Cargos públicos com maior chance de promoção

Tempo de leitura: 18 minutos

Por mais que um sistema de governo esteja abalado e entre em crise, uma coisa é certa: os cargos públicos continuam muito cobiçados. Isso porque, entre os cargos conquistados por meio de concurso público, as pessoas acabam se sentindo bem mais seguras. O que, de fato, é uma realidade comum.

A segurança, tão apreciada por muitos, vem do método de contratação. Para ser demitido de um cargo público, as pessoas devem cometer erros muito graves, o que não é tão comum. Os profissionais se tornam, assim, muito mais resguardados para conseguirem desempenhar suas funções.

Além disso, os concursos públicos são vistos com bons olhos, pois não prende um funcionário para uma função. As chances de fazê-lo crescer sempre mais são grandes e, assim, as pessoas começam a ser atraídas ainda mais por todo esse universo que para muitos, pode ser uma ótima oportunidade de crescimento.

E vários elementos fazem com que seja atrativo prestar um concurso. O importante é se atentar aos detalhes que envolvem cada vaga e analisar muito bem quem está dentro desse mundo, percebendo como é a perspectiva de trabalho e crescimento profissional dentro do ramo e da área escolhida para adentrar.

Assim, alguns cargos públicos conseguem se destacar quando analisado o crescimento possível para as vagas. Se uma pessoa entra em um nível bem baixo, pode seguir crescendo. Então, ter a destreza de perceber o ramo que se tem maior possibilidade de evoluir, é muito importante antes de adentrar nesse universo de cargos públicos.

Promoção

Diferente do que acontece nos órgãos privados, a promoção necessita de novas provas, em alguns casos. Isso não quer dizer que você não possa entrar em um cargo inferior e depois conquistar para cargos superiores enquanto desempenha a primeira função. O que é preciso mesmo é ter a “habilitação” para poder assumir outras funções.

Então, a preparação deve ser intensa quando se almeja uma vaga específica. Não tem como dizer que o bom trabalho fará total diferença. Ele sim funciona como uma forma de valorizar sempre o seu serviço, mas ter essa liberação para assumir outros cargos é essencial, não tem muito o que fazer.

Mas isso tudo funciona como uma maneira de desenvolver habilidades. Só dessa maneira que as pessoas que estão nas funções dentro de um departamento conseguem saber se estão ou não aptas para desenvolver as funções que realmente almejam. É com a vivência que se descobre as suas características principais.

Seguindo esse raciocínio, a promoção, por mais que necessite de outras provas, é caracterizada pelo dia a dia. Se você deseja um cargo mais alto, precisa se mostrar preparado para que isso aconteça na sua vida. As funções inferiores servem também como preparação para que você consiga não só experiência como conhecimento no que está fazendo.

Porque todos os próximos testes estão ligados ao que você vivência. Sua capacidade de aprendizado e observação são importantes para que tudo sirva como aquisição de conhecimento que irão servir quando for requerido, não só em outras funções, como também nas provas que habilitem para tais.

Mas é claro que estando dentro do seu meio de trabalho, a promoção para outras funções se torna mais fácil. Já que você sabe exatamente como tudo funciona. Então, as coisas ficam bem mais próximas da realidade no seu caso, do que de alguém que não está por dentro do que acontece.

Porém, além desse sistema de mudança de cargo por meio das provas que o fazem mudar de cargo, há também a possibilidade de um sistema padrão de conquista da promoção. No caso do sistema público, as coisas podem funcionar também por meio de conquista de pisos, que desempenham funções distintas também.

E, nesse caso sim, é visto o desempenho das pessoas que estão em cada cargo. As promoções acabam seguindo os pisos, o planejamento natural de crescimento em uma determinada empresa ou em um órgão público.

Quando tratamos do sistema público, há a possibilidade de trabalhar com degraus que são transpostos para chegar no objetivo maior se você tiver competência para isso.

O melhor momento de prestar concurso?

Quando você analisa bem o cenário econômico que o país vive, sabe que momentos de crises se tornam os melhores momentos para estar trabalhando em um departamento público. Isso porque, quando o momento econômico de uma nação não está dos melhores, as partes que mais sentem essa crise são as empresas privadas.

Então, trabalhar em uma grande empresa, em tempos de má fase financeira, pode ser um grande risco.

Considerando muito mais que apenas o déficit que a empresa tem com uma crise, os funcionários buscam uma estabilidade que lhes garanta o emprego por mais tempo e de uma maneira mais tranquila, sem ter que se preocupar sempre com a sua permanência no local.

Por isso, prestar um concurso antes de um momento ruim para as finanças do país pode ser uma alternativa de planejamento. Pois, até você ser chamado para poder assumir seu cargo, leva um tempo, isso faz com que a escolha de prestar um concurso durante um momento de crise não seja tão viável. É mais interessante você estar dentro do sistema já nesse momento.

Só já estando num cargo público você pode passar por momentos de crise financeira sem ter tantas preocupações. Então, é importante se planejar nos bons momentos. Esse se torna a melhor fase para prestar algum concurso público. Se passar, for chamado, pode ser uma nova fase econômica que esteja em vigor no país.

Carreira pública

Seguir em uma carreira pública não é uma missão tão simples como se divulga por aí também. E o primeiro passo para se dar bem na vaga é ter certeza do que está fazendo.

Ao prestar o concurso, é essencial saber se o cargo atinge todas as suas expectativas e se irá se sentir à vontade no desempenho das tarefas. Não adianta em nada ter um trabalho que não te satisfaça.

E muito do sucesso profissional está ligada a essa decisão inicial. Porque ao escolher um cargo para prestar concurso, as pessoas também estão escolhendo o caminho que você pode vir a seguir no departamento escolhido.

Por isso, é muito importante trabalhar com aquilo que você está acostumado ou gosta de fazer. A escolha da área é um dos pontos iniciais para você conseguir uma promoção.

O conhecimento do caminho é importante para construir um planejamento. Exercer um ótimo trabalho é ponto decisivo nesse crescimento, mas a destreza e a intimidade com as tarefas realizadas e as pessoas ao seu redor também são muito importantes. Ou seja, é preciso criar muito conhecimento da área que está seguindo.

Diferente do que muitos pensam, o trabalho público não é para qualquer um. As próprias provas nos concursos selecionam aqueles que mais sabem sobre a área que está sendo escolhida. Além disso, o desenvolvimento no ramo faz parte de um plano que só cabe ao próprio candidato.

O melhor trabalho feito e a melhor dinâmica para com as atividades levam à promoção de um funcionário. A substituição de alguém no meio público é um pouco menos expressiva do que na hora de trabalhar com o serviço privado. Mas, mesmo assim, acontece por meio da qualidade e também da necessidade.

Vantagem do concursado

O ponto diferencial e, talvez, um dos mais buscados pelos concurseiros é a estabilidade. Quando se passa em um concurso e é convocado para assumir o cargo, você ganha a certeza também que irá conseguir trabalhar com alguma atividade por muito tempo, porque ser demitido de um cargo público é uma tarefa muito mais difícil do que passar em um concurso.

Isso porque há um grau de confiança estabelecido nessa relação de funcionário público e departamento em que está atuando. Isso quer dizer que há uma forma de trabalhar bem com aquilo que foi escolhido sem que haja grandes chances de demissão.

Não que ela seja impossível, mas só acontece em casos de violação de leis e regras expressas. O caso é seguir trabalhando sem desobedecer às leis.

Além disso, há algumas outras vantagens na hora de escolher essa carreira. A forma mais regular de ligar com horários e dias trabalhados e também períodos de recesso e férias.

No caso de um cargo público, esses quesitos têm uma atenção especial que consegue ser respeitado muito bem, principalmente, por causa dos processos burocráticos públicos, o que não acontece no caso de grandes empresas.

Até porque, dentro de um departamento público, é fundamental que possamos trabalhar nos padrões que as leis estabelecem. Partindo da ideia que o órgão é do governo, é essencial que tudo esteja dentro de toda a regularidade possível na hora de colocar qualquer que seja a ação em prática.

Concorrência

Quando você já conseguiu a sua vaga em um cargo público, parece que todo o esforço valeu a pena. Isso porque, para conseguir passar em qualquer que seja o concurso, é preciso muito estudo e dedicação. Parece até uma recompensa a estabilidade conquistada com o cargo.

Qualquer que seja o concurso público, é inevitável pensar em uma grande concorrência. Todo mundo sabe que o desejo de estar presente no departamento público é o grande alvo de muitos brasileiros, por diversos motivos. Então, é importante trabalhar muito bem com tudo isso, se dedicar muito para conseguir seu maior objetivo.

A área escolhida, para facilitar a sua vida, deve ser alguma da qual você tenha domínio, porque, diferente de outras provas que selecionem muito as pessoas, o concurso é focado naquilo que é preciso dominar na hora de desempenhar a função.

Então, não funciona como um vestibular para classificar os melhores, mas sim como um termômetro para saber quem está mais capacitado para exercer as funções.

E pensando em uma concorrência muito acirrada, é preciso uma preparação redobrada. Pensar em ótimas maneiras para fixar o conteúdo abordado nas provas, testar a dinâmica dos concursos realizando provas passadas, tudo isso conta pontos para que se possa ter um melhor resultado.

Criar uma rotina de estudos, desenvolver melhor todos os aspectos da sua vida para conseguir realizar a prova de uma forma tranquila e não perder nunca o foco no seu maior objetivo. O legal mesmo é sempre trabalhar com o seu objetivo maior como pensamento central, só dessa maneira as coisas caminharão para o resultado desejado.

Tudo é questão de preparação, para isso, muita organização e planejamento.

Altos salários

Outro ponto que atrai muitos olhares e faz com que muitos busquem um cargo público é o alto salário para muitos deles. Um concurso é capaz de fazer com que um cargo inicial chegue a ganhar mais de dez mil reais, por exemplo. E para quem está iniciando em qualquer ramo, esse é um valor muito alto e atrativo.

Mas, nesse caso, comparar com as iniciativas privadas se torna até irracional. Os valores mudam muito e não é possível que se estabeleça uma comparação justa. Porém, ao se ter grandes promoções, não há, em muitos casos, o aumento proporcional.

Então, elevadas funções podem ter um reconhecimento muito mais preciso no setor privado do que no público.

Então, estabelecer sua entrada no setor público deve traçar a sua possível trajetória também. Se você pensa em subir para altos cargos do departamento, precisa pensar em como transformar isso em um ponto também mais imponente em questão financeira e analisar melhor o que é oferecido pelos setores envolvidos.

A inserção em um bom mercado de trabalho é pensada como uma maneira de explorar ainda mais suas qualidades e aquilo que sabe fazer de melhor. Por isso, é importante saber e planejar muito bem os seus passos. Entrar na carreira pública também precisa disso. É importante saber onde deseja realmente chegar.

Cargo público em todas as áreas

Parece que não, pois pouco se divulga alguns concursos públicos, mas existem vagas para todas as áreas profissionais. Se você tem alguma faculdade ou já desempenhou um bom emprego e habilidade em algum ramo específico, basta buscar o concurso feito para você.

Nem sempre eles estão disponíveis para a realização. Principalmente, em casos de áreas que precise de ensino superior, ter muitas vagas disponíveis é difícil. Mas seguir acompanhando os editais para saber quando estará disponível o próximo concurso para sua profissão, torna tudo mais fácil.

O método para a divulgação das provas é o mais simples possível. Sempre sai no edital, além de em redes sociais e também em sites que mostram vagas. Se você está buscando um trabalho na área, com certeza, descobrirá algum concurso quando surgir vagas. Na sua área ou em outras. Concurso é o que não falta.

O mais difícil mesmo é ser convocado depois de passar na prova. Algumas pessoas ficam muito tempo esperando ser chamada, mas têm a garantia que um dia isso será feito e podem ficar tranquilas que, quando chegar, a segurança de um cargo público vem junto. A questão mesmo é não ter muita pressa.

Experiência

Cargos públicos atraem muito as pessoas que ainda não têm experiências profissionais. Isso porque, a conquista da vaga não se dá por meio de entrevistas, nas quais, o contratante desejará as pessoas que estão mais preparadas em quesito de vivência de trabalho para o cargo. Mas as provas do concurso são uma bela oportunidade para quem não tem muita experiência mostrar que tem conhecimento.

Então, quando se fala de um cargo público, o mais importante é entender o que será exercido, ao invés de já ter passado por muitos lugares que, talvez, não se tenha desempenhado a função concorrida de forma inteiriça. O dia a dia com a função é importante, mas o concurso público possibilita uma dinâmica de concorrência mais justa para todos que buscam a vaga.

Além do mais, a experiência pode não ser tudo que a vaga precisa. Novos olhares, formas de pensar e resolver problemas podem ser vistas como uma qualidade e característica bem mais interessante para a vaga do que alguém que já está acostumado com um formato pré-estabelecido.

Jovens ou mais velhos, com experiência de trabalho ou não, todos estão no mesmo patamar e concorrendo de forma equiparada no caso de um concurso. Isso porque o que é avaliado é o conhecimento mais técnico e que os mais novos já conquistaram também com os estudos.

Lógico que os mais velhos conseguem ter a vivência a seu favor, mas não é um ponto determinante para a conquista do cargo.

Folgas e bônus

Além de benefícios que são conquistados por ser um funcionário público, há também a possibilidade de trabalhar com uma escala muito mais fixa e padronizada. Os cargos públicos, em sua maioria, reservam os fins de semana e feriados para os funcionários. Dessa forma, as pessoas conseguem um padrão de horário de trabalho bem fixo.

Porém, isso faz com que os horários não sejam tão maleáveis. A possibilidade que alguns funcionários de órgãos privados têm de conseguir fazer o seu próprio horário não tem muita abertura no caso dos órgãos públicos.

É pré-definido e, por mais que nem todos tenham essa prática, precisam ser cumpridos.

Além disso, da questão dos horários e feriados e da possibilidade de folgas, há também a prática comum de bonificação. Esse estímulo conta muito na hora de receber o salário, principalmente, o do final do ano. Isso porque é por meio de um bom trabalho que se recebe uma alta bonificação que pode engordar muito o seu salário.

Então, além de um salário que já pode ser considerado alto, há ainda a possibilidade de trabalhar com valores extras que mostram um reconhecimento sobre aquele funcionário que exerce um bom trabalho, não falta muito, bate suas metas em prol do órgão público em questão.

Tudo isso é positivo para o funcionário, mas se torna também algo muito bom para o próprio departamento que consegue crescer ainda mais.

Convocação de um concurso

Essa é uma dúvida que acaba rodeando muito quem presta um concurso público. Isso porque a vaga parece não estar imediatamente pronta para ser assumida. E para quem está acostumado com um sistema privado, no qual só é compartilhada uma vaga quando ela está pronta para ser assumida, pode causar estranheza e confusão.

Então, para esclarecer todas as questões, a convocação é feita por meio de edital, no mesmo estilo que é colocada em prática a divulgação dos concursos. Mas, para saber quando irá assumir o cargo, só acompanhando tudo que é publicado. Isso porque é a administração da instituição ou órgão que escolhe o momento de convocar os aprovados.

Claro que há um tempo determinado no próprio edital para que isso não extrapole muito a realização do concurso. Porém, esse tempo pode ser prorrogado uma vez por período igual ao da primeira espera. Contando desde a homologação do resultado, há a chance de se ter até uns quatro anos de espera.

Aposentadoria

Visto o cenário que vivemos, cada dia mais, existe um aumento da idade expectativa de vida. Dessa forma, há também um aumento de idosos que se aposentam e precisam ganhar de volta aquilo que contribuíram durante sua vida profissional, o que com certeza foi muito.

Mas, analisando o funcionalismo público, a aposentadoria tem muitos quesitos de vantagem. Isso se deve ao fato do funcionamento da aposentadoria para cargos públicos ser de uma maneira diferente do órgão privado. Não há a lei de previdência nos cargos públicos a qual estabelece um máximo de ganho.

O funcionário que trabalha em cargos públicos tem uma aposentadoria integral. Tendo, assim, uma grande recompensa financeira depois que deixa a rotina de trabalho para conseguir descansar e criar um outro cotidiano de experiências. Com muito mais qualidade de vida e também dinheiro na conta.

Inclusive, os cargos públicos têm essa tendência de dar um pouco mais de qualidade de vida para seus funcionários, porque se trabalha menos do que o setor privado e com uma dinâmica muito mais assegurada pela administração, que também é o sistema político que rege o país.

Então, no final das contas, o setor público se torna uma área que atrai olhares por suas regalias e características que os órgãos privados não conseguem oferecem para os seus funcionários por causa dos gastos e precisar se manter também.

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.