Como passei nos concursos de Agente da PF e PRF só me preparando 6 meses.

Tempo de leitura: 5 minutos

A primeira coisa que o concurseiro tem que ter é uma visão holística, bem geral sobre todas matérias.

Não adianta perder muito o seu tempo estudando disciplinas que não são tão decisivas ou que não há muita complexidade.

Agente da PF, matérias que são decisivas e que tem complexidade: A parte de penal (Direito, Processo e Legislações Penais), Contabilidade e Informática.

Eu quando passei na PF, senão me falhe a memória, foi em 2009, com 95 pontos, prova CESPE e, particularmente, sempre achei a banca mais fácil, pois as questões sempre se repetem, pelo menos em mais de 70% da prova.

Parte de Penal, ela não tem complexidade, para mim são as disciplinas mais fáceis depois de Raciocínio Lógico Matemático. O grande problema, é que ela é muito decisiva, se você errar qualquer questão, não tenha dúvidas que você estará perdendo algumas centenas de posições na classificação final.

Você tem que ir para prova e gabaritar. Mas como eu vou conseguir gabaritar? Para mim o único professor que presta para Penal no mercado é o Emerson Castelo Branco. 

Lembrando que tem que ficar atento, anotar tudo que ele falar nas aulas e colocar no caderno. É cada dica e detalhe, que você terá que estar afiado. Na prova não errei nenhuma.

E contabilidade? Acho uma disciplina muito decisiva e bem complexa, meu caro leitor. Eu, mesmo tendo formação matemática afiada, sofri muito, mas muito mesmo para aprender. Fiz diversos cursos com diversos professores, mas não entrava na minha cabeça, tinha que sofrer com as aulas e a voz do Marcondes Fortaleza.

Aí descobri o professor Sílvio Sande. Cara, desde que descobri ele, minha vida mudou da água para o vinho e consegui até gabaritar essa disciplina na prova.

Outra disciplina perigosa e traiçoeira, Informática. Foi a que mais me destaquei negativamente, muitas delas não sabia como responder. Pelo menos 30% das questões preferi deixar em branco, pois prova da CESPE, a jogada você tem que ter 101% de certeza do que está marcando no cartão de gabarito. Se começar a ter subjetividade e ficar balançado, não se acanhe e porque não deixar em branco?

O meu grande erro foi não se preparar corretamente para Informática, pois coloquei em sério risco a minha preparação. Talvez se eu gabaritasse até ficaria em 1ª lugar naquele concurso, mas estou aqui para passar a minha experiência e vocês não darem mole. Foque em Informática, recomendo fortemente os cursos escritos e as vídeos as aulas preparatórios do João Antônio.

Recomendo o curso do João com ênfase para Agente da PF, nada daquele curso do Eu vou Passar que é genérico, é baixo preço, mas não prepara para nada.

Os comentários das disciplinas que são complexas e decisivas se encerram, mas vamos prosseguir nas discar das outras disciplinas

Em relação a atualidades, é sempre bom assinar uma revista Época ou Veja e fazer uma leitura de 2 horas, separa no fim de semana para executá-la. Professor bom de atualidades que eu gosto é do Orlando Stiebler, é bom sempre pegar uma dica dele, que não prestamos atenção e colocar no cadernão.

Administração não tem muito mistério, é outra disciplina fácil. Mas quem está cru e quer referência de professor bom, recomendo o Marcelo Marques, esse é o melhor. Quem vai fazer Escrivão, ele ministra arquivologia também, suas aulas são sensacionais.

Economia não tem jeito, é só agonia. Não tem professores bons no mercado dessa disciplina. Até eu ministro uma aula muito melhor que eles, apesar de ter especialidade em exatas e jurídicas.

Direito Constitucional, para esses concursos, recomendo o Rodrigo Menezes. Não que ele seja o melhor do mercado, que não é, mas para o conteúdo que caem para esse concurso e os professores que ministram aulas para esse concurso, ele é o que se sobressai. São conteúdos mais básicos, não tão complexos.

Direito Administrativo recomendo com veemência o professor Rodrigo Motta, as aulas são ótimas e de excelente qualidade.Com certeza você vai arrebentar fazendo uma preparação com esse professor.

Raciocínio Lógico é a matéria mais ridícula da prova. Eu acho ele tão fácil, que acho perda de tempo assistir aulas dessa disciplina. Como otimizar o aprendizado em pouco espaço de tempo ? É só comprar o livro dos Fundamentos da Matemática Elementar cujo volume é RLM e fazer exercícios em massa. Faça todas questões que foram necessárias, se possível, umas 3 mil, que você vai ficar afiado. Não tem muito o que fugir, não dá para dificultar, as questões são sempre as mesma, só muda a abordagem do raciocínio. A dificuldade vai desaparecer resolvendo exercícios em massa.

E para quem vai fazer PRF, a disciplina divisor de águas é Trânsito. Se você não gabaritar, não quero lhe enganar, vai ser muito difícil passar nesse concurso. Desde 2009 que fui aprovado, já se passaram quase 8 anos, e não tem nenhum professor melhor que o Leandro Macedo, não vi nenhum que chega na ponta do seu dedo. Eu sei que ele passa muito detalhe, até coisa demais que acho até desnecessária, que acho rolha, mas é preciso para galgar o 10 na prova.

As disciplinas em comum com o Agente da PF, quem vai fazer PRF pode aproveitar os mesmo professores, pois dão praticamente a mesma ênfase. Só tome cuidado com coisas com conteúdo programático que não caem no mesmo edital, ok?

Como passei nos concursos de Agente da PF e PRF só me preparando 6 meses.
4.5 (90%) 2 votes

Sobre Carlos Gusmão

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval. Sou um dos responsáveis pelo site Concursado.org que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.