Concurseiro desmotivado é candidato reprovado!

Tempo de leitura: 6 minutos

Não tem para onde correr: concurseiro desmotivado é candidato reprovado, simples assim. Curto e grosso.

Estudar para concurso público pode até ser desanimador às vezes, mas se você pretende seguir uma carreira pública é primordial que mantenha a motivação bem alta. Fatos comprovam que isso pode potencializar seus estudos e lhe garantem uma certa vantagem em relação a seus concorrentes.

E, na verdade, esse é um dos maiores desafios dos concurseiros. Muitos de nossos amigos de certame não têm apoio financeiro, não têm um apoio familiar ou dos amigos, e ainda têm que conviver com o pessimismo dos outros. Ninguém merece!

É essencial, além de não se abalar em uma situação dessas, manter a motivação durante todo o processo, até que o objetivo seja alcançado. Só assim você conseguirá conquistar seu espaço: com esforço, dedicação e motivação.

Sempre irão aparecer coisas para desmotivar um concurseiro.A atual situação do país, por exemplo, ainda mergulhado em uma das piores crises que já passamos, cheio de incertezas, pode ser um influenciador de motivação.

Sempre os melhores?

A resposta pode ser controversa, mas, nem sempre são os melhores.

De acordo com dados dos concursos, nem sempre os mais inteligentes são os aprovados. A dedicação, o empenho e a motivação têm grande participação e podem ser considerados os principais fatores que diferem os candidatos.

Mas se você parar para analisar friamente, a resposta pode não ser tão controversa assim. Em igualdade de condições, com materiais de qualidade e equivalentes, o candidato mais esforçado, empenhado e motivado tende a levar vantagem, justamente por saber a sua fraqueza. Essa inclusive pode ser fator de motivação para prover essa carência em relação aos seus concorrentes.

A organização é outro fator determinante para que se consiga a aprovação em algum concurso público. Os concurseiros mais organizados também tendem a saírem na frente dos outros candidatos já na elaboração de seu planejamento de estudo e rotina.

Como manter-se motivado

Como sabemos que a motivação é essencial para os concurseiros, vamos apresentar abaixo algumas dicas que servem para se manter motivado durante o processo de estudo até conseguir ser aprovado e nomeado ao cargo que tanto sonha.

Embora muitas delas pareça ‘chover no molhado’, lembre-se que elas são o que pode fazer a diferença lá na frente. Vamos a elas:

  • Estabeleça uma rotina de estudos

Você precisa desenvolver uma rotina de estudos, com o intuito de que se torne um hábito. O ato de fazer as coisas repetidamente vira um hábito, isso é fato. Quanto mais você se esforça para realizar algo, maior a perspicácia e a sagacidade no assunto.

O hábito pode ajudar a manter a motivação elevada, e no dia em que deixar de praticar, sentirá falta. Assim como os músculos sentem se você interromper um treino por alguns dias, o cérebro também sentirá. Ele precisará de um tempo maior para voltar ao ritmo anterior.

Por isso é importante que não deixe de estudar durante o processo de preparação, respeitando, evidentemente, o tempo de descanso. Porém, é imprescindível que obedeça e cumpra a rotina de estudos predeterminada.

  • Estabeleça metas a curto prazo e que sejam plausíveis

Para ajudar na conquista do objetivo principal, sob o risco de incorrer em desânimo no meio do caminho, é importante que se trace metas de curto prazo e de razoável dificuldade.

Quando você atinge uma meta, a tendência é que sua motivação continue ativa, visando alcançar a próxima. Os sentimentos de frustração e incapacidade tendem a ser esquecidos, o que é melhor durante o processo, bem como para toda vida.

Sem exceção, todos os sentimentos contrários à motivação têm que ser combatidos. E a melhor forma disso acontecer é se mantendo sempre motivado.

As conquistas de curto prazo geram mudanças positivas, mostram-se eficientes e são importantes e relevantes em todos os aspectos da vida, logo, não poderia ser diferente com os concurseiros. A motivação pode aprovar um candidato!

Aqui vale um parêntese: à medida que for cumprindo as metas, aumente a dificuldade para alcançá-las, isso o deixará mais competitivo, ajudando na preparação para a hora da prova.

Lembre-se, dê um passo de cada vez até chegar ao objetivo final. Sem perder a motivação, a tarefa não parecerá tão árdua.

  • Pratique exercícios físicos regularmente

Figurinha carimbada em qualquer lista, a prática regular de exercícios físicos tem se mostrado ao longo dos anos o quanto pode ser benéfica, não só para a saúde, mas também no auxílio a outras atividades.

Existem inúmeros estudos e casos que comprovam que a atividade física diminui o estresse, eleva a capacidade cognitiva – que se refere a capacidade de adquirir ou absorver conhecimento – e melhora o poder de concentração, além do humor. Resumindo, pode proporcionar um up na capacidade de estudar e na felicidade.

As atividades mais recomendadas que podem aumentar sua sensação de bem-estar, leveza e rendimento são as atividades aeróbicas, como, andar de bicicleta, correr, caminhar, nadar, etc.

Alguns estudiosos afirmam que a capacidade de reter informações aumenta quando você é ativo fisicamente. O sedentarismo deixa as pessoas mais preguiçosas, e o cérebro tende a acompanhar o corpo, sentindo mais dificuldade de assimilar alguma coisa.

O raciocínio fica lento, e o estudo comprometido, e, por consequência, seu sonho fica cada vez mais distante.

  • Seja sempre otimista

Como é sabido, o otimismo faz parte da vida dos bem sucedidos. E não é isso que você busca? Você por acaso, conhece algum pessimista que seja bem sucedido? Provavelmente não. Isso é porque não existe sucesso em pessoas que não pensam positivamente.

Concurseiro algum devese relacionar com pessoas negativas ou pessimistas. Pessoas que não te apóiam e só te ‘puxam pra baixo’ não contribuem em nada, então, livre-se delas. O insucesso dos pessimistas não deve influenciar sua capacidade de motivação.

  • Nunca esqueça o seu principal objetivo

Visualizar constantemente o prêmio que receberá caso alcance seu objetivo pode ser a principal fonte de motivação. Você não deve se esquecer do porque está fazendo essas coisas.

O motivo pelo qual alterou sua rotina, o porquê de estar se sacrificando tanto deve estar sempre em sua mente. Se mudar de vida não for motivação suficiente, alguma coisa está errada.

Ao visualizar os prêmios que poderá usufruir em caso de sucesso, os sacrifícios não passarão de pequenos obstáculos, o que realmente são. Ver-se desfrutando do que sempre desejou é uma ótima forma de motivação.

Caso você entenda o contrário, lembre-se do fato de que concurseiro desmotivado é candidato reprovado!

Sobre Blog Concursado

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo Blog Concursado que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.