3 pegadinhas de português que todo mundo cai nas provas de concurso público

Tempo de leitura: 5 minutos

Por mais que a aprovação em um concurso público seja o resultado de uma verdadeira maratona de dedicação e estudos e que a prova não seja tarefa fácil de ser realizada, a verdade é que um número cada vez maior de pessoas tem escolhido o setor público como uma alternativa de trabalhado que seja segura e estável, de forma a fugir de participar dos índices de desemprego do país, que só crescem a cada mês.

E um motivo pelo qual essa escolha tem sido feita é a insegurança e a instabilidade que é encontrada nas empresas privadas nos dias de hoje. Isso porque, por conta da crise, cada vez mais as empresas do setor privado se têm visto obrigadas a realizar uma série de cortes de gastos, o que inclui o corte de pessoal, tudo para conseguir se manterem funcionando e não precisarem fechar as portas. Situação está que acaba preocupando o trabalhador.

Dessa forma, os concursos são algo que representam a estabilidade, que é procurada e necessária principalmente em momentos como este. Afinal de contas, a verdade é que, com crise ou sem crise, as contas vão continuar vindo para serem pagas, e é essencial ter a garantia de um salário para mantê-las em ordem todos os meses. Algo que só a iniciativa pública oferecer, já que o setor privado não garante estabilidade aos seus funcionários.

Mais ainda, há também aqueles que procuram os concursos públicos por conta da série de vantagens que eles oferecem ao trabalhador e que vão além da estabilidade empregatícia, que é a característica mais conhecida do setor público pela população em geral.

Entre essas vantagens estão salários vantajosos no mercado, principalmente quando comparados com aqueles que são oferecidos pelo setor privado, bons benefícios que acabam representando um acréscimo ao salário e também a questão do respeito à jornada de trabalho, que é importante para pessoas que buscam no setor uma oportunidade de uma melhor qualidade de vida, algo que é difícil de ser encontrado em empresas do setor privado.

Mais ainda, outro benefício do setor público que é bastante atraente fica por conta dos diferenciais que o profissional da área tem no mercado. Isso porque, funcionários públicos não só conseguem realizar empréstimos com maior facilidade, como também contam com taxas de juros menores na hora de realizar financiamentos, o que pode ser um grande diferencial para quem deseja obter um imóvel, por exemplo.

Porém, a verdade é que conseguir desfrutar de tudo isso não é tarefa simples e exige muito estudo e dedicação, principalmente quando falamos de concursos para vagas que oferecem salários mais altos. Afinal de contas, os concursos realizam a união entre provas complexas e uma concorrência absurda, que é difícil de ser batida, de forma que uma boa preparação é essencial para todo aquele que deseja uma aprovação no setor público.

E um dos erros mais cometidos nas provas de concursos e que acaba eliminando muita gente boa da oportunidade de emprego é aquele realizado nas questões de língua portuguesa. Isso porque, muito embora a matéria seja considerada fácil para muitos, a verdade é que as questões de concurso contam com uma série de pegadinhas que passam despercebidas em grande parte dos casos e que podem representar a diferença entre uma aprovação e uma reprovação.

E é exatamente pensando em tudo isso que nós reunimos aqui uma série de informações que vão mostrar para você quais são as pegadinhas mais comuns em concursos públicos, tudo para que você fique atento e não acaba perdendo pontos com elas.

Ortografia

Uma das pegadinhas que mais pegam pessoas em questões de concurso público são aquelas relativas à ortografia, ou seja, à grafia das palavras. Isso porque, na hora do nervosismo, um detalhe como uma letra que falta pode passar completamente despercebido no momento da resolução da questão, o que pode custar alguns pontos para você.

E dentro dos concursos esse tipo de pegadinha costuma aparecer para pegar. Isso porque é bastante comum os examinadores colocarem duas respostas certas, porém uma delas com erro de grafia, que é exatamente para pegar os distraídos e testar os conhecimentos da ortografia da língua portuguesa.

Uma boa dica é saber as diferenças entre os “porque”, já que isso acaba pegando muito mais gente na hora da resposta do que você imagina. Outra dica é, em provas dissertativas, sempre revise o que você escreveu para ver se não acabou deixando passar alguma palavra errada pelo caminho.

Concordância verbal

Como a boa realização da conjugação e da concordância verbal costuma ser uma grande falha do português de muita gente, é natural que apareçam nos concursos uma série de pegadinhas que abordam a questão para pegar os distraídos de surpresa e que custam alguns pontos a menos no resultado final da prova.

A estrutura costuma ser praticamente a mesma das pegadinhas envolvendo ortografia. Duas respostas que parecem corretas, sendo que uma delas conta com um erro de concordância verbal que vai pegar muita gente. Uma dica aqui é estudar as conjugações verbais e também a relação entre verbos e palavras, para acabar não perdendo pontos desnecessários.

Vale ressaltar que cultivar o hábito da leitura, seja de livros, seja de revistas ou jornais, é algo que vai ajudar bastante você neste aspecto, já que vai proporcionar a você um maior contato com a variante culta da língua, que é a que é cobrada nas provas de concurso.

Acentuação

Acentuação é outro problema bastante comum do brasileiro e que costuma pegar muita gente em pegadinhas nos concursos. Dentro desse contexto, o acento que costuma dar mais problema é a crase, já que praticamente ninguém sabe como usar o acento corretamente, de forma que muita gente cai nas pegadinhas de concurso.

Nesse caso, não tem jeito, é preciso sentar e estudar as regras de acentuação, bem como os usos da crase, além de praticar bastante. Isso porque, no português, a gramática é aprendida de forma conjunta: com estudo das regras, leitura e prática.

Avalie esta postagem

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.