mais abrangente, mas ainda assim trabalha com a questão ambiental e é uma boa pedida para quem deseja trabalhar com o meio ambiente de maneira a analisar e lidar com este integrado à sociedade e à economia do país.

O cargo em questão é para Especialista em Produção de Informações Econômicas, Sociais e Geoambientais, que está dividida em duas atuações distintas.

Para quem deseja trabalhar nesta área, mas tendo foco no setor de Estudos e Pesquisas Socioeconômicas, é preciso ter uma formação de nível superior em cursos específicos que sejam de áreas correlatas com o setor de atuação do cargo.

As áreas de formação dos candidatos à vaga podem ser – em ordem alfabética:

  • Demografia;
  • Economia;
  • Sociologia;
  • Arquitetura e Urbanismo;
  •  

Já quem, dentro desta mesma vaga, deseja trabalhar com o setor Geoambiental, algumas formações específicas de nível superior também são exigidas. As opções que são aceitas pela Secretaria de Administração da Bahia são Biologia, Geologia, Engenharia Sanitária, Engenharia Ambiental, Geografia, Meteorologia, Engenharia Cartográfica ou Engenharia de Agrimensura.

O valor do salário para este cargo em questão é de R$ 4.298, com a lista de benefícios mais vantajosa entre as vagas que até o momento foram aqui colocadas.

Isso porque, além do salário mencionado acima, o candidato selecionado também vai ter a possibilidade de receber alguns acréscimos em seu salário, entre eles auxílio transporte, bonificação de incentivo ao curso de pós-graduação que consiste em uma ajuda de custo de 20% para mestres e de 25% para doutores.

Tudo isso para uma jornada que totaliza 40 horas semanais, 4 horas a menos do que grande parte da população realiza, principalmente dentro da iniciativa privada.

Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Médio Araguaia

O Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Médio Araguaia é outra instituição que está oferecendo diversas opções de cargos para atuação no setor ambiental em diversas regiões e estados diferentes do Brasil.

Para trabalhar no Médio Araguaia, que fica localizado no Mato Grosso – Centro-Oeste do país, há opções tanto para quem possui formação de nível técnico, quanto para quem possui formação de nível superior.

Para os candidatos de nível técnico, os concursos são para o cargo de fiscal ambiental. Já quem possui diploma de nível superior, a opção de cargo é para Analista Ambiental. Para este último, a formação em algumas áreas específicas é requisitada.

Os candidatos devem possuir um diploma de bacharelado em Biologia, Engenharia Ambiental, Engenharia Florestal ou Agronomia

Outras opções oferecidas pela mesma instituição são concursos para atuar em Ponta Porã, cidade que fica localizada no Mato Grosso do Sul. Aqui, também há opções tanto para profissionais de nível técnico quanto para candidatos com nível superior.

Para quem possui formação apenas técnica, as opções de vagas disponíveis são para o trabalho como Técnico de Laboratório ou de Topógrafo.

Já para quem possui um diploma de nível superior, as opções são para a atuação como Arquiteto, Engenheiro Civil ou Fiscal Ambiental, lembrando que as graduações devem ser nas áreas de atuação das vagas que são pleiteadas.

Para quem deseja ir para o norte do país, ou já reside lá, há opções do mesmo instituto Nova Timboteuá, que fica localizada no Pará, também com vagas tanto para nível técnico quanto para quem possui diploma de nível superior.

Para o nível técnico, os concursos disponíveis são para atuar como Técnico Agrícola ou Técnico do Meio Ambiente. Já para quem conta com um diploma de curso superior, as opções são para atuar como Agrônomo, Engenheiro Civil, Médico Veterinário ou Bioquímico, todas requerendo formação em suas respectivas áreas de atuação.

Voltando para a Bahia, o instituto oferece vagas em duas cidades diferentes e são elas Riachão das Neves e Teixeira de Freitas, ambas com vagas para nível técnico e também nível superior.

Na primeira cidade, as opções de atuação para nível técnico são para Fiscal de Obras e Técnico Agrícola, enquanto as opções de nível superior são para Analista Ambiental, Engenheiro Agrônomo, Engenheiro Civil, Engenheiro Sanitário e Engenheiro Ambiental.

Já na segunda mencionada, quem tem formação técnica pode se candidatar para Fiscal Sanitário, Fiscal de Obras, Fiscal de Preservação Ambiental e também Fiscal de Obras e Posturas, além de vagas para Topógrafo, Técnico Agrícola, Técnico de Segurança do Trabalho, Técnico de Controle Ambiental, Técnico de Controle Florestal e Técnico de Edificações.

Já os candidatos com nível superior contam com a opção para Arquiteto, Urbanista, Biólogo, Engenheiro Agrônomo, Engenheiro Ambiental, Engenheiro Civil, Engenheiro Florestal e também para Analista de Projetos Ambientais.

Como você pode perceber, as opções para o trabalho como concursado que envolvem o meio ambiente são inúmeras e presentes em todas as regiões do Brasil, do Norte ao Sudeste.

É claro que, como acontece em todos os outros lugares onde se busca trabalho, algumas opções de concursos são melhores do que outras, com o oferecimento de salários maiores e benefícios mais interessantes.

Porém, aqui, é preciso ter em mente que quanto maior o salário e os benefícios, bem como a proximidade do local de trabalho de grandes centros urbanos, mais concorridos costumam ser os concursos.

Portanto, se o que você quer é uma vaga extremamente disputada, não desista, se concentre nos estudos e vá em frente.

Afinal de contas, o ingresso em vagas por meio de concursos públicos é uma das poucas coisas que dependem unicamente de você e de seus esforços. Caso você não passe logo de cara no concurso que deseja, não desista e continue estudando, se concentrando mais naquilo que considera que foi o seu ponto fraco na prova que realizou.

Afinal de contas, a maioria das pessoas não consegue passar logo de cara na vaga desejada e nem por isso desiste, afinal de contas, bons resultados só conseguem ser atingidos por pessoas que são persistentes e que não desistem daquilo que procuram.

Pense dessa forma que, com toda a certeza, você vai conseguir a vaga desejada em setores que sejam correlatos com o meio ambiente.

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.