5 sinais que provam que você está estudando errado

Tempo de leitura: 5 minutos

Estudar é uma tarefa árdua ainda para muitas pessoas. Mas já pensou que o mais difícil para quem não gosta muito de estudar é o fato de estar estudando errado? Esse pode ser o grande problema de estudar, a maneira com que se estuda e como ela pode prejudicar a aprendizagem.

Mas os sinais, na maioria das vezes, não são tão simples assim. As pessoas acabam colocando em xeque a maneira com que estudam apenas na hora dos resultados das provas ou concursos. Um resultado negativo pode se tornar o grande esclarecedor de como você está estudando, mas também é tarde demais.

O certo mesmo é descobrir ou identificar os sinais antes do resultado final. Até porque, geralmente, os estudos estão para isso, para um foco maior. Daí, vem a necessidade de se atentar aos detalhes, de fazer com que tudo seja esclarecido antes de interferir no resultado final.

Por isso, iremos esclarecer alguns sinais que fazem toda a diferença em como você está estudando. Se estiver errado, vai ser evidente que eles aparecerão e você acabará se dando mal no final das contas. Por isso, preste atenção e análise se isso está acontecendo com você. Se estiver, mude o seu comportamento, será o melhor que você vai fazer.

Produtividade

No decorrer do preparado de estudos, para saber se está dando certo ou não, basta perceber o quanto você está absorvendo de conteúdo. É sempre muito importante você saber que o excesso pode ser muito negativo para seus estudos. Não é a quantidade que irá fazer bem para você, mas sim a qualidade desse tempo.

Quando uma pessoa estudo pouco, mas consegue assimilar o conteúdo, significa que ela é capaz de ter melhores resultados de quem estuda muito, mas não é capaz de guardar o conteúdo. Estudar todo dia um pouquinho faz com que a mente não se canse e consiga guardar as informações.

Para render mais, é preciso analisar o quanto você consegue ficar concentrado no mesmo assim. O tempo que você administra bem focado é o tempo que você terá produtividade ao estudar. Assim, você evita estudar errado por muito tempo.

Investir em conteúdo preparatório

Para aqueles que acham que conseguem se assegurar apenas com o conteúdo que já estudou na vida e não precisa se preparar, lá vem o grande engano. Sim, é preciso rever conteúdo, aprender coisas novas, estar antenado. Tudo isso conta pontos nas provas que você busca fazer, os concursos que pretende prestar.

Além disso, nunca o aprendizado é demais. As coisas ficam muito mais claras quando se aprende mais e mais. Por isso, se atente sempre naquilo que pode somar. Por exemplo, alguma aula online, algum curso rápido de preparação, simulados e intensivos. Eles proporcionam mais conteúdo e mais vantagens para os candidatos.

Atenção para o tipo de conteúdo preparatório que você vai procurar. O foco deve estar muito bem definido para que você consiga estabelecer bem a sua procura por aprendizado. É importante saber o que buscar para poder ter bons resultados na prova final.

A escolha das matérias

Um erro muito comum é estudar apenas as matérias que você gosta ou tem mais afinidade. Não dá para fazer isso quando estamos prestando algum concurso ou prova mais ampla. É preciso saber um pouco de tudo. Todas as matérias são importantes e deixar de estudar as que você não gosta muito pode ser muito prejudicial para todos.

Inclusive, as matérias que você não gosta muito, costumam ser as que você sempre tem mais dificuldade. Por isso, a importância de não ignorar elas e estudar detalhadamente cada uma para poder ter um bom resultado no concurso ou prova. Além disso, é muito importante saber as dúvidas antes de ir para prova, se não, o resultado pode ser catastrófico.

Para facilitar a vida de todos, é simples: mescle as matérias e não estude muito tempo de cada em um mesmo dia. Equilibre bem tudo que você não é muito fã com aquilo que você poderia passar horas estudando que não seria um tormento. Isso faz com que o cérebro não se canse tanto e assimile bem o conteúdo que está sendo proposto durante os estudos.

Conteúdo não entra na cabeça

Isso pode ter diversos motivos, o importante nesse momento é descobrir o qual está sendo mais negativo.

Geralmente, o excesso de estudo seja um deles. E o mais efetivo, na verdade. Quem estuda muito, chega em um momento que o cérebro não rende mais. Aí, cai naquele item já citado de produtividade. Ninguém pode ficar preso muito tempo em uma atividade só, cansa.

Então, é preciso relaxar também. Talvez, esse seja o grande erro de quem está pilhado em algum objetivo. Não consegue olhar as oportunidades de mesclar a dedicação para sua meta com o descanso para fazer isso acontecer. Equilíbrio é a palavra chave e aquela que não é muito utilizada nos dias de hoje.

E usar também das mesmas técnicas pode ser um grande erro. Estudar errado é muito particular para cada pessoa, mas a maioria tenta seguir regras e não percebem que podem usar de técnicas alternativas para poder fazer a diferença no seu resultado final.

As formas de estudos

Cada ser humano tem suas particularidades, é importante entender isso. E para ser mais claro, cada um aprende melhor se uma maneira. Uns preferem ouvir, outros ler, há os que precisam participar, cada um se dá melhor de uma forma. Se estuda errado se não se respeita essas particularidades.

Então, trabalhe com a melhor forma pra você assimilar o conteúdo, não entre naquela de fazer o mesmo que outra pessoa. Se encontre e use as melhores ferramentas para você. O conteúdo pode se tornar maçante se não aprendido por uma boa ferramenta. Tudo pode se tornar chato.

Aprenda a estudar certo respeitando o jeito que o seu cérebro melhor aprende as coisas. Só assim, você deixará de estudar errado e aprenderá a trabalhar melhor com todas as suas características para estudar ou então perceber o mundo e seguir os seus objetivos.

5 sinais que provam que você está estudando errado
Avalie esta postagem

Sobre Carlos Gusmão

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval. Sou um dos responsáveis pelo site Concursado.org que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.