Concurseiro iniciante: conheça 6 mitos sobre concursos públicos

Tempo de leitura: 5 minutos

Se você pensa em estudar para um concurso público, mas já ouviu todo tipo de opinião, boato e mito que acabam te afastando dessa ideia, este post é para você! Muitas vezes, as pessoas ouvem histórias de que é impossível conciliar estudos e trabalho, que você precisa gastar muito dinheiro com cursinhos e materiais de estudos, entre outras coisas. Mas nem tudo isso é verdade. Para o concurseiro iniciante, é importante conhecer bem suas possibilidades e ignorar esse tipo de conversa, que pode acabar te frustrando.

Pensando nisso, preparamos uma lista com os mitos mais comuns sobre concursos públicos! Confira:

1. Marcar a mesma alternativa em todas as questões aumenta as chances de ser aprovado

Esse é um dos maiores mitos de concursos públicos. Pode até ser que isso foi verdade em um dia, quando as provas eram elaboradas de maneira mais rudimentar e as bancas de concursos públicos não contavam com tanta tecnologia para criar provas cada vez mais complexas e à prova de “falhas”. Uma dessas falhas era o fato de que muitas das pessoas que elaboravam as provas costumavam ordenar as assertivas de forma mais rudimentar, o que levava a maiores chances de as respostas certas serem sempre “A”, ou “B”, etc.

Isso mudou! Além de haver a distribuição automática de respostas por meio de programas de computador, também são aplicados diferentes tipos de prova em concursos, o que ajuda a evitar colas e randomiza as respostas ao máximo. Ou seja, para que a mesma alternativa seja a resposta em todas as questões, é preciso muita sorte (ou azar)! Isso é cada vez mais raro, por isso tome cuidado quando tiver que chutar questões. Procure eliminar assertivas claramente erradas e escolha, entre as alternativas possíveis, aquela que lhe parece mais certa.

2. Quem estuda só em casa não consegue passar

Esse é outro mito que contam a concurseiros iniciantes. Já falamos aqui no blog sobre como existem muitas vantagens de se estudar em casa, mas nunca é demais ressaltar: cada concurseiro sabe de sua própria realidade, necessidades e possibilidades. Se você não tem condições de pagar um cursinho no momento, ou se o deslocamento vai atrapalhar sua rotina de trabalho e afazeres domésticos, estudar em casa pode ser justamente a opção mais adequada para sua preparação.

Não existe fórmula mágica. Cada candidato deve verificar o que funciona melhor para você. Mas, se você decidir estudar em casa, lembre-se sempre de escolher um local de estudo tranquilo, livre de interrupções e tentações, como TV, familiares, etc. Ter disciplina é imprescindível para que essa rotina domiciliar de estudos dê certo!

3. Tatuagem e nome negativado impedem a posse de aprovados

Isso também não é verdade. Sim, já houve casos de aprovados em concursos que chegaram a ser eliminados por terem tatuagens visíveis, especialmente em cargos como polícia civil, federal e militar. No entanto, todas essas decisões acabam sendo reformadas judicialmente. As justificativas para a eliminação não se sustentam nos tribunais, já que é necessário tratar os candidatos de forma isonômica.

Além disso, o fato de você ter ou não tatuagem não se reflete na qualidade dos serviços prestados à administração pública. O mesmo acontece com negativados em serviços de proteção ao crédito. Concursos que fazem investigação de vida pregressa, como é o caso da ABIN, não eliminam candidatos por essa razão. Na verdade, a aprovação em um concurso público será justamente a solução para seus problemas financeiros!

4. Não adianta estudar por meio de provas anteriores

Isso é um mito! Você não apenas pode, como deve estudar por meio de provas anteriores! O estilo de prova de cada banca é uma coisa muito particular, que faz toda a diferença. Por isso é tão importante saber como são formuladas as questões, alguns posicionamentos da banca em relação a certos temas da disciplina, a melhor forma de responder questões dissertativas, etc.

Essas provas anteriores dizem muito sobre o concurso que você está prestando, além de ser uma ótima maneira de você medir seu desempenho e saber se realmente está preparado para a bateria de provas por vir. Aproveite para conhecer alguns aplicativos que vão te ajudar a estudar mais e melhor, por meio de questões e provas passadas!

5. O concurseiro iniciante precisa abrir mão de tudo e focar apenas nos estudos para conseguir passar

Esse é outro mito, que desestimula muitas pessoas a tentar um concurso público hoje em dia. Como muitos candidatos precisam continuar a trabalhar, ou manter uma rotina de afazeres acadêmicos e domésticos, acham que é impossível conciliar essa rotina com os estudos para um concurso. No entanto, como já foi dito aqui, é preciso saber o que funciona melhor para você.

Existem diversos aprovados em concursos que não abriram mão de sua rotina. Eles com certeza fazem sacrifícios: diminuição das saídas com amigos e familiares, horários mais rígidos de estudo, entre outras coisas. No entanto, ainda assim fazem tempo para o lazer, para passar tempo com família e amigos, bem como para o trabalho (quando necessário). É inclusive saudável que você não foque todo seu tempo e energia apenas nos estudos, porque assim logo vai se cansar, frustrar e acabar desistindo do concurso dos sonhos.

6. Não adianta estudar antes de o edital ser publicado

Isso é um mito. Na verdade, começar a estudar antes de o edital ser publicado é imprescindível! Os editais anteriores contêm diversas informações e características que costumam ser mantidas em concursos futuros. Além disso, essas provas anteriores servem como guia de estudos até que você tenha o edital atualizado do concurso que vai prestar. Exceto nos casos de mudanças de banca organizadora, o estilo de prova e o conteúdo em geral são os mesmos dos editais anteriores.

E você, acredita em algum desses mitos? Se você é um concurseiro iniciante, provavelmente já ouviu de alguma pessoa essas frases, o que pode ser muito desanimador. O importante é ter determinação, focar em seus estudos e fazer o que funciona melhor para você! Compartilhe com a gente aqui nos comentários o que você tem feito para lidar com esses mitos em seu dia a dia! Participe!

 

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.