Como manter o foco e a concentração

Tempo de leitura: 6 minutos

Outro post que serve para o momento: concursos abertos e muitos outros esperando publicação de edital. Sem contar a previsão de lançamento de novos certames em áreas diversas.

Manter-se focado nos estudos é um dos itens mais importantes para quem quer passar em um concurso público. A concentração deve ser plena para aumentar suas chances.

A maioria das pessoas que não consegue manter o foco e a concentração, provavelmente enfrentará problemas com os estudos. Mas isso tem solução, basta analisar friamente a situação.

Às vezes, o modelo do estudo não é eficaz para você. Ou simplesmente você não está em um lugar adequado para estudar.

São vários fatores importantes que influenciam na concentração. Abaixo, vamos dar algumas dicas do que se pode fazer que ajuda a manter o foco e a concentração enquanto estuda para os concursos públicos.

Ter um sono de qualidade

Uma noite mal dormida influencia negativamente os estudos e os afazeres do dia seguinte. Durma bem e o tempo necessário para que seu corpo e seu cérebro descansem.

Enquanto se dorme, o cérebro está fazendo a absorção e o armazenamento das informações adquiridas durante o dia. Por isso a ‘máquina’ também necessita de descanso.

Ademais, quando está descansado, física e mentalmente, o rendimento é melhor em tudo, principalmente quando é necessário aumentar o conhecimento.

Engana-se quem pensa que estará ganhando tempo ao ficar sem dormir para estudar. A reação é completamente o contrário. E uma hora seu corpo vai ‘mandar a conta’.

Descanse o tempo ideal sempre!

Faça exercícios físicos regularmente

Praticar atividades físicas frequentemente ajuda seu corpo a relaxar e alivia o estresse e a tensão. Faça exercícios mesmo que seja fora de academias.

Você pode andar de bicicleta, fazer caminhadas, ou até passeios com seu animal de estimação. Tudo isso é válido para tirar aquela sobrecarga proveniente dos estudos.

Já foi comprovado cientificamente a melhora do foco e o aumento da concentração em pessoas que realizavam, ao menos pequenas atividades físicas diariamente.

Aproveite, cuide da saúde e fortaleça sua concentração!

Cuide da sua alimentação

Uma dieta bem controlada e balanceada ajuda demais no funcionamento do cérebro. Alimentos como: morango, quinoa, linhaça, salmão, tomate, uvas e ovos, dentre outros, por possuir nutrientes como o ômega 3, proteínas, ferro, cálcio e vitaminas do complexo B, são benéficas para a memória. Consuma-os com frequência.

Como a fome é considerada uma distração, ingerir lanches durante o período em que estiver estudando também ajuda a manter o foco. Por isso recomenda-se sempre ter por perto algo para comer. Serve também para a bebida.

Pense somente no seu futuro, esqueça o exterior

Desligue tudo: TV, celular, tablet, computador. O mundo virtual não é mais importante do que o real, não é? E o seu objetivo é real, não? Esqueça redes sociais enquanto estiver estudando. Qualquer coisa que possa causar distração deve ser evitada.

Avise familiares e amigos sobre seus horários de estudos, e, o quão sagrado e importante isso é pra você. Peça para não ser incomodado. Se eles querem o seu bem, entenderão sem pestanejar. O seu futuro é mais importante!

Um recurso muito utilizado por alguns concurseiros e estudantes é a utilização de música durante os estudos. Dependendo da pessoa pode até ajudar.

Mas se atente para colocar uma música baixa, calma e de preferência em uma língua que você não entenda, assim você evita ficar cantando. Música instrumental pode ser uma boa opção.

Gênios escutavam música clássica!

O lugar certo para estudar

A escolha do lugar para realizar seus estudos é importantíssima, como já escrito em outro post.

Não pode haver distrações e o local precisa ser agradável e ter conforto. Se estiver em um lugar assim, mais fácil manter a concentração.

Em um ambiente bagunçado e sujo, sem conforto, você tende a ficar mais inquieto e totalmente desfocado.

Organize seu material antes de começar a estudar

Apostilas, livros, lápis, caneta, borracha, caderno, editais, calculadora, enfim, tudo o que você precisa para estudar tem que à disposição antes de iniciar, para não correr o risco de interrupção desnecessária.

Evite ficar levantando para pegar coisas, isso distrai. Tenha sempre em mãos o cronograma de estudo também.

Estudando com os amigos

Aqui é uma verdadeira faca de dois gumes. Se seu parceiro estiver com o objetivo bem traçado e definido como o seu, vale a pena estudar juntos. Caso contrário, um atrapalhará o outro. Ademais, a melhor maneira de se aprender algo, é ensinando outras pessoas.

Escolha o melhor horário para você

Estude em períodos diferentes. Verifique em qual período você rende mais e permanece mais tempo concentrado.

Nesse período, concentre as matérias que considera as mais difíceis, deixando as mais fáceis para o período que estiver mais fadigado.

Reativando a concentração

Quando começar a demonstrar cansaço, e perceber que já não está absorvendo mais nada, tome um banho.

Os banhos quentes são relaxantes e ideais para limpar a mente para novo aprendizado.

Os banhos mais gelados são revigorantes, deixam sua mente mais vigilante.

O importante é não ‘dormir’ no ponto!

Nem sempre estudar sem parar é a melhor solução

Mesmo quando se tratar de uma mesma matéria, ou do mesmo conteúdo, o estudo ininterrupto não é indicado, tampouco é sinônimo de sucesso e aprendizado pleno.

A pausa é essencial para a correta assimilação da informação pelo cérebro.

Faça pausas controladas e regulares.

Às vezes inverta a ordem de estudo

Alterar o padrão pode ser uma boa opção. Tente inverter e estudar primeiro tentando resolver os exercícios, para depois estudar a teoria.

Pode ser benéfica a inversão, mas é preciso que já se tenha uma noção da matéria para não correr o risco de desanimar em decorrência de não saber nada.

Pode ser que a assimilação e a concentração se mostrem mais fortes.

Leia e escreva

A escrita, sem dúvida, é mais eficiente no armazenamento das informações do que somente a leitura. Quando está escrevendo, a concentração é maior do que quando somente faz a leitura.

Você pode fazer resumos, onde destaca os principais tópicos. Dessa maneira, fica mais fácil você recordar do assunto.

Tem quem faça uso de marca textos onde entendem ser pontos relevantes. Ao ler os tópicos ‘grifados’, a matéria salta à mente.

Crie uma rotina

Se você conseguir estudar sempre nos mesmos horários seu cérebro vai se acostumar a render mais nesse momento.

Funciona da mesma forma que outras funções. Se você passar do horário habitual de dormir, vai se sentir mais cansado do que o natural.

O cérebro se acostuma à rotina, então, vai entender que aquele momento é hora de concentração.

Não se esqueça do que lhe aguarda no futuro

Estabeleça metas e objetivos para alcançar seu sonho.

Ter total ciência do que você ganhará ao ser aprovado em um concurso público, é um verdadeiro estimulante para manter-se focado no propósito.

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *